Albatros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo(a) por outras acepções, veja Albatroz (desambiguação).

Albatros foi um grupo musical italiano, fundado em 1974, por Toto Cutugno, após sua experiência em Ghigo e i Goghi e depois Toto e i Tati, com os quais havia participado à competição Un disco per l'estate (Um disco para o verão).

História[editar | editar código-fonte]

Após obter um contrato discográfico com a Carosello, e a produção de Vito Pallavicini, em 1975, publicam o seu primeiro disco importante Africa, que alcança um bom sucesso sobretudo na França que passa a fazer parte do repertório solista de Cutugno.

No ano seguinte se classificam em terceiro no Festival de Sanremo com Volo AZ 504, que na versão gravada lança em veste a voz recitante de Silvia Dioniso. A música é fortemente anti-abortista, ela o deixa porque foi induzida a abortar e parte no voo que dá título à canção, que cria a maior polêmica em uma sociedade que vivia um período quente, como aquela dos anos 1970, pois dois anos depois na Itália seria legalizada a lei 194/78. Ainda assim o brano se revela um sucesso internacional.

No ano sucessivo, participam novamente de Sanremo com Gran Premio, che narra as sensações de um piloto de automobilismo que procura tranquilizar a sua própria companheira a respeito do seu perigoso trabalho. A música foi escrita por Cutugno, o qual se inspirou na verdadeira história de um amigo piloto de Fórmula 3, que teve um grave acidente.

Em 1978, o grupo se dissolve. Toto Cutugno empreende uma fortunada carreira solista, enquanto Mario Limongelli funda alguns anos depois a casa discográfica NAR International. Losito e Trama continuam a carreira musical como session man. Massimo Viganò, membro da primeira formação, se exibe ainda com outros músicos usando a denominação Albatros.

O grupo permanece no panorama musical italiano como exemplo de um grupo capaz de unir progressivo, melodia e recital em uma mistura que se diferenciava da multidão de bandas existentes na década de 1970.

Formação[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Discografia italiana[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • 1976: Volo AZ 504 (Carosello, CLN 25065)

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 1975: Africa/Ha-ri-ah (Carosello, Cl 20397)
  • 1976: Volo AZ 504/Marieneige (Carosello, Cl 20410)
  • 1976: Nel cuore nei sensi/L'albatros (Carosello, Cl 20427)
  • 1977: Gran premio/Gran premio (strumentale) (Carosello, Cl 20440)
  • 1977: Stop-stop violence/Oui-bon d'accord (Carosello, Cl 20457)
  • 1978: Santamaria de Portugal/La mia isola (Carosello, Cl 20461)

Discografia estrangeira[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • 1976: Vuelo AZ 504 (Colleción, MHALL 13146; publicado em Argentina)
  • 1978: Santamaria de Portugal (Ariola, 26260 XOT; publicado em Holanda)

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 1975: Africa/Ha-ri-ah (Metronome, M 25651; publicado na Alemanha)
  • 1975: Africa/Ha-ri-ah (CBS, 3325; publicado em França)
  • 1975: Africa/Ha-ri-ah (Decca, FR 13605; publicado no Reino Unido com a denominação Son of Albatros)
  • 1975: Africa/Ha-ri-ah (Columbia Records, 4106; publicado nos Estados Unidos)
  • 1976: Flight AZ 504/Volo AZ 504 (CBS, 3919; publicado na Alemanha)
  • 1976: Volo AZ 504 (Les Oiseaux De Thailandie)/Volo AZ 504 (strumentale) (CBS, 3919; publicado na França)
  • 1976: Volo AZ 504/Africa (Colleción, MHALL 32472; publicado na Argentina)
  • 1976: Nel cuore nei sensi/Nel cuore nei sensi (strumentale) (CBS, 5053; publicado na França)
  • 1976: Tema de Albatros/Marieneige (Fania, SR 5054; publicado no México)
  • 1977: Gran premio/Gran premio (strumentale) (Colleción, MHALL 32524; publicado na Argentina)
  • 1977: Gran premio/Gran premio (strumentale) (Omega, 36390; publicado na Holanda)
  • 1978: Santamaria de Portugal/La mia isola (Metronome, M 30108; publicado na Alemanha)
  • 1978: Santamaria de Portugal/La mia isola (Ariola, 11991 AT; publicado na Áustria)
  • 1978: Santamaria de Portugal/La mia isola (Vip, 2748; publicado no Japão)
  • 1978: Santamaria de Portugal/La mia isola (Novola, OOX 363; publicado na Espanha)

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Eddy Anselmi, Festival di Sanremo. Almanacco illustrato della canzone italiana, Edizioni Panini, Modena, em Albatros, pág. 575 e 576;
  • Autori Vari (a cura di Gino Castaldo), Dizionario della canzone italiana, ed. Curcio, 1990; em Albatros, di Roberto Ruggeri, pag. 18;
  • Davide Motta Fré, Promesse d'amore - L'epoca d'oro dei complessi melodici italiani, 2006; em Albatros, pág. 13 a 14;