Akio Yokoyama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Akio Yokoyama

Akio Yokoyama (横山 彰男 Yokoyama Akio?) (Tóquio, 1942; Belo Horizonte, 23 de março de 2012) foi um professor de caratê, um dos pioneiros da introdução desta arte marcial japonesa no Brasil com seu estilo Kenyu-ryu. Nascido em Tóquio no ano de 1942, chegou ao Brasil em 1965.[1] Recebeu o título de kancho, o que significa que o mestre passou a ser o responsável pela condução da entidade representante de seu estilo.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido na capital japonesa em 1942, durante o transcorrer da Segunda Guerra Mundial, Akio Yokoyama cresce e mantém conctato com as artes marciais ainda na juventude. Graduou-se pela Universidade de Tenri em Ciências Contábeis. Nessa época recebeu o 4º dan de caratê e participava de várias competições, chegando a conseguir o título de campeão universitário. O jovem mestre migra para o Brasil em 1965, primeiro passa uma estada em São Paulo (capital), no bairro da Liberdade, por fim fixando-se em Minas Gerais.[3]

Com a chegado do mestre inicia de verdade a história do estilo Kenyu-ryu, eis que o jovem saiu de sua terra com a intenção de divulgar sua arte marcial para todos, não exclusivamente aos descendentes nipônicos. Fixou-se em Minas Gerais para conseguir uma colocação numa empresa de origem japonesa, a Usiminas.[4]

A despeito de ainda em 1965 o mestre buscar um espaço para ministrar suas aulas de caratê, mas ser recusado, conseguiu um espaço numa escola de judô, a Samuray's Gim, de onde sairia depois de dois anos, para fundar seu próprio espaço, chamado de "Clube Esportivo de Karate Tenri Dojo", localizado no centro de Belo Horizonte/MG, onde funionou por mais de 25 anos, e que, mais tarde, seria o embrião da Federação Mineira de caratê.[3]

Sensei Akio, até completar 70 anos, em fevereiro de 2012, ainda ministrava aulas e cursos para jovens e veteranos. Akio Yokoyama faleceu em 23/03/2012, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Referências

  1. «Precursores do Karate no Brasil». Consultado em 26 de setembro de 2011 
  2. «SHITO RYU SHUKOKAI KARATE‐DO UNION ARGENTINA» (PDF) (em espanhol). Consultado em 27 de setembro de 2011 
  3. a b «Kenyu-ryu do Japão ao Brasil». Consultado em 26 de setembro de 2011 [ligação inativa]
  4. «Vivencias Integrativas». Consultado em 26 de setembro de 2011 [ligação inativa]
Karate icon.svg Este artigo sobre um(a) carateca, integrado ao Projeto Artes Marciais, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.