Alan Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alan Santos
Informações pessoais
Nome completo Alan Santos da Silva
Data de nasc. 24 de abril de 1991 (28 anos)
Local de nasc. Salvador (BA), Brasil
Altura 1,82 m
Destro
Apelido Alanzinho
Informações profissionais
Clube atual Chapecoense
Número 6
Posição Volante ou Meia
Clubes de juventude
2006–2009
2009–2011
2011
Vitória
Santos
Paulista
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2009–2014
2011
2012
2015–2017
2018–
2018
2018
2019
2020–
Santos
Paulista (emp.)
Náutico (emp.)
Coritiba
Tigres
Veracruz (emp.)
→ Al-Ittihad Kalba (emp.)
Botafogo (emp.)
Chapecoense (emp.)
0072 0000(2)
0001 0000(0)
0039 0000(0)
0094 0000(9)
0000 0000(0)
0010 0000(0)
0000 0000(0)
0011 0000(0)
0001 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 9 de fevereiro de 2020.

Alan Santos da Silva, mais conhecido como Alan Santos (Salvador, Bahia, 24 de abril de 1991), é um jogador brasileiro de futebol que atua como volante. Atualmente, defende a Chapecoense, por empréstimo do Tigres.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Vitória[editar | editar código-fonte]

Natural de Salvador (BA), Alan Santos iniciou a carreira nas divisões de base do Vitória, aonde foi campeão do Campeonato Baiano Infantil de 2006, Campeonato Baiano Juvenil de 2007 e 2008, e Campeonato Baiano Júnior de 2009.

Santos[editar | editar código-fonte]

Em 2009, o Santos acertou a contratação do volante, na época com 18 anos, por quatro anos. O atleta foi apresentado no dia 27 de maio, na Sala de Imprensa Peirão de Castro do CT Rei Pelé.[1] Fez sua estreia no dia 30 de agosto, substituindo o volante Emerson, porém entrou mal na partida e foi substituído por Pará.[2].[2]

Revesando entre as categorias de base, empréstimos e o time principal do Santos, o jogador passou à integrar definitivamente a equipe principal do clube praiano após uma partida contra o Palmeiras na última rodada do Campeonato Brasileiro, quando substituiu o volante Adriano que cumpria expulsão, e agradou o técnico Muricy Ramalho.[3]

Em 2012, esteve presente na equipe tricampeã paulista.

Em 15 de fevereiro de 2013, renovou seu contrato por mais três anos e o clube passou a ter 80% dos seus direitos econômicos.[4]

Em 2014, com mais espaço no Santos, Alan Santos marcou seu primeiro gol, contra a Princesa do Solimões, no dia 8 de maio de 2014, pela Copa do Brasil.

Paulista[editar | editar código-fonte]

Em 2011, foi emprestado à equipe principal do Paulista, porém jogou apenas uma partida, contra o São José-RS, válida pela Copa do Brasil de 2011. Sem atuar na equipe principal, foi integrado à equipe sub-20 do clube de Jundiaí.[5]

Rápida passagem pelo Náutico[editar | editar código-fonte]

No dia 3 de setembro de 2012, o jogador acertou emprestado junto ao Náutico[6], porém no dia 4 de setembro o jogador foi devolvido ao Peixe, pois o Timbu acertou o empréstimo do meia Pacheco, e atingiu o limite de cinco jogadores emprestados durante o ano na série A.[7] O jogador chegou a treinar na equipe, porém não jogou.

Coritiba[editar | editar código-fonte]

Em 8 de janeiro de 2015, Alan Santos foi liberado pelo Santos e acertou sua ida ao Coritiba.[8] Alan teve muito destaque no Coritiba.

Tigres-MEX[editar | editar código-fonte]

Alan foi contratado pelo Tigres, do México, foi emprestado duas vezes no ano de 2018, e uma em 2019. Alan até o momento, não disputou nenhuma partida pelo Tigres.

Botafogo[editar | editar código-fonte]

Alan foi emprestado ao Botafogo para a temporada de 2019[9], o clube tinha interesse no jogador desde 2017.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Vitória
Santos
Coritiba

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]