Alan Hansen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alan Hansen
Alan Hansen
Informações pessoais
Nome completo Alan David Hansen
Data de nasc. 13 de junho de 1955 (63 anos)
Local de nasc. Clackmannanshire,  Reino Unido
Nacionalidade Escócia
Altura 1,88 m
Informações profissionais
Posição Defensor
Clubes de juventude
Sauchie Juniors
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1973–1977
1977–1991
Partick Thistle
Liverpool
Seleção nacional
1979–1987 Flag of Scotland.svg Escócia

Alan David Hansen (Clackmannanshire, 13 de junho de 1955) é um ex-futebolista escocês e comentarista de futebol da BBC. Ele jogou como zagueiro no Partick Thistle, no Liverpool no final dos anos 70 e 80 e pela Seleção Escocesa.[1][2]

Como comentarista de futebol, Hansen é conhecido por suas opiniões sinceras, particularmente no desempenho defensivo das equipes, frequentemente criticando o que ele acredita ser uma defesa "diabólica" ou "chocante".[3]

Vida[editar | editar código-fonte]

Hansen nasceu em Clackmannanshire, na Escócia, frequentou a Lornshill Academy[4] e torcia para o Rangers.[5] Aos 15 anos, Hansen sofreu um acidente e teve 27 pontos em sua cabeça e ainda ficou com uma grande cicatriz na testa.

Hansen parou de jogar futebol entre as idades de 15 e 17 anos e se concentrou em jogar golfe, com aspirações de se tornar profissional. Seu pai e irmão queriam que Hansen jogasse futebol, então ele aceitou a oferta de fazer um teste no Hibernian aos 17 anos. Eddie Turnbull, treinador do Hibernian, ofereceu a Hansen um contrato profissional, mas ele recusou porque isso o impediria de jogar golfe profissionalmente.[6]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Sauchie Juniors[editar | editar código-fonte]

Alan Hansen jogou nas divisões de base (junto com seu irmão John) no Sauchie Juniors de Clackmannanshire.[7]

Partick Thistle[editar | editar código-fonte]

Hansen recusou a oportunidade de estudar na Universidade de Aberdeen, a fim de se juntar ao irmão mais velho, John, no Partick Thistle. Durante o verão, ele trabalhou por seis semanas nos escritórios do Seguro Geral de Acidentes - o que ele odiou.[8] Como reserva, Hansen participou da final da Copa da Liga Escocesa de 1971 vendo o Partick Thistle, que incluía seu irmão John, criar um das maiores surpresas do futebol escocês ao derrotar o Celtic por 4 a 1 no Hampden Park.

Quando entrou no time titular do Thistle, Hansen foi visto por vários clubes, incluindo o Liverpool de Bob Paisley. Na temporada 1975-76, Hansen jogou 21 vezes quando Thistle venceu a Segunda Divisão.

No final da temporada seguinte, Hansen fez 35 jogos na equipe, antes de ir para o Liverpool em 5 de maio de 1977.[9] Depois de chegar a Anfield, o apelido que ele detestava por anos ("Stretch") foi esquecido e um novo apelido "Jockey" nasceu.

Liverpool[editar | editar código-fonte]

Ele fez sua estréia no Liverpool em 24 de setembro de 1977 em uma partida da Liga em Anfield contra o Derby County. Hansen fez seu primeiro gol no mês seguinte, em 19 de outubro, durante uma partida da Liga dos Campeões em Anfield contra o Dynamo Dresden.

Hansen foi colocado na equipe titular esporadicamente ao longo da temporada. Ele não estava no time que perdeu a final da Copa da Liga Inglesa em 1978 para Nottingham Forest, mas foi selecionado para o time do Liverpool que jogou a final da Liga dos Campeões de 1978 por 1 a 0 contra o Brugges no Wembley. Hansen jogou 18 jogos na Primeira Divisão naquela temporada e o Liverpool terminou em segundo lugar.

