Alice Sombria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Alice Sombria (DC Comics))
Ir para: navegação, pesquisa

Alice Sombria é uma personagem da DC Comics surgida em Birds of Prey # 76 (janeiro 2005). Ela é uma anti-heroína com poderes mágicos cujos dons são usados para punir os traficantes de drogas em sua cidade natal de Dayton, Ohio.


Biografia do Personagem[editar | editar código-fonte]

Origem[editar | editar código-fonte]

Lori Zechlin é uma adolescente gótica que vive com seu pai, John, e a mãe sendo esta viciada em drogas, porém nenhum deles suspeita do vício materno, pois o mesmo é disfarçado mediante o abuso dos fármacos que lhe são prescritos e depois adulterados por traficantes locais.

Um dia, compungida pela vergonha, a Srª. Zechlin comete suicídio por overdose sendo que sua filha encontra-a sem vida após regressar do colégio. Nessa mesma noite, Lori descobre uma habilidade mística: a de “tomar emprestado” os poderes mágicos de qualquer super-herói ou supervilão, embora não tenha sobre estes o mesmo domínio que os seus detentores originais, seja em relação ao uso ou ao tempo em que poderia reter os dons alheios. Apesar disso, Lori (sob o nome de Alice Sombria) urdiu um plano de vingança contra os responsáveis pela morte de sua mãe e também para punir os traficantes de fármacos.

Amargurado e mergulhado em depressão, o pai de Lori torna-se recluso embora aparente normalidade diante da filha. Também angustiada pela morte da mãe, Lori percebe o ardil do pai e atribui para si a decisão de cuidar dele. Seu desempenho escolar piora e ela é expulsa de seu grupo social primário, um círculo wiccano sob a alegação de que a mesma passou a emanar “energia negra” após a morte da mãe (na verdade tudo não passa de uma manifestação de inveja da líder do círculo, Dawn, por acaso a melhor amiga de Lori incomodada pelo poder real e crescente da “amiga”).

Depois de destruída a Torre do Relógio em Gotham City, as Aves de Rapina passaram a viajar pelo país à procura de metahumanos não catalogados ou conhecidos. Oráculo toma ciência dos poderes de Lori, mas não de suas capacidades específicas, assim a Caçadora é enviada a Ohio sob o disfarce de uma professora tanto para observar Lori quanto para aconselhar a jovem ao passo que a Canário Negro ficou responsável pela avaliação de seus dons, determinando-lhes a extensão e a natureza.

Quando Canário Negro a encontra, Lori deixa abruptamente Kyle, seu namorado, tão logo requisita para si os poderes do Senhor Destino usando-os para caçar uma tríade de suspeitos de tráfico. Ao manifestar sua intenção de usar força letal contra os criminosos, a Canário Negro intervém e salva os homens para em seguida imobilizar o trio. Nisso as habilidades subtraídas de Destino refluem e Lori deixa o local, mas logo retorna usando uma manifestação dos poderes de Zatanna, imobiliza a Canário e foge.

Então as duas heroínas unem-se a Kyle na tentativa de encontrar Lori e nesse meio-tempo descobrem o envolvimento simultâneo do rapaz com as rivais adolescentes e após perceber isso Lori tem um acesso de fúria e empreende uma vingança contra o namorado ao perpetrar a destruição de um shopping center usando os poderes do Adão Negro, intento frustrado pela ação em comum da Canário e da Caçadora.

Após esse fato Oráculo encaminha Lori Zechlin ao verdadeiro Senhor Destino, que passa a agir como um preceptor da jovem orientando-a sobre o uso e a natureza de seus poderes.

