União das Freguesias de Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada/Dafundo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
 Portugal Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada - Dafundo  
—  Freguesia  —
Localização no concelho de Oeiras
Localização no concelho de Oeiras
Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada - Dafundo está localizado em: Portugal Continental
Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada - Dafundo
Localização de Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada - Dafundo em Portugal
Coordenadas 38° 42' 0.5" N 9° 13' 53" O
País  Portugal
Concelho OER.png Oeiras
Fundação 28 de janeiro de 2013
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Carlos Jorge Santos de Sales Moreira (Independente)
Área
 - Total 7,18 km²
População (2011)
 - Total 48 665
    • Densidade 6 777,9 hab./km²
Sítio http://www.uniao-alcd.pt/

Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada - Dafundo (oficialmente, União de Freguesias de Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada - Dafundo[1]) é uma freguesia portuguesa do concelho de Oeiras, com 7,18 km² de área[2] e 48 665 habitantes (2011[3]).
Esta divisão administrativa do município de Oeiras compõem-se em torno do Alto de Algés. Integra o Parque do Jamor a oeste e noroeste, onde se delimita por Oeiras e S. Julião da Barra, Paço de Arcos e Caxias; a norte por Carnaxide e Queijas; a leste por Belém (no concelho de Lisboa, desfrutando da proximidade com o Parque de Monsanto); e a sul pelo Estuário do Tejo.

História[editar | editar código-fonte]

Esta freguesia foi criada aquando da reorganização administrativa de 2012/2013,[1] resultando da agregação das antigas freguesias de Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada - Dafundo.

Freguesia atual Freguesias antigas
Brasão Freguesia População Área
(km²)
Brasão Freguesia População[4]
(2011)
Área
(km²)[5]
Coats of arms of None.svg
União das Freguesias de Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada - Dafundo 48 665 7,18
OER-alges.png
Algés 22 273 1,92
OER-lindavelha.png
Linda-a-Velha 19 999 2,32
OER-cruzquebradadafundo.png
Cruz Quebrada - Dafundo 6 393 3,00

Geografia[editar | editar código-fonte]

Topografia[editar | editar código-fonte]

Cruz Quebrada, Linda-a-Velha, Dafundo, Algés e Miraflores são localidades integradas nesta divisão administrativa.

Parques e Jardins[editar | editar código-fonte]

  • Parque Urbano do Jamor
  • Jardim das Tílias
  • Parque Santa Catarina
  • Jardim de Algés
  • Parque dos Anjos
  • Parque Urbano de Miraflores
  • Jardim dos Plátanos

Arquitetura[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Galerias[editar | editar código-fonte]

Festivais[editar | editar código-fonte]

Desporto[editar | editar código-fonte]

  • Centro Desportivo Nacional do Jamor
  • Federação Portuguesa de Golfe
  • Federação Portuguesa de Natação
  • Federação Portuguesa de Atletismo
  • Federação Portuguesa de Tiro com Arco
  • Federação Portuguesa de Tiro com Armas de Caça

Referências

  1. a b Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 17/06/2016.
  2. Instituto Geográfico Português (2015). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2015» (XLS-ZIP). Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2015. Direção-Geral do Território. Consultado em 17 de junho de 2016 
  3. Valor obtido somando a população das antigas freguesias que lhe deram origem.
  4. INE (2012). «Quadros de apuramento por freguesia» (XLS-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial. Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 17 de junho de 2016 
  5. IGP (2012). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2015» (XLS-ZIP). Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2015. Instituto Geográfico Português. Consultado em 17 de junho de 2016