Alicia Ivanissevich

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alicia Ivanissevich
Cidadania Argentina
Alma mater Universidade Federal do Rio de Janeiro
Ocupação jornalista científico
Prêmios Prêmio José Reis de Divulgação Científica

Alicia Maria Ivanissevich é uma jornalista de ciência argentina. É editora executiva da revista Ciência Hoje, desde 1997, também tendo atuado na publicação como repórter e coordenadora de reportagem.[1] De 1992 a 1997, foi repórter e editora de Ciência no Jornal do Brasil.[2]

Em 2008, Ivanissevich recebeu o Prêmio José Reis de Divulgação Científica.[3] A comissão avaliadora assim justificou a premiação: ""Pelo percurso de compromisso com o jornalismo científico. Por meio dela, a comissão julgadora quer também homenagear o 60 anos da SBPC e a revista Ciência Hoje".[4] Em 1991, o trabalho da jornalista foi reconhecido com a menção honrosa no mesmo prêmio.[4] Em 2013, era parte da equipe de jornalismo cujo trabalho sobre o impacto de agrotóxicos[5] foi agraciado com o Prêmio Imprensa Embratel.[6]

Sobre o bom jornalista científico, Ivanissevich afirmou em entrevista, em 2008:[7]

Gosto de defender a ideia de que, primeiro, tem que ser um bom jornalista, antes de ter qualquer especialização. E um bom jornalismo, infelizmente, a gente aprende hoje em dia mais na prática do que nos cursos de comunicação. Embora eu não menospreze essa formação, com certeza aprendi muito mais na prática. Além disso, científico ou não, o jornalista precisa saber ouvir bem a fonte. Não ter medo de fazer perguntas que podem parecer ridículas, simples, porque acho que se a gente não entender e é o que sempre falo para os estagiários , ninguém vai entender. Precisamos ser bons intérpretes e achar formas de divulgar que não sejam tediosas. Procurar usar o humor ou, quando não couber, buscar uma história que seja palpitante, que desperte o interesse. O que poderia falar para jornalistas nessa área é que leiam muito, que se interessem por diversas áreas da ciência, que procurem fazer estágio nessa área, que trabalhem na prática com isso para poder aprender. É fundamental também que conheçam a comunidade científica, que vai ser a fonte da notícia. Os cientistas são a notícia, então conhecer profundamente a sociedade científica é importante. Comparando com a música, você tem que ser um bom intérprete. Não estamos criando música, não somos compositores, mas temos que ser bons intérpretes, saber tocar um bom instrumento com qualidade.
Alicia Ivanissevich

Formou-se em Comunicação Social na Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985); especializou-se em divulgação científica pelo Wellcome Centre, na Inglaterra (1996).[1][3]

Num evento sobre divulgação científica, em 2013, sinalizou que a linha editorial[8] que adota na Ciência Hoje é normalmente "não apenas mostrar os resultados de sucesso, mas também o processo de produção da ciência", em que os jornalistas não são "intermediários acríticos nem meros tradutores dos que produzem conhecimento".[9]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Prêmio Imprensa Embratel, na categoria Reportagem Socioambiental, por "Paraíso dos agrotóxicos", Ciência Hoje, integrante de equipe, 2013[10]
  • Prêmio José Reis de Divulgação Científica, 2008[4]

Referências

  1. a b «Ciência Hoje - Editora da CH ganha prêmio José Reis». www.cienciahoje.org.br (em inglês). Consultado em 4 de fevereiro de 2017. 
  2. «Ciência Hoje». www.cienciahoje.org.br (em inglês). Consultado em 4 de fevereiro de 2017. 
  3. a b «Alicia Ivanissevich, do Instituto Ciência Hoje, é a ganha...». www.bv.fapesp.br. Consultado em 4 de fevereiro de 2017. 
  4. a b c «Resultados do Prêmio José Reis de Divulgação Científica, 1979-2012» (PDF) 
  5. «Ciência Hoje - Paraíso dos agrotóxicos». www.cienciahoje.org.br (em inglês). Consultado em 4 de fevereiro de 2017. 
  6. «Divulgados os vencedores do Prêmio Imprensa Embratel». Midia e Marketing. 2 de maio de 2013 
  7. «Missão de divulgar ciência no Brasil é redobrada, diz Alicia Ivanissevich - Informe ENSP». www.ensp.fiocruz.br. Consultado em 4 de fevereiro de 2017. 
  8. «Ciência Hoje - Notícias de uma ciência particular». www.cienciahoje.org.br (em inglês). Consultado em 4 de fevereiro de 2017. 
  9. «Ciência Hoje - Jornalismo de ciência desafiado». www.cienciahoje.org.br (em inglês). Consultado em 4 de fevereiro de 2017. 
  10. «Prêmio Embratel». Embratel. Consultado em 4 de fevereiro de 2017.