Alvéola-amarela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaAlvéola-amarela
Yellow Wagtail (Male- beema race) Im IMG 9617.jpg
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Motacillidae
Género: Motacilla
Espécie: M. flava
Nome binomial
Motacilla flava
Linnaeus, 1758
Cuculus canorus canorus em um ninho de Motacilla flava - MHNT

A alvéola-amarela[1] (Motacilla flava) é uma espécie de ave da família dos Motacilídeos.[2]

Nomes comuns[editar | editar código-fonte]

Dá ainda pelos seguintes nomes comuns: alvéloa-amarela[3] e voeira[4]

Características[editar | editar código-fonte]

Ave passeriforme, com cerca de 16 cm de comprimento, cauda comprida, cabeça azulada e plumagem amarela no peito e no ventre, que assume tonalidades mais garridas, com matizes oliváceos, nos machos e mais esbatidas nas fêmeas.[5]Os espécimes juvenis, por seu turno, têm uma plumagem mais acastanhada, se bem que com vestígios de amarelo no ventre.[6]

Consoante a subespécie, na cabeça podem evidenciar-se padrões e tonalidades de azul-acinzentado e branco diferentes, principalmente nos machos. [7]

A alvéola-amarela é susceptível de se confundir com a Motacilla cinerea, pese embora aquela não tenha penas azuis na cabeça e tenha uma cauda mais comprida.[5]

Habitat[editar | editar código-fonte]

Nidifica por toda a Europa e inverna em África.[8] Frequenta principalmente pastagens e orlas de zonas húmidas. Constrói o ninho no chão e alimenta-se de insectos.[9]

Portugal[editar | editar código-fonte]

Enquanto espécie migratória, em Portugal está presente de princípio de Março a finais de Setembro, sendo certo que não são invulgares os avistamentos já em finais de Fevereiro.[5]

Grosso modo é passível de se encontrar em todo o território nacional, sendo certo que há diferenças de concentração entre regiões.[5] Costuma privilegiar espaços abertos e húmidos, nas cercanias de pauis, tremedais, veigas e courelas agrícolas de culturas higrófitas, apenas passando por espaços mais secos durante o período migratório, quando está em deslocação.[5]

Referências

  1. Infopédia. «alvéola-amarela | Definição ou significado de alvéola-amarela no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 2 de outubro de 2021 
  2. Frank Gill & David Donsker (Eds) (8 de janeiro de 2017). «Waxbills, parrotfinches, munias, whydahs, Olive Warbler, accentors & pipits» (em inglês). Consultado em 15 de fevereiro de 2017 
  3. Infopédia. «alvéloa-amarela | Definição ou significado de alvéloa-amarela no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 2 de outubro de 2021 
  4. Infopédia. «voeira | Definição ou significado de voeira no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 2 de outubro de 2021 
  5. a b c d e «Alvéola-amarela (Motacilla flava)». www.avesdeportugal.info. Consultado em 2 de outubro de 2021 
  6. «ADW: Motacilla flava: CLASSIFICATION». animaldiversity.org. Consultado em 2 de outubro de 2021 
  7. Penas Patiño, Xosé M.; Pedreira López, Carlos (setembro de 2004). Guía das aves de Galicia. Ilustrado por Calros Silvar (2ª ed.). A Coruña: Baía Edicións. ISBN 84-96128-69-5.
  8. Penas Patiño, Xosé M.; Pedreira López, Carlos (setembro de 2004). Guía das aves de Galicia. Ilustrado por Calros Silvar (2ª ed.). A Coruña: Baía Edicións. ISBN 84-96128-69-5.
  9. Penas Patiño, Xosé M.; Pedreira López, Carlos (setembro de 2004). Guía das aves de Galicia. Ilustrado por Calros Silvar (2ª ed.). A Coruña: Baía Edicións. ISBN 84-96128-69-5.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado ao Projeto Aves, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.