Alexander Sumarokov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Alexander Sumarokov
Retrato de Sumarokov por Fyodor Rokotov, 1762
Nascimento 14 de novembro de 1717
Lappeenranta
Morte 1 de outubro de 1777 (59 anos)
Moscou
Sepultamento Cemitério Donskoe
Cidadania Império Russo
Progenitores
  • Peter Pankratevich Sumarokov
Filho(s) Ekaterina Kniazhnina
Alma mater
  • Primeiro Corpo de Cadetes
Ocupação dramaturgo, poeta, libretista, escritor, crítico literário, satirico, imitador
Prêmios
Movimento estético classicismo

Alexander Petrovich Soumarokov (russo: Александр Петрович Сумароков; Lappeenranta, 25 de novembro de 1717 - Moscou, 12 de outubro de 1777), foi um poeta neoclássico,[1],dramaturgo e fabulista russo. Ele criou o teatro clássico no Império Russo e co-iniciou o reinado do classicismo na literatura russa com Mikhail Lomonosov.[2][3]

Sumarokov dirigiu o primeiro teatro permanente em São Petersburgo (1756-61) e foi o autor de comédias e nove tragédias, incluindo uma adaptação em 1748 de Hamlet de Shakespeare.[1] Com influências do drama neoclássico da França, Sumarokov transplantou as convenções do teatro francês para dramas que lidavam com a história russa, fazendo-o ganhar o epítoto de "Racine do Norte".[1] Suas tragédias geralmente tinham finais felizes e retratavam conflitos entre amor e obrigação, enquanto suas comédias eram sátiras contra a ignorância e o provincianismo. Suas peças caíram em popularidade; no entanto, sua poesia lírica ainda é lida.[1]

Apesar de ser um nobre aristocrata em pleno século XVIII, Sumarokov levava as responsabilidades da nobreza a sério, tendo publicado um jornal, Trudolyubivaya pchela (1759; "A Abelha Industriosa"). Nele, Sumarokov expôs funcionários corruptos e os abusos da servidão. Quando perdeu o favor de Catarina II, se aposentou em Moscou, e morreu pobre aos 59 anos de idade.[1]

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e "Aleksandr Petrovich Sumarokov". Encyclopædia Britannica. Consultado em 26/03/2021.
  2. Meyerhold, Vsevolod (2001). Ecrits sur le théâtre (em francês). [S.l.]: L'AGE D'HOMME 
  3. Liechtenhan, Francine-Dominique (17 de outubro de 2007). Elisabeth Ire de Russie: L'autre impératrice (em francês). [S.l.]: Fayard 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Alexander Sumarokov
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.