Albert Engström

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Albert Engström
Nascimento 12 de maio de 1869
Morte 16 de novembro de 1940 (71 anos)
Norrköping Matteus church parish
Sepultamento Hults kyrka
Cidadania Suécia
Cônjuge Sigrid Engström
Filho(s) Lisa Engström
Alma mater
Ocupação escritor, pintor, jornalista, desenhista, cartunista, autor-compositor, desenhista, poeta, historiador, artista de banda desenhada

Albert Laurentius Johannes Engström (Lönneberga, Kalmar, 5 de dezembro de 1869-Estocolmo, 16 de novembro de 1940) foi um jornalista, escritor e ilustrador sueco. Entrou na Academia Sueca em 1922[1], sucedendo na cadeira 18 a Oscar Montelius.

Segundo o The New York Times, era um dos jornalistas mais influentes da Suécia e foi apelidado de «Mark Twain europeu».[2]

O asteroide 7548 Engström, descoberto em 1980 por C.-I. Lagerkvist, foi assim designado em sua homenagem.[3]

Referências

  1. Academia Sueca. «Biografia» (em sueco). Consultado em 24 de dezembro de 2013 
  2. The New York Times. «A Swedish writer sees us.» (PDF) (em inglês). Consultado em 24 de dezembro de 2013 
  3. Schmadel, Lutz D. (2012) Dictionary of Minor Planet Names, p. 586. Springer. Google Books. Consulta em 24 de dezembro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]