Almirante Reis, 2-2K

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Almirante Reis, 2-2K
Fachada principal do edifício
Nomes alternativos 1908 Lisboa Hotel
Arquiteto Arnaldo Redondo Adães Bermudes
Fim da construção 1908 (111 anos)
Restauro Pardal Monteiro Arquitectos
2017 (2 anos)
Prémios
Precedido por
Casa Empis
1907
Prémio Valmor
1908
Sucedido por
Palacete Mendonça
1909
Proprietário inicial Guilherme Augusto Coelho
Função inicial Residencial, Comercial
Proprietário atual Amazing Evolution
Função atual Hoteleira, Comercial
Estilos arquitetónicos Ecletismo, Arte Nova, Neobarroco
Dimensões
Número de andares 4
Área do andar 401 m²
Área 2,211 m²
Património Nacional
Classificação Logotipo Imóvel de Interesse Público
Data 1982
DGPC 75029
SIPA 3196
Estado de conservação Excelente
Geografia
País Portugal Portugal
Cidade Lisboa Lisboa
Avenida Almirante Reis, 2-2 K
Largo do Intendente Pina Manique, 1-6
Distrito Lisboa
Freguesia Arroios
Coordenadas 38° 43' 14.17" N 9° 8' 7.07" O
Localização do edifício em mapa dinâmico

Almirante Reis, 2-2K é um edifício localizado na Avenida Almirante Reis, n.º 2 a 2 K, e Largo do Intendente Pina Manique, n.º 1 a 6, na freguesia de Arroios, Lisboa.

Pormenor do edifício, prémio Valmor em 1908

Propriedade de Guilherme Augusto Coelho, foi construído em 1908 com projecto do arquiteto Arnaldo Redondo Adães Bermudes, tendo-lhe sido atribuído o prémio Valmor desse ano.

Desenvolvendo-se em quatro pisos, tratava-se originalmente de um imóvel com dupla função, comercial no piso térreo e residencial nos restantes. De planta longitudinal, termina num corpo semi-circular, coroado por uma volumosa cúpula, marcando imponentemente o gaveto onde se encontra localizado.

Ao tratamento igual dado a ambas as fachadas não corresponde uma organização espacial interna simétrica, o que se deve, sem dúvida, à configuração triangular do lote que ocupa.

A sua linguagem decorativa exterior caracteriza-se por um ecletismo, que congrega elementos neo-barrocos patentes na cúpula e nos seus ornatos, assim como elementos Arte Nova patentes nos revestimentos azulejares polícromos, com representações de pavões e motivos florais, nas cantarias e na malha sinuosa dos ferros forjados.

Este edifício está classificado como Imóvel de Interesse Público[1].

Classificação[editar | editar código-fonte]

Imóvel de Interesse Público[editar | editar código-fonte]

O edifício foi classificado como Imóvel de Interesse Público pelo Ministério da Cultura e Coordenação Científica - Instituto Português do Património Cultural por decreto n.º 28/82, DR, 1.ª série, n.º 47 de 26 fevereiro 1982.[1]

1908 Lisboa Hotel[editar | editar código-fonte]

1908 Lisboa Hotel
Informações
Inauguração 25 de janeiro de 2017 (2 anos)
Estrelas 4 de 4 estrelas.
Arquiteto Pardal Monteiro Arquitectos
Gestor Amazing Evolution
Andares 4
Restaurantes 1 (Infame)
Quartos 36
Página oficial

O 1908 Lisboa Hotel abriu portas em Janeiro de 2017 pós profundas obras de requalificação e restauro (2016/2017) que transformaram o edifício na sua actual função.

O projecto de reabilitação (2014/2015) foi da autoria do atelier Pardal Monteiro Arquitectos[2] e o promotor uma empresa de cariz familiar, a Villa de Santa Ana - Hotelaria e Turismo[3]. A gestão do hotel de 4 estrelas está a cargo da Amazing Evolution[4]. O investimento global ascendeu aos 6,5 milhões de euros.

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b https://dre.tretas.org/dre/19168/decreto-28-82-de-26-de-fevereiro
  2. «Villa de Santa Ana - Hotel 1908, Avenida Almirante Reis - PMA». PMA 
  3. Pedro, Fernanda (24 de dezembro de 2016). «Hotel 1908 Lisboa abre em edifício histórico». O Jornal Económico. Consultado em 17 de julho de 2019 
  4. F.R. (30 de dezembro de 2016). «Amazing Evolution vai gerir mais um hotel na Almirante Reis». Turisver. Consultado em 17 de julho de 2019 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • FRANÇA, José Augusto, A Arte em Portugal no Séc. XX, Lisboa, 1967. Construção Moderna, Ano I e II, nº. 7 e 5, Julho 1908 e Maio 1909. Anuário da Sociedade dos Arquitectos Portugueses, Anos V - VI, 1909 - 1910.
  • BAIRRADA, Eduardo Martins, Prémio Valmor, 1902 - 1952, Lisboa, 1988. Processo de obras nº. 23523, in, Câmara Municipal de Lisboa, Direcção dos Serviços Centrais e Culturais, 5ª. Repartição (Arquivo de Obras).
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Almirante Reis, 2-2K
Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.