Alan García

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre alguém que morreu recentemente. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (editado pela última vez em 18 de abril de 2019) Twemoji 1f464.svg
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Alan Gabriel Ludwig García Pérez
Presidente do Peru
Período 28 de julho de 2006
a 28 de julho de 2011
Antecessor Alejandro Toledo
Sucessor Ollanta Humala
Presidente do Peru
Período 28 de julho de 1985
a 28 de julho de 1990
Antecessor Fernando Belaúnde Terry
Sucessor Alberto Fujimori
Dados pessoais
Nascimento 23 de maio de 1949
Lima, Peru
Morte 17 de abril de 2019 (69 anos)
Lima, Peru
Nacionalidade peruano
Alma mater Universidade Nacional Maior de São Marcos
Cônjuge Pilar Cornélia Nores
Partido Partido Aprista Peruano
Religião Católico
Profissão advogado, político

Alan Gabriel Ludwig García Pérez (Lima, 23 de maio de 1949Lima, 17 de abril de 2019) foi um advogado e político peruano, presidente de seu país por duas vezes, entre 28 de julho de 1985 e 28 de julho de 1990 e entre 28 de julho de 2006 e 28 de julho de 2011.

Biografia

Garcia estudou Letras na Pontifícia Universidade Católica do Peru e Direito na Universidad Nacional Mayor de San Marcos. Também estudou na Universidad Complutense de Madrid e na Sorbonne de Paris.[1]

Entre 1977 e 1980 ocupou o cargo de Secretário de Organização do Partido Aprista. Em 1979 foi membro da Assembleia Constituinte. Entre 1980 e 1985 exerceu mandato como deputado nacional. Entre 1982 e 1985 foi Secretário Geral do Partido Aprista Peruano.[1]

Em 1985, com 35 anos de idade, foi eleito presidente constitucional da república para o período 1985-1990.[1]

Em 1992, após o chamado auto-golpe de Alberto Fujimori quando na presidência do país, Garcia exilou-se na Colômbia e na França até janeiro de 2001, quando regressou ao Peru.[1]

Foi candidato à presidência da república pelo Partido Aprista Peruano, obtendo 47% dos votos nas eleições presidenciais de junho de 2001.[1]

Em 2004 foi eleito presidente do Partido Aprista Peruano.[1]

É presidente honorário da Internacional Socialista.[1] Foi diretor do Instituto de Governo da Universidade San Martín de Porres.[1]

Em 4 de junho de 2006 disputou o segundo turno das eleições presidenciais peruanas com Ollanta Humala, e venceu as eleições com 52,6% dos votos, tornando-se novamente chefe de Estado.[1]

Em 28 de julho de 2011 deixou o cargo de Presidente e entregou-o ao seu sucessor Humala. Em 2016 foi candidato à reeleição pelo terceiro mandato, mas foi derrotado e obteve pouco mais de 6% dos votos válidos.

Em 17 de abril de 2019 cometeu suicídio, disparando contra a própria cabeça, ao saber que seria preso preventivamente por envolvimento em corrupção no caso Odebrecht. Há fortes indícios de sua participação em atos ilícitos na referida investigação, conduzida pelo braço peruano da força-tarefa Lava a Jato. García acabou falecendo no hospital horas depois.[2]

Livros publicados

Alan García Pérez escreveu diversos livros, entre os quais destacam-se:

  • 1982 - El futuro diferente
  • 1987 - A la inmensa mayoría
  • 1989 - El desarme financiero
  • 1990 - La revolución regional
  • 1991 - El nuevo totalitarismo
  • 1992 - Contra la dictadura
  • 1994 - El mundo de Maquiavelo
  • 1997 - La falsa modernidad
  • 1998 - Mi gobierno hizo dar verguenza
  • 2003 - Modernidad y política en el siglo XXI
  • 2004 - Para comprender el siglo XXI
  • 2005 - Sierra exportadora

Referências

Ligações externas

Precedido por
Fernando Belaúnde Terry
Presidente do Peru
1985 - 1990
Sucedido por
Alberto Fujimori
Precedido por
Alejandro Toledo Manrique
Presidente do Peru
2006 - 2011
Sucedido por
Ollanta Humala