Na temporada 1978-79, Hansen se tornou uma peça regular na equipe que conquistou o título da liga.[10] Quando o capitão do clube, Emlyn Hughes, foi vendido ao Wolves, Hansen tornou-se o zagueiro central titular e o domínio do Liverpool no futebol continuou na temporada 1979-80 com outro título da liga.

Na temporada 1980-81, o Liverpool venceu dois troféus, mas não conquistou o terceiro título consecutivo da liga. O Liverpool venceu sua primeira Copa da Liga em 1981, derrotando o West Ham United por 2 a 1. Hansen também conquistou sua segunda medalha na Liga dos Campeões em 1981, com o Liverpool derrotando o Real Madrid por 1 a 0 no Parc des Princes em Paris.

O título da liga retornou a Anfield na temporada 1981/82 e o Liverpool também manteve a Copa da Liga em 1982 com uma vitória por 3 a 1 sobre o Tottenham Hotspur, embora Hansen não tenha jogado esse jogo devido a uma contusão.

Na temporada 1982-1983, o Liverpool mais uma vez levou o título da liga e manteve a Taça da Liga derrotando o Manchester United por 2-1. O técnico, Bob Paisley, que contratou Hansen em 1977, se aposentou no final da temporada 1982-83 e foi substituído por Joe Fagan.

Na temporada 1983-84, o Liverpool completou uma série de troféus na primeira temporada de Fagan como treinador, vencendo o campeonato, a Copa da Liga e a Liga dos Campeões. O Liverpool chegou à final da Copa Européia de 1984 contra o Roma e venceu na disputa de pênaltis diante de uma multidão de 69 mil pessoas no Stadio Olimpico. [11]

O Liverpool não ganhou um troféu na temporada 1984-85 e foi banido de todas as competições européias após a final da Liga dos Campeões de 1985 contra a Juventus em Heysel, que teve a Tragédia de Heysel que resultou na morte de 39 pessoas. Fãs da Juventus. Hansen nunca mais jogaria uma partida em competições europeias.

O treinador, Joe Fagan, se aposentou após o desastre de Heysel, e Kenny Dalglish foi indicado como jogador-treinador. Ele deu a capitania a Hansen e a temporada terminou em triunfo com os títulos da Liga e da Taça de Inglaterra. Hansen levantou ambos os troféus como capitão e ganhou sua primeira medalha de vencedor da FA Cup..

O Liverpool não conseguiu conquistar um troféu na temporada 1986-87, perdendo a final da Copa da Liga em Wembley para o Arsenal por 2 a 1. Na temporada 1987-1988, eles perderam apenas duas vezes na liga, ganhando o título com Hansen como capitão. O Liverpool também chegou à final da FA Cup, mas perderam para o Wimbledon em uma das maiores surpresas.

Hansen ficou restrito a apenas seis jogos no campeonato na temporada 1988-89, como resultado de uma lesão no joelho esquerdo. Hansen jogou na final da Copa da Inglaterra de 1989 em Wembley, que o Liverpool venceu o Everton por 3 a 2, embora Hansen não tenha erguido o troféu como capitão. A honra foi dada ao companheiro de equipe Ronnie Whelan, que havia se destacado na ausência de Hansen e manteve o papel mesmo depois que ele voltou.

Hansen fez mais aparições na temporada seguinte, mas seus persistentes problemas no joelho continuaram a afetar sua forma física, embora ele ainda capitaneou o Liverpool para outro título da Liga.

Hansen não conseguiu jogar em nenhum jogo competitivo durante a temporada 1990-91 e se aposentou em março de 1991, um mês depois de Kenny Dalglish ter renunciado como treinador.[12]

Na carreira de Hansen no Liverpool, ele ganhou no total: 8 títulos da liga, 3 títulos da Liga dos Campeões, 2 Copas da Inglaterra e 4 Copas da Liga.

