Aladim Luciano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Aladim Luciano, ou simplesmente Aladim (Barra Mansa, Rio de Janeiro, 10 de outubro de 1946), é um ex-futebolista brasileiro que jogava como ponta-esquerda.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Aladim interrompeu os estudos para jogar futebol no Bangu em 1963. "Driblador e ofensivo",[1] jogou nos infantis, juvenis e aspirantes do time antes de se profissionalizar, em 1966, já de cara sagrando-se campeão carioca. No ano seguinte o Bangu ficou até o fim na disputa do Campeonato Carioca contra o Botafogo, mas teve de se contentar com o vice-campeonato.

Foi contratado pelo Corinthians em 1970, por 600 mil cruzeiros. Apesar de titular durante sua passagem pelo Parque São Jorge,[2] não viveu um bom momento por lá[3] e várias vezes viu sua titularidade ameaçada, como quando o clube quis contratar Paulo Cézar Caju, em 1971.[4] O único título que conquistou foi o do Torneio do Povo de 1971. Ao final do primeiro semestre de 1973[2] foi emprestado ao Coritiba, com valor do passe estipulado em trezentos mil cruzeiros e com salário muito[3] maior. Depois de muita negociação[3] — o então técnico do Corinthians, Yustrich, queria-o de volta —, o Coritiba adquiriu seu passe. "Acontece que quando o emprestamos ele estava em má fase e prometemos ao Coritiba negociá-lo no final", explicou o diretor de futebol Isidoro Mateus.[5]

Ainda em 1973 conquistou seu bicampeonato pessoal no Torneio de Povo e deu início a uma série de cinco conquistas do Campeonato Paranaense em sete anos: 1973, 1974, 1975, 1976 e 1979. Em 1978, emprestado ao Atlético Paranaense, foi vice-campeão.

Participou das campanhas do Coritiba nos Campeonatos Brasileiros de 1979 (terceiro lugar) e 1980 (quarto lugar), até então as duas melhores participações do clube no torneio. Vendido para o Colorado no final daquele ano, defendeu o clube até 1983 e voltou para o Coritiba no começo de 1984. Aposentou-se cerca de um ano depois e comprou uma panificadora no bairro do Bacacheri.

Política[editar | editar código-fonte]

Em 2004 candidatou-se a vereador em Curitiba pelo PV e foi eleito com 4 143 votos, terceiro menor total entre os eleitos,[6] embora tenha sido o único candidato a receber votos em todas as seções eleitorais.[7] Foi reeleito em 2008 com 6 315 votos[8] e em 2012.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Placar número 1 063, setembro de 1991, "Quem É Quem no Futebol", Editora Abril, pág. 5
  2. a b Celso Dario Unzelte, Almanaque do Corinthians Placar, Editora Abril, 2005, pág. 629
  3. a b c "O destino de Aladim", Hélio Teixeira, Placar número 189, 26/10/1973, Editora Abril, pág. 12
  4. "Meio tempo", Placar número 87, 12/11/1971, Editora Abril, pág. 21
  5. "Falhou tudo, segundo Iustrich", Jornal da Tarde, 16/8/1973, pág. 28
  6. "Placar PR/Curitiba", Uol Eleições 2004, acessado em 29/1/2009
  7. Histórico, site oficial
  8. "Apuração: Curitiba, PR", Uol Eleições, acessado em 29/1/2009

Ligações externas[editar | editar código-fonte]