Aleksandar Vučić

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aleksandar Vučić em 2017.
Vučić com Mike Pence, o vice presidente dos Estados Unidos, em julho de 2017.
Vučić se encontrando com o presidente russo Vladimir Putin, em Moscou.

Aleksandar Vučić (em sérvio cirílico: Александар Вучић, pronounciado [aleksǎːndar ʋǔtʃitɕ], nascido em 5 de março de 1970, em Belgrado) é um político sérvio, filiado ao Partido Progressista, que serve como Presidente da Sérvia desde 31 de maio de 2017.[1]

Vučić também serviu como primeiro-ministro de 2014 até 2017. Ele ainda foi Ministro da Informação, de 1998 a 2000, e Ministro da Defesa, de 2012 a 2013. Também foi vice primeiro-ministro, de 2012 a 2014.[1]

Em abril de 2017, Vučić ele venceu as eleições presidências no primeiro turno, com 55% dos votos. Ele assumiu a presidência em maio, sucedendo Tomislav Nikolić. Sua cerimônia de empossamento aconteceu em 23 de junho de 2017.[2]

Como candidato a presidência, Aleksandar Vučić prometeu uma política de austeridade e corte de gastos para conter o déficit público.[3] Seus críticos dizem que ele falhou nisso e a qualidade de vida do povo piorou. Ainda assim, o PIB sérvio cresceu 3% em 2017, uma das melhores marcas dos últimos anos.[4] Sua posição com relação a crise migratória na Europa de 2015-16 foi ambígua. Indo de encontro a outros políticos de direita, ele apoiou a posição de Angela Merkel com relação aos refugiados, mas afirmou que seu país não seria um "estacionamento" para os imigrantes, afirmando também que eles seriam tratados de forma humanitária.[5] No âmbito externo, Vučić disse que queria manter uma política de neutralidade, cultivando boas relações com a OTAN e com a Rússia.[6]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]