Alpha FM Rio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alpha FM Rio
{{{alt}}}
Empresa Fluminense de Comunicação Ltda.
País  Brasil
Cidade de concessão Flag of Niterói.svg Niterói, RJ
Frequência(s) FM 94.9 MHz
Sede Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.svg Rio de Janeiro, RJ
Rua Álvaro Ramos, 350 - Botafogo
Slogan Estilo em sintonia com você
Fundação 1 de junho de 2017 (1 ano)
Extinção 20 de abril de 2018 (7 meses)
Fundador Johnny Saad
Pertence a Grupo O Fluminense
Proprietário(s) Alexandre Torres
Sócio(s) Grupo Bandeirantes de Comunicação
Grupo Camargo de Comunicação
Formato Comercial
Gênero Adulto contemporâneo
Faixa etária Público de 30 a 75 anos
Afiliações Alpha FM
Idioma (português brasileiro)
Prefixo ZYD 470
Cobertura Grande Rio de Janeiro e áreas próximas
BandNews FM Rio de Janeiro
Feliz FM Rio de Janeiro

Alpha FM Rio foi uma estação de rádio brasileira sediada no Rio de Janeiro, capital do estado homônimo, e com concessão em Niterói, cidade do mesmo estado. Operava no dial FM, na frequência 94.9 MHz, pertencente ao Grupo O Fluminense, e era afiliada à Alpha FM, sendo operada pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação em parceria com o Grupo Camargo de Comunicação. Menos de um ano depois de inaugurada, foi extinta em 2018 para dar lugar à Feliz FM Rio de Janeiro, assim como sua co-irmã Rádio Fluminense.

História[editar | editar código-fonte]

A frequência de 94.9 MHz no rádio FM do Rio de Janeiro foi inicialmente ocupada pela Fluminense FM, fundada em 1972.[1] Os 94.9 MHz passaram a transmitir, a partir de 1994, a programação da Jovem Pan FM, o que ocorreu até 2000.[2] A rádio manteve uma programação similar a da rede paulista sob o título Jovem Rio até o ano de 2002, quando passou a atuar novamente como Fluminense FM.[3] O nome perdurou até 2005, quando o controlador da frequência, o Grupo O Fluminense, assinou um contrato com o Grupo Bandeirantes de Comunicação para retransmitir a programação da nova rede noticiosa da empresa, a BandNews FM.[4]

Em 2012, o Grupo Bandeirantes adquiriu a rádio MPB FM, também situada no Rio de Janeiro.[5] O grupo manteve o perfil da rádio, que transmitia a chamada música popular brasileira, até 2017, quando encerrou as transmissões da estação para substituí-la pela BandNews FM.[6] A programação da rádio noticiosa foi mantida nas duas frequências de fevereiro a maio de 2017.[7] Nas últimas semanas de transmissão, foi mantida uma programação de expectativa de estreia da Alpha FM, mantendo o horário ancorado por Ricardo Boechat na BandNews FM em 94.9 MHz.[8]

Inicialmente, os planos do Grupo Bandeirantes eram de devolver a operação da frequência para o seu dono.[9] A controladora da frequência chegou a cogitar a entrada da Jovem Pan News, mas as negociações com a matriz da rede não seguiram em frente.[10] Porém, a Bandeirantes decidiu fechar uma parceria com o Grupo Camargo de Comunicação, controladora da Alpha FM (de quem também é sócio na Nativa FM),[11] para transmitir uma programação com o mesmo perfil e plástica da estação paulista, mantendo-se na operação dos 94.9 MHz.[12] A estrutura da rádio foi instalada na sede do Grupo Bandeirantes no Rio de Janeiro.[13]

Em 20 de abril de 2018, a equipe da rádio foi dispensada, sendo confirmado pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação que a Alpha FM teve a sua operação no Rio de Janeiro encerrada.[14] Desde então, a frequência passou a transmitir somente músicas no mesmo estilo da Alpha. Em 1.º de maio, a frequência passou a transmitir a já existente Feliz FM Rio de Janeiro, pertencente à Comunidade Cristã Paz e Vida (tal qual fez com a Rádio Fluminense, em março), simultaneamente com os 89.5 MHz, até 8 de junho.[15]

Referências

  1. Mello, Luiz Antonio (8 de março de 2015). «Os 33 anos da Rádio Fluminense FM comprovam a sua impressionante eternidade». Obvious. Consultado em 1 de junho de 2017 
  2. Prado, Magaly (23 de dezembro de 2000). «Nova Jovem Pan Rio volta dia 28». Folha de S.Paulo. Consultado em 1 de junho de 2017 
  3. Delfino, Marcelo. «A história da Fluminense FM até 2 de agosto de 2002». Tributo ao Rádio do Rio de Janeiro. Consultado em 1 de junho de 2017 
  4. «Band fecha acordos e amplia atuação no RJ». Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação. 16 de março de 2006. Consultado em 1 de junho de 2017 
  5. Sacchitiello, Bárbara (13 de junho de 2012). «MPB FM passa para o comando da Band». Meio&Mensagem. Consultado em 1 de junho de 2017 
  6. Essinger, Silvio (31 de janeiro de 2017). «MPB FM sai do ar no primeiro minuto desta quarta-feira». O Globo. Consultado em 1 de junho de 2017 
  7. Starck, Daniel (1 de fevereiro de 2017). «Exclusivo: BandNews FM já opera em 90.3 FM e deixará a sintonia 94.9 FM em maio». TudoRádio.com. Consultado em 1 de junho de 2017 
  8. Starck, Daniel (1 de junho de 2017). «Expectativa: Alpha FM estreia em instantes no Rio de Janeiro». TudoRádio.com. Consultado em 1 de junho de 2017 
  9. Massaro, Carlos (18 de fevereiro de 2017). «BandNews FM inicia mudança de nome no Rio de Janeiro». TudoRádio.com. Consultado em 26 de abril de 2018 
  10. Brocanelli, Rodney (11 de abril de 2017). «Sobre a Jovem Pan News no Rio de Janeiro». Radioamantes. Consultado em 1 de junho de 2017 
  11. «Curiosidades: Você sabia que Cotia tem uma emissora de TV?». Cotia Agora. 11 de janeiro de 2017. Consultado em 1 de junho de 2017 
  12. Starck, Daniel (8 de maio de 2017). «Exclusivo: Alpha FM estreia no Rio de Janeiro a partir de junho». TudoRádio.com. Consultado em 1 de junho de 2017 
  13. Sacchitiello, Bárbara (15 de maio de 2017). «Rádio Alpha FM chega ao Rio de Janeiro». Meio&Mensagem. Consultado em 1 de junho de 2017 
  14. Brocanelli, Rodney (20 de abril de 2018). «Alpha FM deixa o dial do Rio de Janeiro». Radioamantes. Consultado em 20 de abril de 2018 
  15. Starck, Daniel (25 de abril de 2018). «Extra: Feliz FM muda de canal a partir de maio no Rio de Janeiro e assume a sintonia 94.9 FM». TudoRádio.com. Consultado em 25 de abril de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.