Alice in Chains (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alice in Chains
Álbum de estúdio de Alice in Chains
Lançamento 7 de Novembro de 1995
Gravação Abril - Agosto,1995 no
Bad Animals Studio, Seattle
Mixado no Electric Lady[1]
Gênero(s) Metal alternativo
Grunge
Heavy metal
Sludge metal
Duração 64 min 48 s
Formato(s) CD
Vinil
Gravadora(s) Columbia Records
Produção Toby Wright
Cronologia de Alice in Chains
Jar Of Flies
(1993)
Unplugged
(1996)
Singles de Alice in Chains
  1. "Grind"
    Lançamento: 1995
  2. "Heaven Beside You"
    Lançamento: 1996
  3. "Over Now"
    Lançamento: 1996
  4. "Again"
    Lançamento: 1996

Alice in Chains é o terceiro álbum de estúdio da banda Alice in Chains. O álbum também é conhecido como Tripod, devido à arte de capa que consiste em um cão de três pernas, e da arte da parte de trás que mostra Frank Lentini, um homem de três pernas (George Formby, editado no computador). O CD foi inicialmente disponível em duas versões: a primeira com uma caixa roxa transparente e a parte lateral verde-amarelo e a outra com o esquema de cores invertidos. Após, foi lançada uma outra versão em caixa normal transparente. Como em seus lançamentos anteriores, as músicas do álbum focam em temas pesados como depressão, isolamento, uso de drogas, raiva e morte. É o último álbum de estúdio lançado pela banda com Layne Staley nos vocais.

Apesar de não tão bem sucedido quanto Dirt, o álbum chegou a dupla platina nos Estados Unidos e vendeu mais de 3 milhões de cópias pelo mundo, mesmo não tendo suporte através de turnês. Alice in Chains é considerado pelos fãs o trabalho mais depressivo da banda, devido a seu estilo lento mas pesado, e mórbido, tendo bastantes elementos do doom metal, principalmente nas letras de canções como "Grind", "Head Creeps", e "Frogs".

Com exceções de "Grind", "Heaven Beside You", e "Over Now", as letras são todas escritas por Layne Staley, fazendo deste álbum sua maior contribuição lírica ao catálogo da banda.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O álbum recebeu atenção por ser um afastamento do rótulo de banda grunge externamente afixado ao grupo.[2][3] Rolling Stone descreveu o LP como um "renascimento musical",[2] e The New York Times comentou que em contraste às distorções cruas associadas ao grunge, o som do Alice in Chains era "claramente delineado e meticulosamente coberto por camadas".[3]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3 de 5 estrelas. [4]
Rolling Stone 4 de 5 estrelas. [5]

Faixas[editar | editar código-fonte]

  • Todas as letras escritas por Layne Staley, exceto onde indicado.
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Grind**"   Jerry Cantrell 4:45
2. "Brush Away"   Cantrell, Sean Kinney e Mike Inez 3:22
3. "Sludge Factory*"   Cantrell e Kinney 7:12
4. "Heaven Beside You*"   Cantrell e Inez 5:27
5. "Head Creeps"   Staley 6:28
6. "Again*"   Cantrell 4:05
7. "Shame in You"   Cantrell, Kinney e Inez 5:35
8. "God Am*"   Cantrell, Kinney e Inez 4:08
9. "So Close"   Cantrell, Kinney 2:45
10. "Nothin' Song"   Cantrell, Kinney 5:40
11. "Frogs*"   Cantrell, Kinney e Inez 8:18
12. "Over Now*"   Cantrell, Kinney 7:03

(*) - Tocada com Layne Staley ao vivo. (**) - Tocada após a morte de Staley ao vivo.

As que não foram marcadas nunca foram tocadas pela banda ao vivo.

Faixas-Bônus[editar | editar código-fonte]

  • "Again (Tattoo of Pain Mix)" (Cantrell/Staley) – 4:01 (incluída na versão japonesa)
  • "Again (Jungle Mix)" (Cantrell/Staley) – 4:01 (incluída na versão japonesa)

Créditos[editar | editar código-fonte]

  • Layne Staley - vocal e guitarra rítmica em "Grind" e "Heaven Beside You", backing vocals em "Grind", "Heaven Beside You" e "Over Now"
  • Jerry Cantrell - guitarra solo, vocal de apoio, vocal em "Grind", "Heaven Beside You" e "Over Now"
  • Mike Inez - baixo e vocal de apoio em "Again"
  • Sean Kinney - bateria

Técnicos de produção[editar | editar código-fonte]

  • Alice in Chains - produtor
  • Toby Wright - produção, engenheiro de som e mixagem[1]
  • Sean Kinney - arte da capa
  • Stephen Marcussen - masterização
  • Tom Nellen - engenheiro de som
  • John Seymour - assistente de mixagem
  • Rocky Schenck - fotografia
  • Mary Maurer - direção de arte
  • Doug Erb - design

Posições nas paradas e críticas[editar | editar código-fonte]

Álbum[editar | editar código-fonte]

Ano Parada Posição
1995 The Billboard 200 1

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Single Parada Posição
1995 "Grind" Mainstream Rock Tracks 7
1995 "Grind" Modern Rock Tracks 18
1996 "Heaven Beside You" Mainstream Rock Tracks 3
1996 "Heaven Beside You" Modern Rock Tracks 6
1996 "Again" Mainstream Rock Tracks 8
1996 "Again" Modern Rock Tracks 36

Referências

  1. a b Alice In Chains Recording Session Chronology. Again! An Alice In Chains Home Page. Retirado em 27 de Julho de 2007.
  2. a b Wiederhorn, Jon (30/11/1995). «Alice in Chains» (em inglês). Rolling Stone. Consultado em 2 de junho de 2009 
  3. a b Pareles, Jon. (03/12/1995). «RECORDINGS VIEW;Alice in Chains Finds Persecutors All Around» (em inglês). The New York Times. Consultado em 2 de junho de 2009 
  4. Steve Huey. «Alice in Chains» (em inglês). Allmusic. Consultado em 7 de abril de 2013 
  5. Jon Wiederhorn (30 de novembro de 1995). «Alice in Chains» (em inglês). Rolling Stone. Consultado em 7 de abril de 2013 
Precedido por
Dogg Food por Tha Dogg Pound
Primeira posição na Billboard 200
25 de novembro - 1 de dezembro de 1995
Sucedido por
R. Kelly por R. Kelly
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Alice in Chains é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.