Alverca do Ribatejo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Alverca do Ribatejo  
—  freguesia portuguesa extinta  —
Concelho primitivo Vila Franca de Xira
Extinção 28 de janeiro de 2013
Área
 - Total 17,89 km²
Orago São Pedro
Freguesia de Alverca do Ribatejo

Alverca do Ribatejo é uma cidade e antiga freguesia portuguesa do concelho de Vila Franca de Xira, com 17,89 km² de área e 31 070 habitantes (2011). A sua densidade populacional era 1 736,7 hab/km².
Foi unida à freguesia de Sobralinho, formando a União das Freguesias de Alverca do Ribatejo e Sobralinho com sede em Alverca do Ribatejo.

Faz fronteira a nordeste com a freguesia do Sobralinho, a noroeste com o Calhandriz, a oeste com Bucelas (no concelho de Loures), a sul com Vialonga e o Forte da Casa, e a leste com o rio Tejo.

Tem por padroeiro São Pedro.

Alverca foi sede de um concelho medieval extinto em 1855. Pertencia às Capelas de D. Afonso IV. Embora se trate de um concelho sem foral, existem três cartas de confirmação: a de D. Pedro I confirmando os privilégios do concelho em 24 de Agosto de 1357; a carta datada de 19 de Abril de 1434, de D. Duarte, confirmando os privilégios e bons costumes e uma outra emitida em 23 de Abril de 1439, onde D. Afonso V confirma à vila de Alverca todos os privilégios, graças e mercês. O pequeno concelho era formado pelas freguesia de Alverca, Sobralinho e Santa Iria de Azóia. Foi elevada a cidade em 9 de Agosto de 1990. Foi a primeira localidade a ser elevada à categoria de cidade sem ser sede de município. Alverca é mais populosa que Vila Franca de Xira. Presentemente, disputa à freguesia de Vila Franca de Xira a posse do mouchão do Lombo do Tejo.

Alverca é chamada de "cidade verde" (devido ao elevado número de espaços verdes e ruas arborizadas). É um grande ponto de passagem a nível ferroviário e automóvel. Os grandes atractivos da cidade são o Museu Municipal - Núcleo de Alverca, o pelourinho manuelino no Largo João Mantas, a Igreja de São Pedro, a antiga Misericórdia e a Igreja dos Pastorinhos, que encerra o segundo maior carrilhão da Europa e o terceiro do mundo. Há a assinalar também o Jardim Álvaro Vidal, algumas vistas sobre o Tejo e a Lezíria raras na Grande Lisboa.

Uma das características de Alverca é a sua ligação à História da Aviação Portuguesa, sendo considerado como o berço da aviação em Portugal. Aí se instalou em 1919 o aeródromo militar e as Oficinas Gerais de Material Aeronáutico. Também foi em Alverca que funcionou o primeiro aeroporto internacional português, denominado Campo Internacional de Aterragem, que serviu Lisboa até à inauguração do Aeroporto da Portela em 1940.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Alverca do Ribatejo [1]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 705 1 664 1 786 1 973 2 386 2 736 3 254 3 323 4 665 7 618 15 192 24 092 24 168 29 086 31 070

Com lugares desta freguesia foi criada pela Lei n.º 119/85 [2] , de 4 de Outubro a freguesia de Sobralinho (3.418 hb.)

Evolução da  População  1864 / 2011; Variação da População  1864 / 2011; Variação da População  1864 / 2011;e fijakbga

Património[editar | editar código-fonte]

Personalidades[editar | editar código-fonte]

Em Alverca residem algumas personalidades tais como:

  • o artista plástico João Parrinha
  • o campeão Carlos Lopes, atleta para-olímpico [invisual] com mais de uma dúzia e meia de medalhas conquistadas para Portugal, no atletismo (meio-fundo);
  • o actor João de Carvalho;
  • Pacheco de Andrade, um dos grandes nomes do jornalismo português, durante décadas Director do vespertino – extinto – 'Diário Popular';
  • a escritora e jornalista Soledade Martinho Costa;
  • os jornalistas João Carlos Moleira [SIC] e Manuel José Madeira [A Capital e A BOLA];
  • o autor do vídeo viral do You Tube «Sporting that used to know», Diogo Sena
  • a animadora de Televisão e jornalista Conceição Lino.

Em Alverca do Ribatejo viveram, até ao seu falecimento:

  • José Álvaro Vidal, o grande empreendedor da obra chamada CEBI
  • Manuel Carola, coreógrafo, letrista, músico e ensaiador. Terra de ciclistas, conta com Américo Silva, vencedor da Volta a Portugal (ao serviço do Benfica), em 1968, que viria ainda a representar a equipa de ciclismo do Futebol Clube de Alverca na primeira metade da década de 70
  • o ciclista Francisco Araújo (morador em Arcena, que foi mecânico, amigo e parceiro de Joaquim Agostinho).

Referências

  1. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  2. Diário da República - https://dre.tretas.org/dre/182097/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]