Airplane!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Airplane!
O Aeroplano (PT)
Apertem os Cintos... o Piloto Sumiu! (BR)
 Estados Unidos
1980 •  cor •  87 min 
Direção Jim Abrahams
Jerry Zucker
David Zucker
Produção Jon Davison
Howard W. Koch
Roteiro Jim Abrahams
Jerry Zucker
David Zucker
Elenco Robert Hays
Julie Hagerty
Kareem Abdul-Jabbar
Lloyd Bridges
Leslie Nielsen
Peter Graves
Robert Stack
Gênero Comédia
Música Elmer Bernstein
Direção de fotografia Joseph F. Biroc
Figurino Rosanna Norton
Edição Patrick Kennedy
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento Estados Unidos 2 de julho de 1980
Portugal 19 de dezembro de 1980
Brasil 26 de dezembro de 1980[1]
Idioma Inglês
Orçamento US$ 3,5 milhões
Receita US$ 130 milhões [2]
Cronologia
Airplane II: The Sequel (1982)
Página no IMDb (em inglês)
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Airplane! (Apertem os Cintos... o Piloto Sumiu! (título no Brasil) ou O Aeroplano (título em Portugal)) é um filme americano de 1980, uma comédia dirigida e escrita por Jim Abrahams e pelos irmãos David e Jerry Zucker, e distribuída pela Paramount Pictures. Estrelado por Robert Hays e Julie Hagerty, o filme também conta com Leslie Nielsen, Robert Stack, Lloyd Bridges, Peter Graves, Lorna Patterson e o ex-jogador de basquete Kareem Abdul-Jabbar em seu elenco. É uma espécie de paródia do filme Zero Hour! produzido em 1957.

O filme fez sucesso nas bilheterias do mundo inteiro, arrecadando só na América do Norte 83 milhões de dólares.[3] Estima-se, ainda, que o longa tenha arrecadado cerca de 130 milhões de dólares no mundo inteiro.[4]

Desde seu lançamento, Airplane! teve seu legado muito lembrado na história da comédia cinematográfica norte-americana, se tornando um dos maiores clássicos do gênero. Foi apontado pelo American Film Institute como o décimo filme mais engraçado de todos os tempos[5]. Numa pesquisa feita pela emissora de TV britânica Channel 4, o filme foi considerado o segundo melhor filme de comédia de todos os tempos.[carece de fontes?]

O filme não foi completamente dublado no Brasil, devido a censura que a ditadura militar que o país sofria na época impôs a algumas cenas do longa. Como resultado disso, vários trechos foram cortados antes de chegarem aos cinemas brasileiros. Entretanto, isso não impediu o lançamento do filme no país, onde também teve muito sucesso.[carece de fontes?]

Ainda no Brasil, o filme foi transmitido pela última vez na TV no SBT, no programa Cinema em Casa, no dia 22 de maio de 2009. Depois disso, nem o SBT e nenhuma outra emissora de TV Aberta brasileira passou a reprisá-lo novamente.[6]

Teve uma continuação em 1982 chamada Airplane II: The Sequel, sem a participação dos diretores, mas com vários atores do filme original.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Ted Striker, um ex-piloto combatente de uma guerra não nomeada, tornou-se traumatizado após o final desta, adquirindo o medo de voar. Tenta reconquistar o seu grande amor, Elaine, uma moça que conhecera nos tempos da Guerra, que é agora uma assistente de bordo. Compra um bilhete para o avião onde ela serve, que voará de Los Angeles a Chicago. Durante o voo, contudo, Elaine rejeita as suas intermitentes tentativas de proposta.