Dia de Vingança[editar | editar código-fonte]

Alice Sombria fez uma nova aparição durante a minissérie Dia de Vingança. Nela o Pacto das Sombras pede sua ajuda para combater o Espectro que, ensandecido e influenciado pela nova encarnação de Eclipso, parte em uma cruzada para a erradicação da magia, apontada como a origem dos males que afligem a criação. Mesmo contrariando o pai, Lori concorda em ajudá-los, ainda que durante o confronto com o espírito ensandecido suas habilidades de absorção (mesmo com o auxílio de Sombra da Noite e do Vingador Fantasma) mal tenham servido para retardar o Espectro. Durante o confronto a jovem reteve os poderes do seu oponente, porém tal curso de ação reduziu-o a um espírito vazio que, embora não infligisse o mal a ninguém, estava imune ao poder de seus adversários. Tão logo o poder a deixou, Alice Sombria testemunhou a destruição da Pedra da Eternidade e a chuva de fragmentos místicos sobre Gotham City e demais cidades ao redor do globo. Por fim a jovem recusa uma oferta para integrar a nova equipe, preferindo regressar para casa.

Mais tarde, em Vilões Unidos: Especial Crise Infinita, ela ajudou a combater a fuga massiva de supervilões dos cárceres em que se encontravam debelando assim um plano concebido pelo neo-vilão Alexander Luthor Junior, ora disfarçado como o original.

A Sociedade[editar | editar código-fonte]

Abordada por vilões do calibre de Talia al Ghul, Felix Fausto e Mulher-Leopardo, Lori foi convidada a ingressar na Sociedade Secreta dos Supervilões em troca da ressurreição de sua mãe, mas a intervenção das Aves de Rapina levaram-na ao limite da raiva e da frustração (ao ponto de quase enforcar a Canário Negro usando o laço dourado da Mulher-Maravilha) o que a fez teleportar o grupo de volta à periferia de Dayton deixando, ao final, um aviso: queria ficar sozinha. De volta à sua casa ela encontra a mãe aparentemente ressuscitada mas com um certo ar de choque (mal fala e executa suas tarefas de um modo bitolado).

Envolta com o alcoolismo do pai e hostilizada pelos garotos e garotas de sua escola, Lori convoca o Elmo do Destino para aprender a controlar seus dons, contudo a ação punitiva do artefato faz com que ela o liberte e passe a trabalhar pela reabilitação do pai, o que a faz compreeender que a felicidade está ao seu alcance independente de seus poderes. Ulteriormente Alice Sombria perdoa as Aves de Rapina e ensaia uma aproximação com o grupo, em especial quando Oráculo revela que as mudanças de humor que acometem a jovem são reflexos dos antidepressivos que a mesma consome, tal como se estivesse repetindo a história de sua mãe.

Em diferentes passagens durante a série Aves de Rapina e ao longo de Dia de Vingança, Alice Sombria é descrita como "a mais poderosa (e perigosa) adolescente do planeta".

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

Alice Sombria pode usurpar temporariamente os poderes mágicos de qualquer ser fazendo destes o uso que melhor lhe convier. Porém a distância limite que torna possível tal evento é indeterminada como na assimilação que a mesma fez dos poderes de Alan Scott quando este permanecia retido no espaço sideral usando-os a seguir para deter a fuga em massa dos vilões encarcerados. Para que possa requisitar as habilidades alheias, porém, é necessário que Lori Zechlin escolha um alvo em particular e seja capaz de visualizá-lo, do contrário a transferência de poderes será aleatória. Além disso, em Dia de Vingança o Espectro foi capaz de erigir uma barreira mística para impedir que Alice Sombria lhe roubasse os poderes uma segunda vez.

Quando assimila os poderes alheios para si, Alice Sombria mimetiza as vestimentas e alguns traços de personalidade de suas "cobaias". Em Birds of Prey # 118 ela rouba não apenas as capacidades, mas também a compulsão de Etrigan para falar em rima. Posteriormente surgiu a possibilidade de ela subtrair os poderes de dois seres simultaneamente. Na minissérie Elmo do Destino chega a apresentar dons místicos próprios indicando um crescente nível de controle sobre seus poderes. Após um confronto com os príncipes do Inferno em Reign In Hell seu nível de poder diminuiu como resultado de experiência tão traumática.

Ícone de esboço Este artigo sobre Banda desenhada da DC Comics é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Fonte de pesquisa[editar | editar código-fonte]