Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portugal Portugal Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana 
  Freguesia  
Vista de Alcácer do Sal desde o castelo
Vista de Alcácer do Sal desde o castelo
Localização
Localização no município de Alcácer do Sal
Localização no município de Alcácer do Sal
Município ASL1.png Alcácer do Sal
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente Arlindo José Paulino de Passos (PCP-PEV)
Características geográficas
Área total 888,35 km²
População total (2021) 7 733 hab.
Densidade 8,7 hab./km²
Código postal 7580-220

Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana é uma freguesia portuguesa do município de Alcácer do Sal, situada na subregião do Alentejo Litoral, pertencendo à região do Alentejo e ao distrito de Setúbal, tendo uma área total de 888,35 km2 e 7.733 habitantes (2021), com uma densidade populacional de 8,7 habitantes por km2.[1]

A freguesia foi criada a 30 de maio de 2013 através da fusão das três antigas freguesias de Santa Maria do Castelo, Santiago e Santa Susana.[2] A principal localidade e sede da união de freguesia é em Santiago.

Geografia[editar | editar código-fonte]

É de longe a freguesia portuguesa de maior extensão territorial. De facto, dos 308 municípios portugueses, só 12 (para além do próprio município de Alcácer do Sal) são mais extensos do que esta freguesia — são eles (por ordem decrescente de extensão): Odemira, Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Évora, Mértola, Montemor-o-Novo, Bragança, Beja, Coruche, Serpa, Santiago do Cacém e Moura. Esta freguesia é também mais extensa que a região autónoma da Madeira.

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana

Referências

  1. INE (2021). «População do Alentejo Litoral» 
  2. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.