Alexandra Pavlovna Shuvalova

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox warning pn.svg
Este artigo foi proposto para eliminação semirrápida por um ou mais editores. A(s) justificativas apresentada(s) para eliminação foram:

Por favor, melhore o artigo se possível e procure enquadrá-lo dentro das regras do projeto.
Caso não haja oposição à eliminação desta página, ela será suprimida a partir de 19 de agosto. Para mais informações, veja Política de eliminação e Eliminação semirrápida.


Encontre referências para o artigo: Google (notícias, livros e acadêmico)


Usuário: Se esta página possui arquivos de mídia que não são utilizáveis em outras páginas, adicione uma nota em WP:PER, para que um administrador lusófono do Wikimedia Commons verifique se ela se encontra no escopo do projeto.

Aviso ao criador: Os principais editores da página podem ser avisados (recomendável) e seu criador (se registrado) deve ser notificado com
{{subst:Aviso-ESR|1=Alexandra Pavlovna Shuvalova}} ~~~~
Aviso ao criador com nota de boas-vindas:
{{subst:Av-bv-ESR|1=Alexandra Pavlovna Shuvalova|2=~~~~}}

Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Alexandra Pavlovna
Condessa Shuvalova

Princesa Viazemskaya, Condessa Fersen

Alexandra Pavlovna
Marido Dmitri Leonidovich Viazemsky(de 1912 até 1917)

Alexandre Nikolaevich fersen (de 1920 até 1934 )

Descendência Leonid Dmitrievich Viazemsky
Alexandra Dmitrievna Viazemskaya
Maria Alexandrovna Fersen
Casa Shuvalov (por nascimento)
Viazemsky (por casamento)
Fersen (por casamento)
Nome completo
Alexandra Pavlovna
Nascimento 7 de outubro de 1893
  Vartemyaki,São Petersburgo ,Rússia
Morte 7 de fevereiro de 1973 (79 anos)
  Itália
1973
Pai Paulo Pavlovich Shuvalov (1859-1905)
Mãe Alexandra Illarionovna Shuvalova(1869-195)


Condessa Alexandra Pavlovna Shuvalova(1893-1973) foi a segunda filha da Condessa Alexandra Illarionovna Shuvalova (1869-1959),nascida condessa Vorontsova-Dashkova e do Conde Paulo Pavlovich Shuvalov (1859-1905) tendo como avós maternos o Conde Illarion Ivanovich Vorontsov-Dashkov (1837-1916) e a Condessa Elizabeth Andreevna Vorontsova-Dashkova (1845-1924), nascida Shuvalova e como avós paternos o Conde Paulo Andreyevich Shuvalov (1830-1908) e a Condessa Olga Esperovna Shuvalova (1838-1869), nascida princesa Beloselskaya-Belozerskaya. Em 1912 casou-se pela primeira vez com o Príncipe Leonid Dmitrievich Viazemsky ,filho do Príncipe Leonid Dmitrievich Viazemsky e da Condessa Maria Vladimirovna Viazemskaya, nascida Levashova e em 1920 casou pela segunda vez com o Conde Alexandre Nikolaevich Fersen, filho do Conde Nicolau Pavlovich Fersen e da Condessa Sofia Alexandrovna Fersen.

Família e infância[editar | editar código-fonte]

A mansão dos pais de Alexandra em Moscou

Alexandra nasceu em 07 de Outubro de 1893 na propriedade Vartemyaki da família Shuvalov, sendo a sexta criança do Conde Paulo Pavlovich Shuvalov e da Condessa Alexandra Illarionovna Shuvalova, nascida Condessa Vorontsova-Dashkova. Alexandra era a segunda filha de seus pais e tinha 5 irmãos mais velhos e 2 irmãos mais novos. O pai de Alexandra pertencia a uma das famílias mais antigas e de prestígio do Império Russo ao passo que a família de sua mãe era uma das maiores proprietárias de terras da Rússia ,além de ser íntima da família imperial. Durante a infância Alexandra junto com sua família moraram em Odessa e Moscou, uma vez que seu pai foi prefeito das duas cidades e foi ajudante de campo do Grão Duque Sergei Alexandrovich. Alexandra e seus irmãos cresceram com uma boa educação devido a condição de seus pais e Alexandra falava russo, inglês, francês e alemão. Para Alexandra e seus irmãos o dia começava às 7:30 da manhã (independente de que que horas tinham ido dormir na dia anterior), passavam a manhã nos exercícios, ao londo dia eles praticavam esporte equestre. Quando tinha 12 anos ,a família de Alexandra se mudou de Odessa para Moscou para que seu pai assumisse o cargo de prefeito da cidade, tragicamente seu pai foi vítima da onda de violência revolucionário de 1905 e acabou sendo assassinado a tiros por um revolucionário enquanto atendia a uma recepção para receber petições da população. Após a morte de seu pai Alexandra e os irmãos foram criados sozinhos por sua mãe , que além de se dedicar aos filhos dedicava-se a trabalhos de caridade.

