Amadeu Meireles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Amadeu Meireles
Amadeu Meireles no Teatro Experimental do Porto, em 1953
Nome completo Amadeu José Meireles da Costa
Nascimento 31 de dezembro de 1928
São Nicolau (Porto)
Morte 2 de julho de 2004 (75 anos)
Porto
Nacionalidade Portugal Portuguesa
Ocupação Radialista, Autor, Compositor, Declamador, Actor

Amadeu Meireles (Porto, 31 de Dezembro de 1928Porto, 2 de Julho de 2004) foi um radialista em Portugal.

Foi também autor, compositor, declamador e actor.[1]

Infância e Juventude[editar | editar código-fonte]

Amadeu José Meireles da Costa nasceu no Porto, na freguesia de São Nicolau a 31 de Dezembro de 1928.

Com 21 anos partiu para a vida militar em Coimbra, onde conheceu José Afonso, quando o regime político que dominava Portugal conduzia os estudantes universitários, noite após noite, a realizar constantes debates culturais e tertúlias.

A Rádio e o Teatro[editar | editar código-fonte]

Amigo pessoal de António Pedro, com ele fundou o Teatro Experimental do Porto (TEP) em 1953.[2][3] A 18 de Junho desse ano, Amadeu Meireles participou como actor na estreia do primeiro espectáculo desta companhia no Teatro Sá da Bandeira [4] com a peça A Nau Catrineta,[5] história tradicional adaptada por Egito Gonçalves.[6][7]

A passagem pela representação foi ligeira, pois o seu jeito para ensaiar era mais forte, tornando-se o braço direito do mestre António Pedro. Com talento notável para declamar, participou em muitas tertúlias culturais na Cooperativa do Povo Portuense, um dos seus locais preferidos e onde tinha grandes admiradores.[8]

Em 1963, Monique Solal criou o primeiro e único curso de ballet no Conservatório de Música do Porto e Amadeu Meireles foi o seu metteur en scène.[9] A bailarina Fernanda Canossa, ainda como aluna, fez parte deste curso.

Foi apresentador do programa Festival da autoria do empresário Domingos Parker, exibido no Palácio de Cristal no Porto, onde foram lançadas as cantoras Maria da Fé, Lenita Gentil, entre outros.

As tardes de domingo eram preenchidas na Rádio Emissores do Norte Reunidos [10], onde fazia teatro radiofónico e participava no programa da tarde desportiva.[11]

No final de 1963, tornou-se locutor residente da Rádio Renascença, colega de Olga Cardoso e de Fernando Rocha.[12] Foi autor e locutor de um dos mais conhecidos programas radiofónicos da época, Clube da Juventude, com forte incidência cultural no âmbito da divulgação de literatura e de música ligeira internacional.[13] Nesta emissora, foi também autor e locutor da aplaudida rubrica diária Peço a Palavra, dedicada a personalidades que de algum modo se enalteceram, por acontecimentos de raiz cultural, social ou política, e a acontecimentos dignos de relevo, que muitas vezes passavam despercebidos nas edições dos jornais.[14]

A arte da escrita dos seus textos permitia camuflar a abordagem política, pois o regime da época associado à censura interna de uma estação católica não permitia liberdade de expressão. Com fortes ideologias políticas de esquerda, Amadeu Meireles entrou em confronto com o então director da Rádio Renascença, Arala Pinto, e decidiu deixar aquela emissora, transferindo-se para a Rádio Clube Português, localizada na rua de Ceuta, levando consigo o programa Clube da Juventude e mantendo o nível de audiência.[15]

Escreveu alguns textos satíricos para os Parodiantes de Lisboa, programa de rádio de grande audiência.

Em 1966, fundou, juntamente com Ofélia Diogo Costa, o Círculo Portuense de Ópera.[17]

Pelas décadas de 1960 e 1970 colaborou com Resende Dias [18] e Roger Sarbib [19] como autor de letras para várias composições de música ligeira.[20]

Em 1972, foi convidado, pela RDP - Antena 1 (actual Rádio e Televisão de Portugal) para fazer a locução radiofónica do Festival Eurovisão da Canção em simultâneo com a transmissão televisiva da RTP. Participou como locutor em 1972,[21] 1973,[22] 1975,[23] 1976,[24] 1977 [25] e 1978.[26]

Apesar destas colaborações, na década de 1970 afastou-se progressivamente do activo da rádio para se dedicar ao ramo da química industrial até 1985, como técnico e empresário.

