Alto Alegre (Roraima)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Alto Alegre.
Alto Alegre
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Alto Alegre
Bandeira
Brasão de armas de Alto Alegre
Brasão de armas
Hino
Lema Paz e riquezas naturais
Gentílico alto-alegrense
Localização
Localização de Alto Alegre em Roraima
Localização de Alto Alegre em Roraima
Alto Alegre está localizado em: Brasil
Alto Alegre
Localização de Alto Alegre no Brasil
Mapa de Alto Alegre
Coordenadas 2° 58' 48" N 61° 17' 31" O
País Brasil
Unidade federativa Roraima
Região metropolitana Boa Vista
Municípios limítrofes Venezuela, Amajari, Iracema, Boa Vista e Mucajaí
Distância até a capital 87 km
História
Fundação 1 de junho de 1982 (40 anos)
Administração
Prefeito(a) Pedro Henrique Machado (PSD, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [1] 25 566,845 km²
População total (est. IBGE/2017[2]) 16 448 hab.
Densidade 0,6 hab./km²
Clima equatorial
Altitude 72 m
Fuso horário Hora do Amazonas (UTC−4)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[3]) 0,542 baixo
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 135 890,875 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 7 960,19

Alto Alegre é um município do noroeste do estado de Roraima, Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

O Município surgiu em 1953 com a Colônia Agrícola Coronel Mota. Os primeiros habitantes foram japoneses que plantavam pimenta do reino, tomate e outros vegetais. Mas o nome de Alto Alegre foi escolhido por Matteus Costa e seus companheiros, recém-chegados do Maranhão, o qual, ao buscar áreas agricultáveis no interior do atual município para trabalhar, encontrou-nas na Mata geral, local que começa na margem esquerda do rio Mucajaí.

A atual população não-indígena é formada, em sua maioria, por maranhenses. A colônia se transformou em município pela Lei Federal Nº 7.009, de 1º julho de 1982, tendo o território do município de Alto Alegre se desmembrado do município da Capital do Estado.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localidades principais[editar | editar código-fonte]

Segue uma relação de das principais localidades não-indígenas do município e suas respectivas populações segundo o Censo de 2010.[5]

  • 4.780 habitantes - Alto Alegre (sede)
  • 272 habitantes - Vila do Taiano
Bairros

Na cidade existem três bairros:

  • Multirão I
  • Multirão II
  • Felicidade
Solos
  • Argissolos Vermelho-Amarelos
  • Litossolos
  • Terra Roxa Estruturada
  • Latossolo Vermelho-Amarelo
  • Solos Aluviais
  • Solos Hidromórficos Cinzentos
  • Latossolo Amarelo
  • Latossolo Vermelho-Escuro
  • Areia Quartzosa Hidromórfica
  • Areia Quartzosa
Hidrografia

Organização Político-Administrativa[editar | editar código-fonte]

O Município de Alto Alegre possui uma estrutura político-administrativa composta pelo Poder Executivo, chefiado por um Prefeito eleito por sufrágio universal, o qual é auxiliado diretamente por secretários municipais nomeados por ele, e pelo Poder Legislativo, institucionalizado pela Câmara Municipal de Alto Alegre, órgão colegiado de representação dos munícipes que é composto por 9 vereadores também eleitos por sufrágio universal.[6]

Atuais autoridades municipais de Alto Alegre[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

Concentra-se na agropecuária. Produz, em especial, arroz, gado, leite e milho.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Na saúde, existem 2 hospitais públicos com 42 leitos.

Conta com um sistema de distribuição de água, energia elétrica (distribuída pela Eletrobrás), agência dos Correios e rede telefônica.

Existem no município 39 escolas de ensino fundamental, 3 de ensino médio e 1 campus da UERR, o qual oferece cursos de Agronomia, Ciências Contábeis, Geografia, História, Letras e Matemática.

Transporte[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

A rodovia estadual RR-205 (asfalto em boas condições) liga a sede à capital Boa Vista, que está a 87 quilômetros.

Transporte aéreo[editar | editar código-fonte]

Conta, ainda, com dois aeroportos. Um (devidamente catalogado), Aeroporto de Surucucus, asfaltado, com 1100m x 25m; e outro na própria sede, em piçarra, ainda não catalogado.

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (30 de agosto de 2017). «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2017» (PDF). Consultado em 30 de março de 2018 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 8 de agosto de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «bestatistica/populacao/censo2010/default.shtm Dados com base em levantamentos utilizando os resultados do Censo 2010 do IBGE». Consultado em 7 de Fevereiro de 2012 
  6. MEIRELLES, Hely Lopes. Direito municipal brasileiro. 18. ed. São Paulo: Malheiros, 2017.
  7. a b c «Prefeita e vereadores de Alto Alegre tomam posse; veja lista de eleitos». G1. Consultado em 29 de outubro de 2022 

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

FREITAS, Aimberê (1998). Estudos Sociais - RORAIMA. Geografia e História 1 ed. São Paulo: Corprint Gráfica e Editora Ltda. 83 páginas. ISBN 34523432 Verifique |isbn= (ajuda) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]