Alfredo Murphy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde dezembro de 2015). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.
Alfredo Murphy
Nascimento 2 de maio de 1929
Corupá,  Santa Catarina,  Brasil
Morte 11 de outubro de 1993 (64 anos)
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro,  Brasil
Ocupação ator
IMDb: (inglês)

Alfredo Mutschaewski (Corupá, 2 de maio de 1929Rio de Janeiro, 11 de outubro de 1993), artisticamente conhecido por Alfredo Murphy, foi um ator brasileiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Descendente de russos e poloneses, Murphy estreou como ator de cinema em 1962, em O Quinto Poder. Participou, também, de Manaus, Glória de Uma Época (1963), Os Selvagens (1964, não creditado), O Tropeiro (também de 1964), Morte Para um Covarde (também de 1964), Aventuras com Tio Maneco (1971), Tô na Tua, Ô Bicho (também de 1971) e O Coronel e o Lobisomem (1978).

Na televisão, destacou-se interpretando o mau-caráter Sandoval na novela Pecado Capital, de 1975[1]. Foi ele quem ordenou a morte do protagonista Carlão (Francisco Cuoco), inclusive chamando o capanga de "idiota" e diz para fugirem do local.

Especializado em interpretar personagens maus, o ator participou também de Duas Vidas (1976), O Pulo do Gato (1978), Terras do Sem-Fim (1981), Paraíso (1982), Grande Sertão: Veredas (1985), A Gata Comeu (1985), Selva de Pedra (1986), O Outro (1987), Carmem (também de 1987), Bebê a Bordo (1988), Abolição,[2] (também de 1988) e Pacto de Sangue (1989). Atuou, ainda, no episódio "Jorge, um Brasileiro", do Caso Especial (1978), e em "Operação Dengoso", no Caso Verdade (1983)

Atuou também no humorístico Escolinha do Professor Raimundo, no papel de 2 personagens: Don Corleone (um funcionário da escola) e Estalta, o padrasto do Seu Boneco (Lug de Paula). Seu último trabalho foi em Deus Nos Acuda, vivendo o personagem Coriolano.

Murphy veio a falecer em 11 de outubro de 1993, no hospital São Lucas, em Copacabana, vítima de um câncer no estômago.

Cronologia[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

  • O Coronel e o Lobisomem (1978)
  • Tô na Tua, Ô Bicho (também de 1971) .... Bernardo (creditado como Alfredo Murfe)
  • Aventuras com Tio Maneco (1971) .... Bandido
  • Morte Para um Covarde (também de 1964)
  • O Tropeiro (também de 1964)
  • Os Selvagens (1964, não creditado)
  • Manaus, Glória de Uma Época (1963)
  • O Quinto Poder (1962)

Na televisão[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Pecado Capital - trama principal -<Memória Globo>Acesso em 4 de dezembro de 2015.
  2. Abolição -<Memória Globo>Acesso em 4 de dezembro de 2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.