Aliança pelo Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aliança pelo Brasil
Aliança Pelo Brasil.jpg
Fundação 12 de novembro de 2019 (0 mês)
Sede Brasília, DF
Ideologia conservadorismo[1]
nacionalismo brasileiro[1]
liberalismo econômico[1]
bolsonarismo[2]
Espectro político extrema-direita[2]
Página oficial
www.aliancapelobrasil.com.br
Política do Brasil

Partidos políticos

Eleições

Aliança pelo Brasil (APB) é uma organização política brasileira que pretende se transformar em partido político. Foi anunciada por Jair Bolsonaro, em 12 de novembro de 2019, durante o exercício do mandato de presidente do Brasil, ao declarar a sua saída do Partido Social Liberal (PSL), gerando uma cisão nesse partido.[3][4][5][6][7] A organização tenta o registro de partido político no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a partir da coleta de assinaturas digitais de apoiadores e de alterações nas regras para que esse tipo de procedimento seja possível.[8]

O estatuto, com a formalização dos princípios e valores, juntamente com o detalhamento da estrutura organizacional, foi divulgado em 26 de novembro de 2019.[9] Tem sido identificado, pela maioria dos observadores e analistas políticos, como sendo de extrema-direita e ultranacionalista,[2][10][11] embora alguns de seus membros vejam a Aliança pelo Brasil como apenas um movimento conservador tradicional de direita.[12] Nas palavras de seu fundador, trata-se de um projeto de "partido conservador, que respeita todas as religiões, dá crédito aos valores familiares, defende a legítima defesa, defende a posse e o porte de arma com requisitos, o livre comércio com todo mundo, sem o viés ideológico".[13][14]

Referências

  1. a b c «Novo partido se apresenta como 'sonho de pessoas leais a Bolsonaro'». O Estado de S. Paulo. 12 de novembro de 2019. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  2. a b c «Bolsonaro anuncia saída do PSL e seus planos de fundar sigla Aliança pelo Brasil». El País. 12 de novembro de 2019. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  3. «Bolsonaro anuncia saída do PSL e confirma novo partido: Aliança pelo Brasil». UOL. 12 de novembro de 2019. Consultado em 12 de novembro de 2019 
  4. «Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação do Aliança pelo Brasil». R7. 12 de novembro de 2019. Consultado em 12 de novembro de 2019 
  5. «Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação de novo partido». G1. 12 de novembro de 2019. Consultado em 12 de novembro de 2019 
  6. «Entenda o racha entre Jair Bolsonaro e o PSL». G1. 18 de outubro de 2019. Consultado em 12 de novembro de 2019 
  7. «'Esquece o PSL, tá ok?', afirma Bolsonaro ao falar com apoiador no Palácio da Alvorada». G1. 8 de outubro de 2019. Consultado em 12 de novembro de 2019 
  8. «Com 3 dias, Aliança pelo Brasil tem 620 mil seguidores nas redes». Poder 360. 15 de novembro de 2019. Consultado em 16 de novembro de 2019 
  9. «Aliança pelo Brasil divulga estatuto do partido; leia as normas». Poder360. 26 de novembro de 2019. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  10. Bernardo Mello Franco. «O partido do presidente». o Globo. Consultado em 16 de novembro de 2019 
  11. «O presidente e sua legenda». IstoÉ. Consultado em 16 de novembro de 2019 
  12. «"O problema não está na criação de mais partidos, mas na qualidade", diz advogada de Bolsonaro». O Antagonista. 15 de novembro de 2019. Consultado em 16 de novembro de 2019 
  13. «Número do Aliança pelo Brasil será 38, revela Bolsonaro». R7. 21 de novembro de 2019. Consultado em 22 de novembro de 2019 
  14. «Bolsonaro escolhe o número 38 para representar o Aliança pelo Brasil». Poder 360. 21 de novembro de 2019. Consultado em 22 de novembro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.