Regressou à rádio em 1986. Entre 1986 e 1990 foi autor e realizador de vários programas na Rádio Placard no Porto, na altura uma rádio cultural, onde também prestava trabalho técnico nos estúdios de gravação e apoio aos novos locutores. Pela sua mão, a Rádio Placard recebia semanalmente o maestro Gunther Arglebe, o arquitecto Jorge Campos Tavares, o físico e professor da Universidade do Porto José Ferreira da Silva, o professor de Educação Física Hernâni Gonçalves, entre outros.

Entre 1991 e 1992 colaborou com a Companhia Seiva Trupe, na peça O Comissário de Policia, de Gervásio Lobato, com encenação de Júlio Cardoso, no Teatro Carlos Alberto.

Em 2000, por doença, isolou-se em Tábua, na Fundação Sarah Beirão. Veio a falecer no Porto, na Prelada, a 2 de Julho de 2004.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Cantor Titulo Letra Música Ano / Editora
De Norte ao Chão Amadeu Meireles Resende Dias 1963 (Single) [27]
Artur Garcia Sombras da Cidade Amadeu Meireles Resende Dias 1964 (Single) Alvorada [28]
Saber Calar Amadeu Meireles Resende Dias 1964 (Single) [29]
Paula Ribas Ao Longe a Vida Ri Amadeu Meireles Roger Sarbib 1964 (Single) [30]
Recado de Amor Amadeu Meireles Resende Dias 1965 (Single) [31]
Maria Pereira A Volta a Portugal 1965

Canção: "Bodas da Terra Morena"

Amadeu Meireles Resende Dias 1965 (EP) Alvorada [32][33]
Aurélio Perry Maré de Amor Amadeu Meireles Resende Dias 1965 (Single) Ofir [34]
Zézinha Pereira Sonho de Estrelas Amadeu Meireles Resende Dias 1965 (Single) Alvorada [35]
Carnaval em Torres Vedras Amadeu Meireles Resende Dias 1966 (Single) [36]
Valério Silva Terceiro Festival Luso Galaico Da Canção Do Minho

Canção: "A Estrada do Amor"

Amadeu Meireles Resende Dias 1967 (EP) Orfeu - Discos Belter [37][38]
Lenita Gentil A Estrada do Amor Amadeu Meireles Resende Dias (Single) Orfeu [39]
António Bompastor Falar de Amor Amadeu Meireles Resende Dias (Single) Discos Rapsódia [40][41]
Banzé Amadeu Meireles Resende Dias (single) [42]
Beijos Não São Saldos Amadeu Meireles Resende Dias (Single) [43]
Canção De Alcanena Amadeu Meireles Resende Dias (Single) [44]
Flores para Maria Amadeu Meireles Resende Dias (Single) [45]
Lembranças de Natal Amadeu Meireles Resende Dias (Single) [46]
Lisboa Verde Rosa Amadeu Meireles Resende Dias (Single) [47]
A Pequena Tabacaria Amadeu Meireles Resende Dias (Single) [48]
Romance Amadeu Meireles Resende Dias (Single) [49]
Os Sonhos Mais Belos Amadeu Meireles Resende Dias (Single) [50]
Tenho um Segredo Amadeu Meireles Resende Dias (Single) [51]
Jú Pereira Virei nas Asas de um Sonho Amadeu Meireles Resende Dias (Single) [52]


