Aladim Luciano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aladim Luciano
Nascimento 10 de outubro de 1946 (73 anos)
Barra Mansa
Cidadania Brasil
Ocupação futebolista, comerciante

Aladim Luciano, ou simplesmente Aladim (Barra Mansa, Rio de Janeiro, 10 de outubro de 1946), é um ex-futebolista brasileiro que jogava como ponta-esquerda.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Aladim interrompeu os estudos para jogar futebol no Bangu em 1963. "Driblador e ofensivo",[1] jogou nos infantis, juvenis e aspirantes do time antes de se profissionalizar, em 1966, já de cara sagrando-se campeão carioca. No ano seguinte o Bangu ficou até o fim na disputa do Campeonato Carioca contra o Botafogo, mas teve de se contentar com o vice-campeonato.

Foi contratado pelo Corinthians em 1970, por 600 mil cruzeiros. Apesar de titular durante sua passagem pelo Parque São Jorge,[2] não viveu um bom momento por lá[3] e várias vezes viu sua titularidade ameaçada, como quando o clube quis contratar Paulo Cézar Caju, em 1971.[4] O único título que conquistou foi o do Torneio do Povo de 1971. Ao final do primeiro semestre de 1973[2] foi emprestado ao Coritiba, com valor do passe estipulado em trezentos mil cruzeiros e com salário muito[3] maior. Depois de muita negociação[3] — o então técnico do Corinthians, Yustrich, queria-o de volta —, o Coritiba adquiriu seu passe. "Acontece que quando o emprestamos ele estava em má fase e prometemos ao Coritiba negociá-lo no final", explicou o diretor de futebol Isidoro Mateus.[5]

Ainda em 1973 conquistou seu bicampeonato pessoal no Torneio de Povo e deu início a uma série de cinco conquistas do Campeonato Paranaense em sete anos: 1973, 1974, 1975, 1976 e 1979. Em 1978, emprestado ao Atlético Paranaense, foi vice-campeão.

Participou das campanhas do Coritiba nos Campeonatos Brasileiros de 1979 (terceiro lugar) e 1980 (quarto lugar), até então as duas melhores participações do clube no torneio. Vendido para o Colorado no final daquele ano, defendeu o clube até 1983 e voltou para o Coritiba no começo de 1984. Aposentou-se cerca de um ano depois e comprou uma panificadora no bairro do Bacacheri.

Política[editar | editar código-fonte]

Em 2004 candidatou-se a vereador em Curitiba pelo PV e foi eleito com 4 143 votos, terceiro menor total entre os eleitos,[6] embora tenha sido o único candidato a receber votos em todas as seções eleitorais.[7] Foi reeleito em 2008 com 6 315 votos[8] e em 2012.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Placar número 1 063, setembro de 1991, "Quem É Quem no Futebol", Editora Abril, pág. 5
  2. a b Celso Dario Unzelte, Almanaque do Corinthians Placar, Editora Abril, 2005, pág. 629
  3. a b c "O destino de Aladim", Hélio Teixeira, Placar número 189, 26/10/1973, Editora Abril, pág. 12
  4. "Meio tempo", Placar número 87, 12/11/1971, Editora Abril, pág. 21
  5. "Falhou tudo, segundo Iustrich", Jornal da Tarde, 16/8/1973, pág. 28
  6. "Placar PR/Curitiba", Uol Eleições 2004, acessado em 29/1/2009
  7. Histórico Arquivado em 22 de abril de 2009, no Wayback Machine., site oficial
  8. "Apuração: Curitiba, PR", Uol Eleições, acessado em 29/1/2009

Ligações externas[editar | editar código-fonte]