Alexandre Song

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alexandre Song
Alexandre Song
Alexandre Song em 2012
Informações pessoais
Nome completo Alexandre Dimitri Song Billong
Data de nasc. 9 de setembro de 1987 (30 anos)
Local de nasc. Douala, Camarões
Nacionalidade camaronesa
Altura 1,84 m[1]
Destro
Apelido Alex
Informações profissionais
Clube atual Rússia Rubin Kazan
Número 8
Posição Volante
Clubes de juventude
2001–2004 França Bastia
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2004–2006
2006–2012
2005–2006
2012–2016
2014–2016
2016–
França Bastia
Inglaterra Arsenal
Inglaterra Charlton Athletic (emp.)
Espanha Barcelona
Inglaterra West Ham (emp.)
Rússia Rubin Kazan
0035 0000(0)
0204 000(10)
0012 0000(0)
0065 0000(1)
0046 0000(0)
0023 0000(1)
Seleção nacional3
2002–2003
2003–2004
2008
2005–2014
Bandeira da França França Sub-16
Flag of Cameroon.svg Camarões Sub-17
Flag of Cameroon.svg Camarões Sub-23
Flag of Cameroon.svg Camarões
0006 0000(0)
0003 0000(0)
0003 0000(0)
0049 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 5 de março de 2015.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 18 de junho de 2014.

Alexandre Dimitri Song Billong, mais conhecido como Alex Song (Douala, 9 de setembro de 1987) é um futebolista camaronês que atua como volante. Defende atualmente o Rubin Kazan.

É primo de Rigobert Song, outro futebolista camaronês (embora Alex se refira a ele como tio).[onde?] Uma curiosidade,é que Alex utiliza um tipo de óculos especiais durante as partidas devido a um problema em sua visão.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Bastia[editar | editar código-fonte]

Song foi integrado às categorias de base do Bastia na temporada 2003-04, e na temporada seguinte chegou à equipe principal. Durante sua estadia em Bastia, ele atraiu a atenção de grandes clubes europeus, como Inter, Manchester United, Lyon, e Middlesbrough.Song ganhou o premio de melhor revelação da liga inglesa em 2007.

No entanto, quem acabou vencendo a disputa foi o Arsenal, após Song impressionar o treinador Arsène Wenger durante a pré-temporada do clube londrino na Áustria, e o camaronês acertou com o clube durante uma temporada, por empréstimo.

Arsenal[editar | editar código-fonte]

Após a temporada 2005-06, a primeira de Song no Arsenal, por empréstimo, o clube londrino concordou em pagar uma taxa de £1 milhão para adquirir o jogador em definitivo. Sendo assim, em junho de 2006, Song assinou um contrato de quatro anos com o clube.

Fez sua estreia na Premier League durante a vitória do Arsenal por 2-0 sobre o Everton, em 19 de setembro de 2005, entrando como substituto durante a partida. Jogou também pela Champions League, quando os titulares estavam sendo poupados.

Marcou seu primeiro gol pelo Arsenal na incrível vitória por 6-3 contra o Liverpool, pela Carling Cup, em 9 de janeiro de 2007.

Charlton Athletic[editar | editar código-fonte]

Após as boas partidas pelo Arsenal, foi confirmado que havia um interesse do modesto Charlton Athletic e, em 30 de janeiro de 2007, Song assinou com o clube até o final da temporada 2006-07, por empréstimo. Apesar de ter tido boas atuações, o Charlton acabou rebaixado, e o camaronês retornou para o Emirates Stadium.

Retorno ao Arsenal[editar | editar código-fonte]

Durante a temporada 2007-08, Song começou como titular em algumas partidas da Carling Cup, mas não atuou nas semifinais, onde o Arsenal foi eliminado pelo maior rival, o Tottenham Hotspur, pois estava atuando por Camarões na Copa Africana de Nações daquele ano. Ele também atuou como zagueiro pela Premier League, numa visita do Arsenal a Old Trafford, para atuar contra o Manchester United, enquanto o titular da posição, Kolo Touré, preenchia a vaga de Bacary Sagna na lateral-direita.

Durante a temporada 2008-09, após a saída do brasileiro Gilberto Silva, Song deixou de ser zagueiro e foi aos poucos assumindo o posto de volante. Nesta posição, se tornou titular da equipe do Arsenal, sendo destaque com boas atuações. Ele marcou na vitória do Arsenal por 5-2 sobre o Fenerbahçe, no Şükrü Saracoğlu, pela Champions League.

Na temporada 2009-10, assumiu de vez o posto de titular, atuando nas doze primeiras partidas do Arsenal na Premier League. Ele foi eleito o terceiro melhor jogador da equipe em seu site oficial, na eleição do mês de outubro, ficando atrás de Cesc Fàbregas e Robin van Persie.

Barcelona[editar | editar código-fonte]

No dia 18 de agosto de 2012, o Barcelona o contrata por 19 de milhões de euros, por cinco temporadas.[2][3]

West Ham[editar | editar código-fonte]

Em 30 de agosto de 2014 foi cedido por empréstimo de uma temporada ao West Ham United.[4] Em 1 de setembro de 2015 foi novamente emprestado por mais uma temporada.[5] Em junho de 2016 o clube anunciou que não renovará o empréstimo.[6]

Rubin Kazan[editar | editar código-fonte]

Foi contratado em 1 de agosto de 2016 pelo Rubin Kazan[7] após rescisão contratual com o Barcelona.[8]

Seleção Camaronesa[editar | editar código-fonte]

Song chegou a defender a seleção francesa nas categorias de base, porém, quando se tornou profissional, optou pela seleção de seu país natal.

Por Camarões, atuou na Copa Africana de Nações de 2008 e nas Olimpíadas 2008. Na Copa Africana, Song foi nomeado o melhor jogador do torneio, ao lado de seu compatriota Geremi Njitap.

Em Copas do Mundo esteve presente nas edições de 2010 e 2014. Em janeiro de 2015 anunciou sua aposentadoria da Seleção.[9]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Barcelona

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Perfil em PremierLeague.com
  2. «Por € 19 milhões, Barcelona contrata Song, do Arsenal». trivela.uol.com.br. 18 de agosto de 2012 
  3. «Barcelona anuncia Alex Song, do Arsenal, por cerca de R$ 47 milhões». globoesporte.globo.com. 18 de agosto de 2012 
  4. «Song, cedido al West Ham» (em espanhol). Sítio oficial FC Barcelona. 30 de agosto de 2014 
  5. «Song completes West Ham return» (em inglês). Sítio oficial West Ham United FC. 1 de setembro de 2015 
  6. «El West Ham devuelve Alex Song al Barça» (em espanhol). Sport.es. 5 de junho de 2016 
  7. ««Рубин» подписал контракт с Алексом Сонгом» (em russo). Sítio oficial Rubin Kazan. 1 de agosto de 2016 
  8. «Acuerdo de rescisión con Alex Song» (em espanhol). Sítio oficial FC Barcelona. 1 de agosto de 2016 
  9. «West Ham's Alex Song decides he will no longer play for Cameroon» (em inglês). The Guardian. 6 de janeiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]