Seleção Escocesa[editar | editar código-fonte]

Hansen fez sua estréia pela Escócia em 19 de maio de 1979 contra o País de Gales no Ninian Park em Cardiff. O treinador da Escócia, Jock Stein, estreou-se com quatro jogadores escoceses naquele dia - George Burley, John Wark, Paul Hegarty e Hansen.[13]

Hansen jogou pela Escócia na Copa do Mundo de 1982 na Espanha. A equipe não conseguiu progredir além da fase de grupos.

Alex Ferguson que assumiu o comando da seleção após a morte súbita de Jock Stein, não convocou Hansen para a Copa do Mundo de 1986 no México. Hansen discordou da decisão, pois sentiu que a sua forma na temporada 1985/86 era ótima.[14]

Comentarista[editar | editar código-fonte]

A Sky Television empregou Hansen e logo ele se estabeleceu como um excelente comentarista. Logo após, ele começou a trabalhar para a BBC.

Hansen foi contratado por 22 anos como o principal comentarista da cobertura de futebol da BBC e era conhecido como um analista calmo, autoritário e racional. Ele também é colunista do Daily Telegraph, Telegraph.co.uk e do site da BBC.

Em maio de 2013, foi relatado que o contrato da Hansen com a BBC expiraria após a Copa do Mundo de 2014.[15] Em 5 de setembro de 2013, Hansen anunciou que se aposentaria como comentarista após a Copa do Mundo de 2014.[16]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Partick Thistle
  • Segunda Divisão (1): 1975–76
Liverpool

Individual[editar | editar código-fonte]

  • Time do Ano da Primeira Divisão (6): 1981–82, 1982–83, 1983–84, 1986–87, 1987–88 e 1989–90
  • Hall of Fame do Futebol Inglês: 2006
  • Hall of Fame do Futebol Escoces: 2007

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Seleção Escocesa na Copa do Mundo FIFA de 1982». Fifa.com. Consultado em 28 de dezembro de 2010. 
  2. «Jogos da Copa de 1982 - Classificação». Universo Online. Consultado em 28 de dezembro de 2010. 
  3. John, Emma (3 de julho de 2010). «This much I know: Alan Hansen». the Guardian (em inglês). Consultado em 10 de maio de 2018. 
  4. «Football star helps kick off new era for Lornshill Academy». Alloa and Hillfoots Advertiser (em inglês). Consultado em 10 de maio de 2018. 
  5. «In profile: Alan Hansen, former footballer turned television pundit» (em inglês) 
  6. «Alan Hansen: TV pundit bows out following World Cup final». BBC Sport (em inglês). 13 de julho de 2014 
  7. «Sauchie Juniors Football Club». 13 de setembro de 2012. Consultado em 10 de maio de 2018. 
  8. «Alan Hansen: My Life In Media». The Independent (em inglês). 13 de novembro de 2006 
  9. LFChistory.net. «Liverpool career stats for Alan Hansen - LFChistory - Stats galore for Liverpool FC!». www.lfchistory.net. Consultado em 10 de maio de 2018. 
  10. «LIVERWEB - Liverpool League Stats». www.liverweb.org.uk. Consultado em 10 de maio de 2018. 
  11. «Liverpool Special: The Reds' Top 5 European Semi-Final Victories | Goal.com». www.goal.com (em inglês). Consultado em 10 de maio de 2018. 
  12. «Profile: The thinking man's pundit: Alan Hansen». The Independent (em inglês). 27 de setembro de 1992 
  13. «19790519 Sat 19 May 1979 Wales 3 Scotland 0». www.londonhearts.com. Consultado em 10 de maio de 2018. 
  14. «Sir Alex Ferguson 25 years: 'You can't win anything with kids'». BBC Sport (em inglês). 2 de novembro de 2011 
  15. «Hansen will quit BBC's Match of the Day sofa in 2014 as part of overdue shake up». Mail Online 
  16. «EDGE OF THE BOX: After 22 years, Alan Hansen's MOTD work is done». Mail Online 


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alan Hansen