Alexandre Lindenmeyer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alexandre Lindenmeyer
Prefeito de Rio Grande
Período 1 de janeiro de 2013
até a atualidade
Vice-prefeito Eduardo Lawson (2013 — 2016)
Renatinho (2017 — presente)
Antecessor Fábio de Oliveira Branco
Deputado Estadual do Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul
Período 31 de janeiro de 2011
a 1 de janeiro de 2013
Vereador de Rio Grande
Período 1 de janeiro de 2009
a 24 de janeiro de 2011
Dados pessoais
Nome completo Alexandre Duarte Lindenmeyer
Nascimento 23 de dezembro de 1963 (54 anos)
Rio Grande, RS, Brasil
Nacionalidade brasileira
Esposa Eunice Lannes Lindenmeyer
Partido PT
Religião Católico Romano[1]
Profissão Político
Advogado
Website Alexandre Lindenmeyer

Alexandre Duarte Lindenmeyer (Rio Grande, 23 de dezembro de 1963) é um político e advogado brasileiro, desde 2013, prefeito da cidade do Rio Grande, no litoral lagunar do Rio Grande do Sul[2]. Foi presidente do Sport Club Rio Grande.

É bacharel em Direito, formado pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG).

Em 2008, elegeu-se vereador em Rio Grande com 6.927 votos. Em 2010, foi eleito deputado estadual pelo Partido dos Trabalhadores com 38.740 votos[3], cargo para o qual tomou posse em 31 de janeiro de 2011, e em razão do qual renunciou ao de vereador dias antes[4][5].

Em 7 de outubro de 2012, foi eleito prefeito de Rio Grande, ao lado de Eduardo Lawson, seu vice-prefeito, com 59.543 votos, representando 51,05% dos votos válidos, derrotando o ex-prefeito Fábio Branco, que recebeu 49.919 votos (42,80%)[6].

Nas eleições municipais de 2016, dessa vez tendo Paulo Renato Gomes, o Renatinho, como vice, foi reeleito com pouco mais de 58 mil votos, 52,19% dos votos válidos, seguido por Thiaguinho, do PMDB, que recebeu 24.051 votos (21,60%)[7].

Referências

  1. [1]
  2. «Alexandre Lindenmeyer assume a Prefeitura de Rio Grande». Jornal Agora. 1 de janeiro de 2013. Consultado em 30 de julho de 2016 
  3. Jornal Agora de 4 out. 2010
  4. Fernandes, Tatiane (24 de janeiro de 2011). «Lindenmeyer deixa a Câmara para assumir cadeira na Assembleia». Jornal Agora. Consultado em 27 de julho de 2016 
  5. «Sessão solene dá posse aos novos deputados estaduais». Jornal Agora. 31 de janeiro de 2011. Consultado em 27 de julho de 2016 
  6. Jornal Agora de 7 out. 2012 Acesso em 09 out. 2012
  7. Kairalla, Bruno (2 de outubro de 2016). «Com mais de 58 mil votos, Alexandre Lindenmeyer é reeleito». Jornal Agora. Consultado em 3 de outubro de 2016 


Precedido por
Fábio de Oliveira Branco
Prefeito de Rio Grande
2013 — 2016
Sucedido por


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.