Amadou Sanogo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Amadou Haya Sanogo (nascido em 1972 ou 1973)[1] é um oficial do exército do Mali que liderou o Golpe de Estado no Mali em 2012.[2]

Também esteve envolvido com a renúncia de Cheick Modibo Diarra.[3] [4] Amadou Sanogo é apelidado de "Bolly" por familiares.[4] [5]

Referências[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Amadou Sanogo
  1. Martin Vogl and Michelle Faul. «Mali Coup: Amadou Sanogo, Coup Leader, Says He Is Firmly In Control». Huffingtonpost.com. Consultado em 2012-03-25. 
  2. David Lewis and Tiemoko Diallo (22 March 2012). «Mali soldiers say seize power after palace attack». Vision.org. Consultado em 2012-03-25. 
  3. http://www.africareview.com/News/Django-Sissoko-named-as-Mali-prime-minister/-/979180/1642254/-/68l2my/-/index.html
  4. a b Callimachi, Rukmini (2012-07-07). «How 1 man derailed 20 years of democracy in Mali». Associated Press [S.l.: s.n.] Consultado em 2012-07-30. 
  5. Daniel, Serge (25 March 2012). «Mali's Amadou Sanogo comes from obscurity to head junta» Agence France-Presse via Google News [S.l.] Consultado em 26 May 2012. 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.