Aislan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Aislan Paulo Lotici Back)
Ir para: navegação, pesquisa
Aislan
Informações pessoais
Nome completo Aislan Paulo Lottici Back
Data de nasc. 11 de janeiro de 1988 (29 anos)
Local de nasc. Realeza, Paraná (PR),  Brasil
Nacionalidade brasileira
Italiana[1]
alemã
Altura 1,93 m
Destro
Apelido Aislan, Alemão
Informações profissionais
Período em atividade 2008presente (9 anos)
Clube atual Brasil Náutico
Número 29
Posição Zagueiro
Clubes de juventude
2003
20042007
2007
Brasil Rio Branco
Brasil São Paulo
Inglaterra Sheffield United (emp.)
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20082010
20102011
20122013
2014
2015
20152016
2017
2017
2017
Brasil São Paulo
Brasil Guarani (emp.)
Suíça Sion
Brasil Madureira
Brasil Desportivo Brasil
Brasil Vasco da Gama (emp.)
Brasil Boavista
Brasil Macaé
Brasil Náutico
00110000(0)
00440000(4)
00210000(0)
00380000(0)
00000000(0)
00110000(0)
00000000(0)
00110000(0)
00190000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 18 de outubro de 2017.

Aislan Paulo Lotici Back, mais conhecido como Aislan (Realeza,[2] 11 de janeiro de 1988), é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro. Atualmente joga pelo Náutico.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Zagueiro [3] foi revelado nas categorias de base do São Paulo, aonde chegou em 2004, trazido pelo ex-zagueiro Oscar.[4] Lá jogou ao lado de Breno, seu parceiro de zaga no vice-campeonato da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2007.[3] Depois de um período de treinos no Sheffield United, da Inglaterra, por conta de uma parceria do São Paulo,[5] estreou no elenco profissional durante o Campeonato Paulista de 2008, entrando no segundo tempo da vitória por 3 a 1 sobre o Juventus, em 6 de abril, no lugar de Zé Luís.[6]

Sua primeira partida foi em 18 de maio, no empate em 1 a 1 contra o Atlético-PR, em sua cidade natal. Os titulares foram poupados para a partida da quarta-feira seguinte pela Copa Libertadores da América, e Aislan foi escalado pelo técnico Muricy Ramalho. Entretanto, acabou expulso por uma falta cometida já nos descontos do segundo tempo, o que gerou protestos de Muricy: "Foi uma jogada dura na bola, vai expulsar o menino?"[7] Por causa dessa expulsão, foi denunciado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, por praticar jogada violenta (artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva).[8]

Atuou em mais três jogos na campanha que deu o título brasileiro de 2008 ao São Paulo.[9] Menos de uma semana após a conquista, chegou a ser divulgado seu empréstimo ao Sport para a temporada de 2009,[10] mas o negócio não saiu do papel. "Não vamos emprestar o Aislan", garantiu o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio.[11] Apesar de seu contrato com o time paulista valer até abril, foi rescindido em 26 de janeiro de 2010, ficando Aislan livre para buscar um novo clube.[12]

Guarani[editar | editar código-fonte]

Acertou no começo do Brasileirão 2010 sua ida para o Guarani, de Campinas. Tornou-se zagueiro titular da equipe e permaneceu no Bugre por duas temporadas.

Futebol suíço[editar | editar código-fonte]

No início de 2012, se transferiu para o FC Sion, do futebol suíço. Ficou ali por dois anos.

Retorno ao Brasil[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2013, acertou seu retorno ao Brasil, para jogar o Campeonato Carioca de 2014 pelo Madureira.

Vasco da Gama[editar | editar código-fonte]

Acertou com o Vasco da Gama, em 2 de janeiro de 2015.[13] Depois de seis meses sem jogar, finalmente estreou contra a Chapecoense, em 4 de julho de 2015, válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, a sua equipe foi derrotada por 1x0. Na 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, o zagueiro salvou um gol em cima da linha, garantindo a vitória de sua equipe contra o Joinville por 2 x 1, na Arena Joinville. Apesar de uma bela arrancada para tentar fugir da zona, acabou não conseguiu evitar o terceiro rebaixamento.

Em 4 de janeiro de 2016, Aislan renovou seu contrato com o clube cruzmaltino por mais uma temporada.[14]. Em junho de 2016 passou a ter uma sequência de jogos com a ausência dos zagueiros Jomar e Luan, no qual Aislan vem sendo duramente criticado pelas suas falhas contra o CRB, Paraná e Avaí.[15]

Macaé[editar | editar código-fonte]

Em 30 de dezembro de 2016, após acertar com o Boavista, Aislan acertou com o Macaé a pedido do novo técnico Renê Simões, para a temporada 2017.

Títulos[editar | editar código-fonte]

São Paulo
Vasco da Gama

Referências

  1. [1]
  2. Placar, Guia 2008 Brasileirão (2.º Turno), setembro de 2008, Editora Abril, pág. 87
  3. a b "Meu primeiro Brasileirão", Dassler Marques, Trivela número 27, maio de 2008, Trivela Comunicações, pág. 31
  4. "Aislan: com o aval de Oscar e fã de Lugano", Marcius Azevedo, Jornal da Tarde, 18 de maio de 2008, pág. 5C
  5. Zagueiro Aislan volta a treinar no São Paulo
  6. "Sem medo do Verdão", Gabriel Navajas, Jornal da Tarde, 7 de abril de 2008, pág. 8C
  7. "Cazumba, do São Paulo, lamenta chance perdida", Lancenet, 18 de maio de 2008
  8. "André Dias volta para defesa ideal", Marcius Azevedo, Jornal da Tarde, 30 de maio de 2008, pág. 7C
  9. "Quem é quem", Placar número 1.326-A, "Tricolor hexacampeão", dezembro de 2008, Editora Abril, pág. 65
  10. "Sport confirma contratação de dupla do São Paulo para 2009", Lucas Liausu, Uol Esporte, 12 de dezembro de 2008, acessado em 12 de dezembro de 2008
  11. "Sport pede desculpas por notícia e avisa que não fechou com Aislan e Renan", Globo Esporte, 23 de dezembro de 2008, acessado em 24 de dezembro de 2008
  12. "Um já foi. E outro…", Jornal da Tarde, 27 de janeiro de 2010, pág. 4C
  13. Vasco acerta com zagueiro Aislan
  14. "Sobrevivente", Aislan acerta renovação de contrato com o Vasco
  15. Aislan acumula falhas e é criticado pela torcida

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.