Al-Khwarizmi al-Khati

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Abu al-Hakim Muhammad ibn Abd al-Malik al-Salihi al-Khwarizmi al-Khati, Al-Khati (floresceu em 1034 d.C.), foi o alquimista muçulmano da aldeia de Kath na região de Corásmia. É conhecido por sistematizar a alquimia muçulmana.[1]

Al-Khati viveu e trabalhou em Bagdá e nas proximidades, e escreveu Ain al-San'a wa awn al-Sunâ (O essencial da Arte e a Ajuda para os Artesãos).[2] O trabalho foi crucial para o treinamento de fabricantes de vidro, metalúrgicos, carpinteiros e outros artífices e artesãos. O livro fornecia informação detalhada sobre várias técnicas e métodos usados na prática.[carece de fontes?]

Referências

  1. Barnes, Harry Elmer (1965). An intellectual and cultural history of the Western World Dover Publications [S.l.] p. 496. OCLC 390382. 
  2. Forbes, Robert James (1970). A short history of the art of distillation: from the beginnings up to the death of Cellier Blumenthal BRILL [S.l.] p. 42. ISBN 9789004006171.