Alfredo Foni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alfredo Foni
Informações pessoais
Nome completo Alfredo Foni
Data de nasc. 20 de janeiro de 1911
Local de nasc. Údine, Itália
Falecido em 28 de janeiro de 1985 (74 anos)
Local da morte Lugano, Suíça
Informações profissionais
Posição Atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1927-1929
1929-1931
1931-1934
1934-1947
Flag of Italy (1861-1946).svg Udinese
Flag of Italy (1861-1946).svg Lazio
Flag of Italy (1861-1946).svg Padova
Flag of Italy (1861-1946).svg Itália Juventus
Seleção nacional
1936-1942 Flag of Italy (1861-1946).svg Itália 23 (0)
Times que treinou
1947-1948
1948-1949
1950-1951
1953-1954
1954-1958
1960-1961
1961
1964-1967
1968-1969
1970-1971
1972-1973
1974-1975
1976-1977
Itália Venezia
Itália Chiasso
Itália Sampdoria
Itália Internazionale
Flag of Italy.svg Itália
Itália Roma
Itália Chiasso
Flag of Switzerland.svg Suíça
Itália Internazionale
Suíça Bellinzona
Itália Mantova
Suíça Lugano
Suíça Lugano
{{{treinadorjogos}}}
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Berlim 1936 Equipe

Alfredo Foni (Údine, 20 de janeiro de 1911  — Lugano, 28 de janeiro de 1985) foi um futebolista e treinador italiano.

Começou a carreira no time de sua cidade natal, a Udinese. Em 1934, foi contratado pela Juventus, onde fez eficiente dupla de zaga com Pietro Rava,[1] o que ajudou a render um bicampeonato italiano em 1935 e 1936, fazendo com que ambos compusessem a zaga titular da Seleção Italiana nas Olimpíadas de 1936.[1]

Atuações convincentes na conquista do ouro olímpico fizeram com que a dupla fosse utilizada também na seleção principal,[1] com a qual foram também titulares e campeões na Copa do Mundo FIFA de 1938.

Após deixar os gramados, iniciou carreira de treinador, fazendo sucesso na Internazionale (duas vezes campeão italiano), Roma (campeão da Copa das Feiras de 1961, primeiro título continental de um time italiano) e no futebol suíço, chegando a treinar a Seleção Suíça na Copa do Mundo FIFA de 1966, desbancando nas eliminatórias a Irlanda do Norte de George Best.

Foni, que também treinou, por quatro anos, a Seleção Italiana (fracassou em classificá-la para a Copa do Mundo de 1958), viveu no país vizinho até falecer, em 1985.

Referências

  1. a b c "Os campeões", Max Gehringer, Especial Placar: A Saga da Jules Rimet fascículo 3 - 1938 França, novembro de 2005, Editora Abril, págs. 42-43

Ligações externas[editar | editar código-fonte]