Alfie (2004)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alfie
Alfie e as Mulheres (PT)
Alfie - O Sedutor (BR)
 Reino Unido  Estados Unidos
2004 •  cor •  103 min 
Direção Charles Shyer
Produção Elaine Pope
Charles Shyer
Roteiro Elaine Pope
Charles Shyer
Bill Naughton (peça)
Elenco Jude Law
Marisa Tomei
Susan Sarandon
Gênero comédia dramática
comédia romântica
Música Mick Jagger
Dave Stewart
John Powell
Cinematografia Ashley Rowe
Edição Padraic McKinley
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento Reino Unido 22 de outubro de 2004
Brasil 29 de outubro de 2004
Estados Unidos 5 de novembro de 2004
Portugal 23 de dezembro de 2004
Idioma inglês
Orçamento US$ 60 milhões
Receita US$ 35,150,546
Página no IMDb (em inglês)

Alfie (Alfie - O Sedutor BRA ou Alfie e as Mulheres POR) é um filme americano produzido em 2004 e estrelado por Jude Law como protagonista. O filme foi escrito, dirigido e produzido por Charles Shyer, sendo uma refilmagem do filme Como Conquistar as Mulheres, de 1966.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em Nova York, o inglês Alfie (Jude Law) é um homem carismático e conquistador que vive pulando de cama em cama, tendo diversas aventuras amorosas. Charmoso e elegante, ele possui um vasto número de conquistas em sua vida amorosa, até o dia em que uma das mulheres com quem se relaciona afirma estar grávida, o que o leva a enfrentar dilemas morais sobre a vida que esta levando.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Locações do filme[editar | editar código-fonte]

Lançamento e recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Alfie foi um fracasso de bilheteria, arrecadando um total $35.15 milhões de dólares mundialmente, um pouco mais da metade de seu orçamento de $60 milhões de dólares. O filme estreou no dia 5 de novembro de 2004 nos Estados Unidos e conseguiu uma bilheteria de $2,206,738 no primeiro dia.[1] Naquela semana, o filme ficou em quinto lugar em bilheteria com uma arrecadação de $6,218,335, ficando atras dos filmes Os Incriveis, Ray, O Grito e Jogos Mortais.[2] O filme viria a arrecadar meros $13,399,812 nos Estados Unidos e $21,750,734 internacionalmente, fazendo um total de $35,150,546 milhões de dólares.[3]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu opiniões opostas. Baseado nas 147 análises coletadas no site Rotten Tomatoes, 50% dos críticos deram a Alfie uma análise positiva, como uma pontuação média de 5.6/10.[4]

A revista Rolling Stone deu ao filme duas estrelas de cinco.[5]

Todd McCarthy da revista Variety descreveu o filme como "um vendaval sexy com consciência, que reflete de maneira obvia e interessante as mudanças sociais no intervalo de 38 anos."[6]

O crítico Roger Ebert foi bondoso com sua análise do filme, louvando a atuação de Jude Law e dizendo que "em seus próprios termos é as vezes engraçado e finalmente triste e doce."[7]

Referências

  1. http://www.boxofficemojo.com/movies/?page=daily&id=alfie.htm
  2. http://www.boxofficemojo.com/weekend/chart/?yr=2004&wknd=45&p=.htm
  3. http://www.boxofficemojo.com/movies/?id=alfie.htm
  4. «Alfie (2004)». Rotten Tomatoes. Consultado em 11 de julho de 2010.. Cópia arquivada em 4 de agosto de 2010  |deadurl= e |urlmorta= redundantes (ajuda)
  5. «Alfie : Review : Rolling Stone». Consultado em 18 de fevereiro de 2013.. Arquivado do original em 8 de maio de 2009 
  6. McCarthy, Todd (21 de outubro de 2004). «Alfie review». Variety. Reed Business Information. Consultado em 11 de julho de 2010.. Cópia arquivada em 27 de julho de 2010 
  7. Ebert, Roger (5 de novembro de 2004). «Alfie review». Chicago Sun-Times. Consultado em 11 de julho de 2010.. Cópia arquivada em 11 de julho de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal.svg A Wikipédia possui o
Portal Cinema