Primeiro casamento[editar | editar código-fonte]

Alexandra Pavlovna e Dmitri Leonidovich com a filha, Alexandra na propriedade da família, Aspen Grove

Em 1912 com 19 anos Alexandra Pavlovna se casou com o Príncipe Dmitri Leonidovich Viazemsky, segundo filho do Príncipe Leonid Dmitrievich Viazemsky e da Condessa Maria Vladimirovna Levashova. Após o casamento Alexandra continuou com a companhia de alguns membros da família uma vez que os 2 irmãos de seu esposo também contraíram matrimônio nesse mesmo ano com 2 primas de Alexandra, as Condessas Sofia Ivanovna Vorontsova-Dashkova e Elizabeth Dmitrievna Sheremeteva .Os Viazemsnky possuíam uma bela propriedade campestre chamada Lotareva onde a família costumava se reunir. Alexandra e Dmitri tiveram 2 filhos .

Guerra e Viúvez[editar | editar código-fonte]

Alexandra Pavlovna visitando Dmitri Leonidovich na frente de batalha durante a Primeira Guerra Mundial.

Com a eclosão da Primeira Guerra Mundial em 1914,o marido de Alexandra organizou fundos pessoais para dirigir um hospital sanitário na frente de batalha. Durante esse período Alexandra costumava visitar seu marido na frente de batalha. Em fevereiro de 1917, Dmitri estava em Petrogrado e pretendia tranquilizar o regimento rebelde Pavlovsky, mas ao longo do caminho seu carro foi alvejado por tiros que o atingiram gravemente , o príncipe perdeu muito sangue e morreu em 2 de março de 1917. Alexandra Pavlovna também perdeu 2 irmãos em decorrência da guerra e da revolução. Alexandra se tornou viúva pela primeira vez com dois filhos nas mãos.

Vida no exílio[editar | editar código-fonte]

O segundo marido de Alexandra , Conde Alexandre Nikolaevich Fersen

Com a revolução Alexandra e sua parentes estavam reunidos em Yalta na Criméia quando conseguiram fugir da Rússia em 1919 a bordo de um navio britânico com a ajuda da Imperatriz Viúva Maria Feodorovna que se recusou a partir sem seus parentes e amigos. No exílio a mãe de Alexandra assim como vários russos foram viver na França, outros parentes foram para a Inglaterra e outros, assim como Alexandra Pavlovna foram para Itália. Na Itália ,Alexandra foi viver em Roma e em 1920 se casou pela segunda vez com o Conde Alexandre Nikolaevich Fersen filho do Conde Nicolau Pavlovich Fersen e da Condessa Sofia Alexandrovna Fersen, ficando viúva novamente em 1934 após Alexandre Nikolaevich morrer de tuberculose. A morte de seu segundo marido teve um impacto muito grande em Alexandra , que passou a temer que alguns de seus filhos também contraíssem tuberculose. Em 1935 Alexandra seguindo o conselho de um cunhado mudou-se para a pequena vila de Suisi no sul de Tirol, no norte da Itália convencida de que o ar das montanhas iria fazer bem para a saúde dos filhos. Alexandra Pavlovna se apaixonou pela beleza da natureza em Tirol e jamais se mudou de lá. Alexandra sempre fez questão de lembrar as filhas de que quando as perguntassem qual a sua nacionalidade elas deveriam respodner, " russa branca " uma vez que os soviéticos eram os russos vermelhos. Alexandra Pavlovna morreu em 07 de Fevereiro de 1973 em Tirol na Itália.

Alexandra Pavlovna com seus filhos ,Leonid e Alexandra no exílio.
Alexandra Pavlovna Shuvalova com Sofia Ivanovna Vorontsova-Dashkova.jpg

 Descendência[editar | editar código-fonte]

  • Príncipe Leonid Dmitrievich Viazemsky (1913-1968).
  • Princesa Alexandra Dmitrievna Viazemskaya (20 de Maio de 1915-1992), casou-se com Pierre Marcel Donzeau (1896-1976), com descendência.
  • Maria Alexandrovna Fersen.