Alopecia androgenética

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alopecia androgenética
Alopecia androgenética de padrão masculino
Especialidade Dermatologia
Tipos Padrão masculino, padrão feminino
Classificação e recursos externos
CID-9 704.09
OMIM 109200, 300710, 612421, 300710, 612421, 109200
DiseasesDB 7773
MedlinePlus 001177
eMedicine 1070167
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Alopecia androgenética é a perda de cabelo que afeta principalmente a parte superior e frontal do couro cabeludo.[1] Em homens, é denominada alopécia androgenética de padrão masculino e em mulheres alopécia androgenética de padrão feminino.[1] Em homens, manifesta-se sobretudo pelo recuo da área com cabelo, enquanto em mulheres se manifesta por cabelos progressivamente mais finos.[1]

Acredita-se que a perda de cabelo masculina seja causada por uma combinação de fatores genéticos e da hormona masculina di-hidrotestosterona.[1] No entanto, as causas em mulheres ainda não são totalmente compreendidas.[1]

O tratamento pode consistir em simplesmente aceitar a condição.[1] Entre outros possíveis tratamentos estão os medicamentos minoxidil ou finasterida, ou cirurgia de transplante capilar.[1] No entanto, as evidências para a eficácia da finasterida em mulheres são de poucas e pode causar malformações do feto se for tomada durante a gravidez.[1]

A alopecia androgenética é a causa mais comum de perda de cabelo e afeta cerca de 50% dos homens e 25% das mulheres por volta dos 50 anos de idade.[1]

Referências

  1. a b c d e f g h i Vary JC, Jr (novembro de 2015). «Selected Disorders of Skin Appendages--Acne, Alopecia, Hyperhidrosis». The Medical Clinics of North America (Review). 99 (6): 1195–211. PMID 26476248. doi:10.1016/j.mcna.2015.07.003