Alvares

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portugal Portugal Alvares 
  Freguesia  
Localização
Localização no concelho de Góis
Localização no concelho de Góis
Alvares está localizado em: Portugal Continental
Alvares
Localização de Alvares em Portugal
Coordenadas 40° 02' 32" N 8° 05' 42" O
Concelho GOI.png Góis
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente Victor Manuel Fonseca Duarte (G.C.E.)
Características geográficas
Área total 100,57 km²
População total (2011) 812 hab.
Densidade 8,1 hab./km²
Código postal 3330
Outras informações
Orago São Mateus
Website http://www.alvares.pt

Alvares é uma freguesia portuguesa do concelho de Góis, com 100,57 km² de área e 812 habitantes (2011). A sua densidade populacional é de 8,1 hab/km².

Teve Foral Manuelino datado de 04 de Maio de 1514. O documento está autografado pelo Rei e assinado por Fernão de Pina.[1]. Foi vila e sede de concelho até 1855.[2] Era constituído pelas freguesias de Alvares e de Portela do Fojo.[3] Tinha 2 817 habitantes em 1801 e 3 751 habitantes em 1849.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Alvares [4]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
3 136 3 513 3 725 4 214 4 544 4 436 4 331 4 667 4 222 3 456 2 227 1 626 1 279 1 007 812

Actividades económicas[editar | editar código-fonte]

As principais actividades económicas na freguesia de Alvares são a exploração florestal e agricultura.

Povoações[editar | editar código-fonte]

Algares, Alvares, Amieiros, Amiosinho, Amioso Cimeiro, Amioso do Senhor, Amioso Fundeiro, Boiça, Cabeçadas, Candeia, Caniçal, Carrasqueira, Casal Novo, Chã de Alvares, Cilha Velha, Coelhosa, Corga da Vaca, Cortes, Estevianas, Fonte dos Sapos, Fonte Limpa, Foz de Alvares, Lomba, Madeiros, Mega Cimeira, Mega Fundeira, Milreu, Obrais, Portela do Torgal, Relva da Mó, Roda Cimeira, Roda Fundeira, Simantorta, Telhada, Vale da Fonte, Vale do Laço, Varzina

  • Amioso do Senhor - Povoação serrana muito bela e antiga, com terras verdejantes muito férteis banhadas pela Ribeira do Amioso, que permitiram a fixação das suas gentes ao longo de muitos séculos. A sua capela, construída à maneira de uma igreja paroquial tem imagens muito antigas. Diz uma lenda muito antiga que um dia alguém, de Amioso, andava a regar o milho e encontrou um crucifixo que trouxe para sua casa, mas, coisa estranha o crucifixo misteriosamente desapareceu dessa casa e aparece novamente no mesmo campo de milho, e por diversas vezes se repete a situação. Finalmente o crucifixo é colocado na capela numa redoma de vidro, tal e qual como se encontra hoje. Por isso em vez de se chamar Amioso do Meio (Amioso de Ametade) se começou a chamar Amioso do Senhor (1721).

Património cultural[editar | editar código-fonte]

Espaços naturais[editar | editar código-fonte]

Feiras[editar | editar código-fonte]

Alvares tem uma feira mensal que se realiza ao 2º Domingo de cada mês.

Festas e Romarias[editar | editar código-fonte]

  • S. Mateus (Agosto)
  • Divino Senhor dos Milagres (Amioso do Senhor, Segunda-feira de Ascensão)
  • S. Margarida (Chã de Alvares, Agosto)
  • S. João Baptista (Cortes, 1º fim de semana de Setembro)
  • Nossa Senhora da Boa Viagem (Estevianas, 2º sábado de Agosto)

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Arquivo Nacional Torre do Tombo ref:PT/TT/MSCC/M5L6
  2. «Paróquia de Alvares». Arquivo da Universidade de Coimbra. Consultado em 18 de Fevereiro de 2014 
  3. «Freguesia de Alvares». Câmara Municipal de Góis. Consultado em 18 de Fevereiro de 2014 
  4. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.