Alcir Portela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alcir Portela
Alcir Portela
Informações pessoais
Nome completo Alcir Pinto Portella
Data de nasc. 9 de maio de 1944
Local de nasc. Rio de Janeiro, (RJ), Brasil
Falecido em 29 de agosto de 2008 (64 anos)
Local da morte Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Altura 1,78 cm
Apelido Capita
Informações profissionais
Número 5
Posição meio campo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1962–1963
1963-1975
1976
Bonsucesso
Vasco da Gama
Nacional

0508 00(34)

Alcir Pinto Portella (Rio de Janeiro, 9 de maio de 1944 - Rio de Janeiro, 29 de agosto de 2008) foi um ex-futebolista e treinador de futebol brasileiro. Atuava como volante e foi ídolo no Club de Regatas Vasco da Gama.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Alcir Portela foi o quarto jogador com maior número de partidas disputadas pelo Vasco da Gama: 508 jogos no período entre 1963 e 1975, e marcou 34 gols. Além de capitão do time campeão nacional em 1974, integrou a equipe que venceu o Campeonato Carioca de 1970. Capitão durante doze anos seguidos pelo Vasco da Gama (recordista), jamais foi expulso de campo.[1]

O ex-cabeça-de-área era um dos símbolos do Vasco, onde trabalhou também como auxiliar técnico e treinador.[2] Exemplo de profissional, era como um espelho para todos. Conhecido como um " GENTLEMAN " dentro e fora de campo.

Alcir ganhou quatro títulos brasileiros pelo Vasco: em 1974 como jogador e em 1989, 1997 e 2000 como auxiliar técnico.

Em 1974, ganhou o Prêmio Belfort Duarte, que homenageava o jogador de futebol profissional que passasse dez anos sem sofrer uma expulsão, tendo jogado pelo menos 200 partidas nacionais ou internacionais.

Morte[editar | editar código-fonte]

O ex-jogador faleceu na noite de 29 de agosto de 2008, devido a falência múltipla dos órgãos, aos 64 anos, morreu em casa, no Leme. Alcir lutava há oito anos contra um câncer de próstata.[1]

Durante o velório, o caixão foi coberto pelas bandeiras do Vasco da Gama e do Bonsucesso Futebol Clube, equipe na qual ele começou sua carreira como jogador, e da Imperatriz Leopoldinense, escola de samba carioca onde foi diretor de Harmonia por mais de 25 anos.

Referências

  1. a b «Alcir Portela ex-Vasco morre aos 64 anos no Rio de Janeiro». Estadão. Consultado em 28 de abril de 2014 
  2. «Morre o ex-jogador do Vasco Alcir Portelapublicado=UOL Esporte». Consultado em 28 de abril de 2014 
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.