Aksu (Xinjiang)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Localização de Aksu em Xinjiang.
Aksu ao norte do Deserto de Taklamakan, na Rota da Seda.
Aksu ao norte da Bacia do Tarim.

Aksu (em chinês simplificado:阿克苏地区; pinyin: Aksu Dìqū; Uyghur: ئاقسۇ ۋىلايىتى, Aqsu Wilayati, Aksu Vilayiti) é uma cidade chinesa na província de Xinjiang, localizada ao oeste do país. Tem uma área de 132,500 km ² e população de 2,1 milhões de habitantes (2003). O nome Aksu em turco significa "água branca".

Está localizada no sopé sul da cordilheira de Tian Shan e ao norte da Bacia do Tarim.

Vários reinos existiram na região, até que em 60AC, a Dinastia Han (206AC - 220DC) trouxe a região para o domínio da China. Na época da Rota da Seda, a cidade era um importante como ponto de conexão entre a China e a Ásia Central.

O clima da região é sempre seco, frio no inverno e quente no verão. As temperaturas variam muito entre o dia e a noite. A temperatura média anual é de cerca de 11 C.

O islamismo é a religião predominante na região.

A produção agrícola inclui melões, nozes, maçãs, peras e damascos. [1].

Referências

  1. Aksu (Akesu) Travel Guide, em inglês, acesso em 16 de fevereiro de 2015.
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia da República Popular da China é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aksu (Xinjiang)