Air America (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Air America
Air America (PT)
Air America - Loucos pelo Perigo (BR)
Pôster original do filme.
 Estados Unidos
1990 •  cor •  112 min 
Direção Roger Spottiswoode
Produção Mario Kassar
Andrew G. Vajna
Roteiro Christopher Robbins
John Eskow
Richard Rush
Elenco Mel Gibson
Robert Downey Jr.
Nancy Travis
David Marshall Grant
Michael Dudikoff
Lane Smith
Gênero Comédia de ação
Cinematografia Roger Deakins
Companhia(s) produtora(s) Carolco Pictures
Distribuição TriStar Pictures
Lançamento Estados Unidos 10 de agosto de 1990
Brasil outubro de 1990
Portugal 12 de outubro de 1990
Idioma Inglês
Orçamento US$35,000,000
Receita US$31,053,601 (EUA)
Página no IMDb (em inglês)

Air America (Air America - Loucos pelo Perigo no Brasil) é um filme de comédia de ação estadunidense de 1990 dirigido por Roger Spottiswoode, estrelado por Mel Gibson e Robert Downey Jr. como pilotos da Air America, durante a Guerra do Vietnã, voando em missões no Laos. Quando os protagonistas descobrem que seus aviões estão sendo usados ​​por outros agentes do governo para contrabandear heroína, eles devem evitar serem feitos de bodes expiatórios em um delito.

A trama é uma adaptação do livro de 1979 de não-ficção de Christopher Robbins, narrando o financiamento da CIA a companhia aérea durante a Guerra do Vietnã para o transporte de armas e suprimentos dentro de Laos e outras áreas da Indochina posteriores à invasão norte-vietnamita de Laos. A publicidade para o filme—anunciado como um despreocupado filme de amigos—implícita um tom que difere muito com o tom do filme real, que inclui temas tão sérios como uma mensagem anti-guerra, o foco no comércio de ópio, e um retrato negativo do General Real do Laos Vang Pao (interpretado pelo ator Burt Kwouk como o "general Lu Soong").

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Com os Estados Unidos focados apenas na Guerra do Vietnam, Gene Ryack é um piloto desertor contratado pela CIA para arriscar a sua vida, transportando abastecimentos, sob disfarce, a forças indígenas que combatem os comunistas durante a guerra cocorrida nos anos 90.

Gene continua a fazer escala o tempo suficiente para terminar o seu negócio pessoal de contrabando de armas que o deixará aposentar-se descansadamente.

Contudo, os seus planos desaparecem quando lhe é imposta a companhia de um novo recruta, Billy Covington, um jovem rebelde cuja forma de voar fez com que perdesse o seu trabalho

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Diretor Richard Rush tentou desenvolver o filme em 1985, como a primeira comédia sobre o Vietnã. Carolco Pictures comprou o projeto como Rush escreveu um roteiro e encontrou locais. Sean Connery foi anexado ao papel do piloto mais velho, Gene Ryack, e o desdobrável mais jovem Billy Covington foi em tempos diferentes para ser feito por Bill Murray,[1] James Belushi and Kevin Costner. O projeto foi vendido ao produtor [[Daniel Melnick] após Connery e Costner se tornarem muito caros. Melnick contratou o roteirista John Eskow para escrever um novo script; e primeiro diretor contratado Bob Rafelson para trabalhar com Rush, mas o diretor acabou de contratar Roger Spottiswoode. Mel Gibson foi lançado por supostos $7 milhões, para o papel de Ryack, e Robert Downey, Jr. realizou o papel de Covington. Nancy Travis foi lançada coom Corinne Landroaux (substituindo Ally Sheedy), e Michael Dudikoff foi escalado como o General Lee.

Filmagem[editar | editar código-fonte]

O orçamento da Air America aumentou para U$$ 35 milhões já que a produção envolveu uma equipe de 500 membros de rodagem em 49 diferentes localidades entre a Tailândia, Londres e Los Angeles, que operam entre oito e 15 câmeras ao mesmo tempo. A produção foi atingida por dois terremotos e tufões. Os produtores alugaram 26 aviões do exército tailandês, e alguns dos pilotos se recusaram a executar algumas das tarefas, com os veteranos de 60 anos a ser elaborado para as curvas mais exigentes. A empresa Pepsi-Cola queria que os cineastas uzassem um refrigerante de ficção em vez de mostrar o ópio a ser refinado em sua fábrica abandonada. Portanto, os produtores adicionaram uma fala sobre perguntando se Pepsi sabia o que estava acontecendo.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Air America (trilha sonora)
Trilha sonora de Vários artistas
Lançamento 1990
Gravação 1990
Gênero(s) Rock
Duração 33:45
Gravadora(s) MCA Records
Produção Becky Mancuso, Tim Sexton, Magstripe Entertainment


N.º Título Música Realizado por Duração
1. "Love Me Two Times"     Aerosmith 3:22
2. "Right Place, Wrong Time"     B.B. King and Bonnie Raitt 3:37
3. "Long Cool Woman in a Black Dress"     Charlie Sexton 4:15
4. "Do It Again"     Steely Dan 5:01
5. "Free Ride"     Edgar Winter and Rick Derringer 3:23
6. "California Dreamin'"     The Mamas & the Papas 2:38
7. "Baby, I Need Your Lovin'"     Four Tops 2:44
8. "Get Ready"     The Temptations 2:38
9. "Rescue Me"     Fontella Bass 2:53
10. "Pushin' Too Hard"     The Seeds 2:35

Recepção[editar | editar código-fonte]

Air America recebeu críticas negativas na maior parte dos críticos, segurando uma classificação de 13% no Rotten Tomatoes baseado em 15 opiniões.

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme estreou em 3.[2] [3] Ele faturou $31 milhões de dólares em vendas de ingressos.

Referências

Notas[editar | editar código-fonte]

Leitura complementar[editar | editar código-fonte]

Links externos[editar | editar código-fonte]