Após o jantar ter sido servido, muitos dos passageiros adoecem, porém um destes, Dr. Barry Rumack dá-se depressa de conta que é o peixe que está a causar os desmaios. As assistentes de bordo descobrem também que o piloto e co-piloto do avião tinham também ficado inconscientes, deixando ninguém a bordo profissionalmente capaz de pilotar o avião. Elaine entretanto contata torre de controle de Chicago numa tentativa de pedir ajuda, e recebe instruções do supervisor McCroskey para ativar o auto-piloto do avião, na verdade , um grande boneco inflável chamado "Otto", que os levará até Chicago mas não conseguirá aterrar o avião. Elaine apercebe-se que Striker, o único piloto a bordo, não tinha sucumbido ao envenenamento, e é a única esperança da tripulação.

Além disso, McCroskey chama Rex Kramer um experiente piloto para ajuda-lo. Quando o avião se aproxima de Chicago, Striker começa a tornar-se cada vez mais estressado e decide que apenas pode aterrar o avião se tiver uma conversa "animadora" com o médico, Dr. Rumack. Assim, e com o interminável rol de conselhos de Kramer, Strike é já capaz de ultrapassar os seus medos e aterrar o avião de forma segura, com apenas algum ferimentos em alguns passageiros e um considerável estrago no trem de aterragem. A coragem de Striker reacende de novo o seu amor por Elaine, e ambos finalmente se beijam enquanto Otto descola o avião evacuado depois de insuflar uma companheira feminina.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Robert Hays – Ted Striker
  • Julie Hagerty – Elaine Dickinson
  • Kareem Abdul-Jabbar – Roger Murdock/ele mesmo
  • Lloyd Bridges – McCroskey, controlador de vôo
  • Peter Graves – Comandante Clarence Oveur
  • Leslie Nielsen – Dr. Barry Rumack
  • Lorna Patterson – Randy, a aeromoça loira
  • Robert Stack – capitão Rex Kramer
  • Stephen Stucker – Johnny, funcionário brincalhão
  • Otto – piloto automático inflável
  • Frank Ashmore – Victor Basta, engenheiro de vôo
  • Jonathan Banks – Gunderson, funcionário do radar
  • Craig Berenson – Paul Carey, mensageiro de Rex Kramer
  • Barbara Billingsley – senhora que fala por gíria
  • Lee Bryant – Sra. Hammen
  • Nicholas Pryor – Sr. Jim Hammen
  • Rossie Harris – Joey Hammen, garoto que visita os pilotos
  • Joyce Bulifant – Sra. Davis, mãe de Lisa
  • Jill Whelan – Lisa Davis, garota a ser transplantada
  • Marcy Goldman – esposa de Geline
  • Barbara Stuart – esposa de Rex Kramer
  • James Hong – general japonês
  • Norman Alexander Gibbs – Homem que fala por gíria 1
  • Al White – Homem que fala por gíria 2
  • David Leisure – Krishna
  • Howard Jarvis – passageiro no táxi
  • Mary Mercier – Shirley, senhora que põe ovos pela boca
  • Ethel Merman – tenente Hurwitz
  • Lee Terri – esposa de Clarence Oveur
  • Howard Jarvis – passageiro no táxi
  • Jesse Emmett – passageiro indiano
  • Cyril O"Reilly – soldado
  • Amy Gibson – namorada do soldado
  • David Hollander – garoto com café
  • Michelle Stacy – garota com café
  • Howard Honig – Jack, senhor
  • Maureen McGovern – freira
  • Ann Nelson – passageira idosa enforcada
  • Kenneth Tobey – Neubauer, controlador de vôo
  • William Tregoe – Jack Kirkpatrick, comentarista de TV
  • Jimmie Walker – Limpador de pára-brisa
  • Charlotte Zucker – senhora da maquiagem borrada

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Writers Guild of America

  • Melhor comédia adaptada: 1981[7]

National Film Preservation Board

  • Registro em filme nacional: 2010[8]

Indicações[editar | editar código-fonte]

Golden Globe

  • Melhor filme - comédia/musical: 1981[9]

BAFTA

Satellite Awards

  • melhor DVD clássico: 2005[11]
  • melhores extras em DVD: 2005

Young Artist Awards

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]