Alice de Bourbon-Parma (1849–1935)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alice de Bourbon-Parma
Princesa de Bourbon-Parma
Arquiduquesa da Áustria
Alice di Borbone Parma 1849 1935.jpg
Grã-Duquesa Titular da Toscana
Reinado 11 de janeiro de 186817 de janeiro de 1908
Antecessor(a) Maria Antónia das Duas Sicílias
Sucessor(a) Maria Cristina de Bourbon-Duas Sicílias
 
Cônjuge Fernando IV da Toscana
Descendência Leopoldo Fernando
Luísa
José Fernando
Pedro Fernando
Henrique Fernando
Ana Maria
Margarida Maria
Germana Maria
Roberto Fernando
Agnes Maria
Casa Casa Ducal de Parma
Bourbon-Parma
Nascimento 27 de dezembro de 1849
  Parma, Flag of the Duchy of Parma.svgDucado de Parma
Morte 16 de novembro de 1935 (85 anos)
  Schwertberg, ÁustriaÁustria
Enterro Cemitério de Sankt Gilgen, Salzburgo, Áustria
Pai Carlos III de Parma
Mãe Luísa Maria de França

Alice Maria Carolina Fernanda Rachel Joana Filomena de Bourbon-Parma (Parma, 27 de dezembro de 1849Schwertberg, 16 de novembro de 1935) foi Princesa de Parma e, pelo casamento, Grã-duquesa da Toscana e Arquiduquesa da Áustria.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Terceira filha de Carlos III de Parma e de Luísa Maria de França, Alice era, por via materna, bisneta do rei Carlos X de França e sobrinha de Henrique, Conde de Chambord, pretenso rei de França e Navarra entre 2 e 9 de agosto de 1830 e posteriormente pretendente legitimista ao trono de Luís Felipe I.

Casou-se no castelo de Frohsdorf em 11 de janeiro de 1868, com Fernando IV da Toscana, Grão-duque titular da Toscana. Alice foi a segunda esposa de Fernando, que havia enviuvado em 1859 (sua primeira esposa foi Ana Maria da Saxônia).

O casal teve dez filhos:

  • Leopoldo Fernando (1868-1953); excluído da sucessão;
  • Luísa (1870-1947), casou-se com o rei Frederico Augusto III da Saxónia;
  • José Fernando (1872-1942), tornou-se chefe da Casa da Toscana com a exclusão de seu irmão Leopoldo da linha sucessória. Renunciou aos seus títulos para casar-se morganaticamente;
  • Pedro Fernando (1874-1848), casou-se com Maria Cristina de Bourbon-Duas Sicílias. Tornou-se chefe da Casa da Toscana após a renúncia de seu irmão José;
  • Henrique Fernando (1878-1969);
  • Ana Maria (1879-1961);
  • Margarida Maria (1881);
  • Germana Maria (1884-1955);
  • Roberto Fernando (1885-1995);
  • Inês Maria (1891-1945).

Últimos anos[editar | editar código-fonte]

Após a morte de Fernando IV em 1908, a grã-duquesa-viúva Alice da Toscana passou a viver em Schwertberg, onde faleceu em 16 de novembro de 1935, aos 85 anos. Seu corpo está sepultado no cemitério de Sankt Gilgen, em Salzburgo.

Títulos e estilos[editar | editar código-fonte]

  • 27 de dezembro de 1849 – 11 de janeiro de 1868: Sua Alteza Real princesa Alice de Bourbon-Parma
  • 11 de janeiro de 1868 – 17 de janeiro de 1908: Sua Alteza Imperial e Real a Grã-duquesa da Toscana, Arquiduquesa de Áustria, Princesa de Bourbon-Parma
  • 17 de janeiro de 1908 – 16 de novembro de 1935: Sua Alteza Imperial e Real a Grã-duquesa Viúva da Toscana, Arquiduquesa de Áustria, Princesa de Bourbon-Parma

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alice de Bourbon-Parma (1849–1935)