Alimento processado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo foi proposto para eliminação por consenso. Você é encorajado a melhorar o artigo, mas não remova este aviso, o que seria considerado vandalismo.

Dê a sua opinião e caso ela seja transformada numa votação após uma semana, vote (se tiver direito ao voto) na discussão.

Se aprovada, a eliminação ocorrerá a partir de 27 de maio.

Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Chama-se alimento processado aquele que não pode ser obtido através da natureza, ou seja, é produzido pelo homem através de uma matéria prima conseguida muitas vezes pela natureza.

Estes alimentos tem em sua composição produtos artificiais, como corantes, além de terem uma quantidade maior de sal, gordura e açúcar. Ele faz muito mal a saúde principalmente se for em excesso, 75% do nosso consumo diário de sódio vêm de alimentos processados e não de fontes naturais , de acordo com a Associação Americana do Coração.

Alguns dos piores alimentos processados são:

  • Pipoca de micro-ondas
  • Nuggets de frango
  • Batatas fritas
  • Barras de granola
  • Biscoitos, Bolachas e afins
  • Margarina
  • salgadinho
  • Bebidas em pó
  • Carnes processadas
  • Cereais matinais
  • Refrigerantes carbonatados
Ícone de esboço Este artigo sobre nutrição é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.