Aleida Núñez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aleida Núñez
Nome completo Aleida Araceli Núñez Flores
Nascimento 4 de janeiro de 1981 (36 anos)
Lagos de Moreno, Jalisco, México
Nacionalidade Mexicana
Ocupação Atriz
Cantora
Modelo
Atividade 2000 - presente
Outros prêmios
Galardón de Honor de Las Estrellas, por sua atuação na telenovela El Bienamado (2017)
IMDb: (inglês)

Aleida Araceli Núñez Flores (Lagos de Moreno, Jalisco; 4 de janeiro de 1981) é uma atriz mexicana.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aleida inciou sua carreira no mundo artístico como a "Rainha da Beleza" em diversos certámenes regionais no México, durante sua adolescência. Em 1994 obteve o segundo lugar em Nuestra Belleza Guanajuato, concurso estadual que classifica para o nacional Nuestra Belleza México. Após esse fato ela iniciou sua carreira nos meios de comunicação, sendo apresentadora de distintos programas no canal 10 da cidade de León estado de Guanajuato. Também foi modelo, publicitária e de passarela, antes de ser atriz.

Aleida é formada em comunicacão pela Universidad del Bajío, em León, Guanajuato.

Em 1998 emigrou-se para a Cidade do México para iniciar curso de atuação pelo Centro de Educación Artística (CEA) da Televisa, do qual ela concluiu em 2000, e de imediato obteve seu primeiro papel importante como a filha de Angélica María na obra de comédia Mamá nos quita los novios", da qual realizou uma extensa turnê pelo país com Angélica María e Julio Alemán.

Participou mais adiante nas telenovelas Salomé, Entre el amor y el odio, Las vías del amor, Mariana de la noche, Contra viento y marea, La fea más bella e Destilando amor.

Outro âmbito em que ela demonstra suas qualidades, e com a apresentação de programas de televisão, foi apresentadora esporádica de programas como "Vida TV", e "Festival de Humor". Atualmente Aleida é apresentadora do programa "Viva la Mañana" no Canal 4 da Televisa.

Ao longo de sua carreira, ela também é cantora, trabalhando em projeto para um disco de música com uma banda, sob a produção de Toño Berumen, mas o material nunca foi lançado por problemas contratuais. Desde o princípio de 2007, ela fez apresentações em várias partes do México, com um gênero musical que vai desde baladas até pop.

Desde 2005 ela foi capa de algumas revistas mexicanas. Sua aparição na "revista FHM" (For Him Magazine México), em agosto de 2006, foi o exemplar mais vendido desta publicação naquele ano.[2]

Os seus papéis modestos de suas aparições televisivas, fez com ela se torna-se mais popular por sua vida amorosa e seu físico. Aleida manteve uma longa relação amorosa com o ator Juan Ferrara, e para ela foram atribuído romances com outras figuras do espetáculo. Desde o final de 2005, Aleida está em uma relação estável com uma pessoa fora do meio artístico.

No ano de 2008, Aleida atuou na telenovela Mañana es para siempre, um grande sucesso em vários países, nesta telenovela ela teve sua personagem 'Gardenia' a mais atuante na trama, atuando com os atores Alejandro Ruiz, Silvia Navarro e Fernando Colunga entre outros grandes atores.

Em 2010, interpretou 'Alfonsina' na telenovela Cuando me enamoro, atuando de novo ao lado de Silvia Navarro e Juan Soler.

Em 2012, participou da telenovela Un refugio para el amor interpretando 'Violeta/Coral', e atuando ao lado de Zuria Vega e Gabriel Soto.

Em 2014, interpretou 'Irma' na telenovela Hasta el fin del mundo atuando ao lado de Marjorie de Sousa e David Zepeda.

Em 2017, interpretou 'Gloriana' na telenovela El Bienamado atuando ao lado de Jesús Ochoa. Por esta atuação, ganhou um prêmio junto com Francisco Gattorno.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Séries[editar | editar código-fonte]

Episódio "Candida, esperanzada" (2008) - Dóris
Episódio "Elvira y Mercedes, Justicieras" (2010) - Mercedes

Programas[editar | editar código-fonte]

  • Viva la mañana (2005) - Condutora
  • Festival del Humor (2002-2003) - Condutora

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • ¿Por qué los hombres aman a las cabronas? (2016)
  • Hasta el fin del mundo cantaré (2014)

Referências

  1. Esmas.com. «Biografia de Aleida Núñez». Consultado em fevereiro de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. El universal. «Aleida fez fotos sensuais pela primeira vez para a revista masculina "H Extremo".» (em espanhol) 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]