Alta Silésia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa da Alta Silésia em 1746.

A Alta Silésia (em polaco Górny Śląsk, em checo Horní Slezsko, em alemão Oberschlesien e latim Silesia Superior) é a parte sudeste da Silésia, uma região histórico-cultural da Polônia (Voivodato de Opole e Voivodato da Silésia) e da República Checa (Região da Morávia-Silésia)[1].

Até 1945 a maior parte da Alta Silésia era parte da Alemanha. A região está situada nas terras altas silesianas, entre os rios Oder e Vístula. A maior cidade é Katowice, capital do Voivodato Silesiano.

A população total da área industrial da Alta Silésia soma 3.487.000 habitantes.

Maiores cidades[editar | editar código-fonte]

A capital histórica da Alta Silésia é Opole, embora os dois maiores centros urbanos da região sejam Katowice (Polônia) e Ostava (República Checa). A região industrial da Alta Silésia tem cerca de três milhões de habitantes.

Referências

  1. * H. Förster, B. Kortus (1989) "Social-Geographical Problems of the Cracow and Upper Silesia Agglomerations", Paderborn. (Bochumer Geographische Arbeiten No. 51)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Alta Silésia