Alpes japoneses

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Alpes Japoneses
Os picos de Shirouma (Montanhas de Hida)
Localização Honshu,  Japão

Os Alpes Japoneses são uma cadeia montanhosa, composta por montanhas com elevações acima dos 3000 metros de altitude, que atravessa a ilha japonesa de Honshu.[1] São compostos pelas montanhas de Hida (飛騨山脈), as montanhas de Kiso (木曽山脈) e as montanhas de Akaishi (赤石山脈),

O termo "alpes japoneses" foi tornado popular pelo reverendo Walter Weston que tem uma placa memorial no Kamikochi.

As montanhas mais altas do Japão, depois do monte Fuji, situam-se nesta cordilheira, sendo o Hotaka-dake a montanha mais alta, com 3190 metros (10.466 pés) e o monte Shirane com 3192 metros (10.472 pés).

O monte Ontake na província de Nagano é um destino popular de peregrinação e também um vulcão activo, com erupções em 1979 e 1980.

Referências

  1. «Japanese Alps | mountains, Japan». Encyclopedia Britannica (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Alpes japoneses