Alberto, duque da Baviera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alberto
Príncipe da Baviera
Duque da Baviera
Conde Palatino do Reno
Alberto com seu irmão mais velho Leopoldo na infância.
Cônjuges Condessa Maria Francisca Juliana Joana Draskovich von Trakostjan
Descendência
Maria Gabriela Antônia José
Maria Carlota Juliana
Francisco Bonaventura Adalberto Maria
Max-Emanuel von Wittelsbach
Nome completo
Alberto Leopoldo Fernando Miguel
Casa Wittelsbach
Pai Rodolfo da Baviera
Mãe Maria Gabriela da Baviera
Nascimento 3 de Maio de 1905
Munique, Reino da Baviera, Império Alemão
Morte 8 de julho de 1996 (91 anos)
Castelo de Berg, Starnberg, Baviera, Alemanha
Enterro Cemitério Wittelsbach, Mosteiro de Andechs, Baviera

Alberto Leopoldo Fernando Miguel (3 de maio de 19058 de julho de 1996), duque da Baviera, da Francônia e Suábia, conde palatino do Reno, foi o único filho sobrevivente do príncipe herdeiro Rodolfo da Baviera e de sua primeira esposa, a duquesa Maria Gabriela da Baviera. Seu avô paterno foi Luís III, o último rei da Baviera, deposto em 1918.

Sua família, a Casa de Wittelsbach, era contrária ao regime da Alemanha nazista, e Alberto levou a sua família para Sárvár, em Vas, Hungria, no ano de 1940. Em outubro de 1944, quando a Alemanha ocupou a Hungria, os Wittelsbach foram presos e aprisionados no campo de concentração de Sachsenhausen. Em abril de 1945, foram movidos para o campo de concentração de Dachau, onde foram libertados pelo exército norte-americano.

Alberto tornou-se o chefe da família real bávara com a morte de seu pai, em 2 de agosto de 1955.

Casamentos e filhos[editar | editar código-fonte]

Em 1930, Alberto desposou a condessa Maria Francisca Juliana Joana Draskovich von Trakostjan (1904-1969). Eles tiveram quatro filhos:

Em 1971, Alberto casou-se com a condessa Maria-Jenke Clara Clementina Antônia Estefânia Walburga Paula Keglevich von Buzin (1921-1983), com quem não teve filhos.