Albânia e as armas de destruição em massa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Albânia já possuía um arsenal de armas de destruição em massa. Este arsenal de armas químicas incluía 16.678 kg (36.769 lb) de agente mostarda, lewisite, adamsite e cloroacetofenona.

Albânia foi um dos primeiros países que assinaram a Convenção sobre Armas Químicas (CWC), em 1993.[1] O tratado, que entrou em vigor em 1997, requer a declaração de arsenais químicos, e na destruição de todas as armas químicas, sistemas de distribuição e instalações de produção. Uma das seis nações a declarar um estoque, a Albânia fez sua declaração em março de 2003,[2] depois da descoberta, em dezembro de 2002, de 600 containers de produtos químicos em um bunker abandonado. O material foi provavelmente adquirido pelo líder comunista Enver Hoxha, em meados da década de 1970 a partir da China, embora nenhuma documentação foi encontrada.[3]

Armas químicas da Albânia.

Em 11 de julho de 2007, a Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ), confirmou a destruição de todo o arsenal de armas químicas na Albânia,[4] fazendo a Albânia a primeira nação a destruir completamente todas as suas armas químicas, nos termos da CWC. Os custos foram de cerca de 48 milhões dólares americanos. Os Estados Unidos ajudaram com o financiamento as operações de destruição sob a Nunn–Lugar Cooperative Threat Reduction.[5]

Armas biológicas e nucleares[editar | editar código-fonte]

Albânia aderiu à Convenção sobre as Armas Biológicas em 3 de junho de 1992 para a proibição de armas biológicas. Também aderiu ao Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares, em setembro de 1990.[6] Albânia se juntou ao Protocolo de Genebra em 20 de dezembro de 1989, para a proibição de armas químicas e biológicas e depositou a sua adesão ao Tratado para a Proibição Completa dos Testes Nucleares em 23 de abril de 2003.

Notas e referências

  1. Membership of the OPCW, http://www.opcw.org/en/membership_menu.html
  2. Kerry Boyd, "Albania Has Chemical Arms; CWC Review Conference Meets", Arms Control Association, junho de 2003, acessado em 28 de outubro de 2013.
  3. "Albania's Chemical Cache Raises Fears About Others", http://www.washingtonpost.com/wp-dyn/articles/A61698-2005Jan9.html, Joby Warrick, Washington Post, 10 de janeiro de 2005, acessado em 28 de outubro de 2013.
  4. U.S. Department of State, Albania – First Country to Destroy All Of Its Chemical Weapons, 13 de julho de 2007, acessado em 28 de outubro de 2013.
  5. Nunn-Lugar Destroys Chemical Weapons Stockpile in Albania, http://lugar.senate.gov/record.cfm?id=279351&, Press Release of Senator Lugar, 19 de julho de 2007, acessado em 28 de outubro de 2013.
  6. Status of Multilateral Arms Regulation and Disarmament Agreements, http://disarmament.un.org/TreatyStatus.nsf/NPT%20(in%20alphabetical%20order)?OpenView, UN Office for Disarmament Affairs (UNODA), acessado em 28 de outubro de 2013.