Alapini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Alapini[1][2] é o Sacerdote Supremo do Culto aos Egungun, na África e no Brasil, o atual Alapini no Brasil é Mestre Didi Axipá, filho biológico da iyalorixá Maria Bibiana do Espírito Santo, conhecida como "Mãe Senhora" - terceira a assumir o comando do terreiro Ilê Axé Opó Afonjá -, Mestre Didi comandava o Ilê Asipà, localizado na capital baiana e fundado por ele em 1980, morreu aos (95 anos, em 6 de Outubro de 2013).[3]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. A influência da religião afro-brasileira na obra escultórica do Mestre Didi, Jaime Sodré, EDUFBA, 1 de jan de 2006, pag.136, 139
  2. Line, A. TARDE On. «Balbino: "O culto a egungun preserva o laço coletivo"». Portal A TARDE. Consultado em 5 de fevereiro de 2020 
  3. Sterling, C. (6 de setembro de 2012). African Roots, Brazilian Rites: Cultural and National Identity in Brazil (em inglês). [S.l.]: Springer. ISBN 978-1-137-01000-1 
Ícone de esboço Este artigo sobre candomblé é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.