Referências

  1. «Radialistas de Portugal». General Books. Consultado em 6 de dezembro de 2013 
  2. «TEP celebra 59 anos (Pág.6)» (PDF). Notícias de Gaia. 29 de junho de 2012. Consultado em 6 de dezembro de 2013 
  3. «TEP comemora 60 anos». Comunicado de Imprensa nº 628. 13 de junho de 2013. Consultado em 18 de dezembro de 2013 
  4. Júlio Gago (18 de junho de 2013). «Mas,depois que as estrelas o chamarem». Comunicado de Imprensa. Consultado em 18 de dezembro de 2013 
  5. Carlos Duarte (21 de junho de 2012). «TEP completou 59 anos de espectáculos». Gaia Extra. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  6. «Teatro Experimental do Porto». Porto Editora-Infopédia. Consultado em 18 de dezembro de 2013 
  7. «TEP 58 anos». Comunicado de Imprensa nº 582. 17 de junho de 2011. Consultado em 18 de dezembro de 2013 
  8. Pedro Vasco Oliveira (1 de fevereiro de 2013). «Solidariedade-Cooperativa do Povo Portuense». Mensário-Solidariedade. Consultado em 18 de dezembro de 2013 
  9. «SPN-Aprender a dançar (pág.30)» (PDF). SPN Informação. Consultado em 18 de dezembro de 2013 
  10. Jorge Silva. «Rádios do Porto-Norte Reunidos». Rádios do Porto. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  11. «Radialistas de Portugal». General Books. 2011. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  12. «Edição Especial-Nº61» (PDF). Museu RTP. 25 de maio de 1965. Consultado em 26 de dezembro de 2013 
  13. «Radialistas de Portugal». General Books. 2011. Consultado em 21 de dezembro de 2013 
  14. Jorge Pedro Sousa. «La contribución de los periodistas de Oporto para la producción del Pensamiento Periodístico Portugués a través de la Gazeta Literária (1952-1971)- Pág.9» (PDF). Universidade Fernando Pessoa e Centro de Investigação Media e Jornalismo. Consultado em 20 de dezembro de 2013  line feed character character in |título= at position 94 (ajuda)
  15. «Radialistas de Portugal». General Books. 2011. Consultado em 21 de dezembro de 2013 
  16. «Os jornalistas do Porto e a Gazeta Literária (1952-1971)». Revista PJ:Br. Novembro de 2011. Consultado em 26 de Novembro de 2013 
  17. Ana Cristina Almeida (maio de 2009). «A Performance da nostalgia» (PDF). Universidade de Aveiro. Consultado em 26 de dezembro de 2013 
  18. «Resende Dias». Consultado em 9 de dezembro de 2013 
  19. Roger Sarbib (1964). «Arquivo de Música Escrita». RTP-Arquivo de Música. Consultado em 11 de dezembro de 2013 
  20. «Valério Silva-3ºFestival Luso Galaico». Discogs. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  21. «Eurovision Song Contest 1972». Wikipedia Reader. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  22. «Eurovision Song Contest 1973». Wikipedia Reader. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  23. «Eurovision Song Contest 1975». Wikipedia Reader. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  24. «Eurovision Song Contest 1976». Wikipedia Reader. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  25. «Eurovision Song Contest 1977». Wikipedia Reader. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  26. «Eurovision Song Contest 1978». Wikipedia Reader. Consultado em 20 de dezembro de 2013 
  27. «Resende Dias-Discografia por canção(De Norte ao Chão)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  28. «Resende Dias-Discografia por canção(Sombras da Cidade)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  29. «Resende Dias-Discografia por canção(Saber Calar)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  30. Roger Sarbib (1964). «Arquivo de Música Escrita». RTP-Arquivo de Música. Consultado em 11 de dezembro de 2013 
  31. «Resende Dias-Discografia por canção(Recado de Amor)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  32. «Maria Pereira e a Volta a Portugal 1965». Guedelhudos IÉ-IÉ. 26 de março de 2012. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  33. «Resende Dias-Discografia por canção(Bodas da Terra Morena)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  34. «Resende Dias-Discografia por canção (Maré de Amor)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  35. «Resende Dias-Discografia por canção(Sonho de Estrelas)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  36. «Resende Dias-Discografia por canção(Carnaval em Torres Vedras)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  37. «Valério Silva ‎– Terceiro Festival Luso Galaico Da Cançåo Do Minho». Discogs. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  38. «Resende Dias-Discografia por canção(A Estrada do Amor)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  39. «Resende Dias-Discografia por interprete(Lenita Gentil)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  40. «Resende Dias-Discografia por canção (Falar de Amor)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  41. «Falar de Amor-António Bompastor (Vídeo)». Maestro Resende Dias. 26 de abril de 2013. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  42. «Resende Dias-Discografia por canção(Banzé)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  43. «Resende Dias-Discografia por canção(Beijos Não São saldos)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  44. «Resende Dias-Discografia por canção(Canção de Alcanena)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  45. «Resende Dias-Discografia por canção(Flores para Maria)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  46. «Resende Dias-Discografia por canção(Lembranças de Natal)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  47. «Resende Dias-Discografia por canção(Lisboa Verde Rosa)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  48. «Resende Dias-Discografia por canção(A Pequena Tabacaria)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  49. «Resende Dias-Discografia por canção(Romance)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  50. «Resende Dias-Discografia por canção(Os Sonhos Mais Belos)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  51. «Resende Dias-Discografia por canção(Tenho um Segredo)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  52. «Resende Dias-Discografia por canção(Virei nas Asas de um Sonhoo)». Maestro Resende Dias. Consultado em 10 de dezembro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]