Amanda Acosta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Amanda Acosta
Amanda Acosta (terceira a partir da esquerda) na peça 4 Faces do Amor, em 2016
Informação geral
Nome completo Amanda Netto Acosta
Também conhecido(a) como Amandinha
Dinha
Nascimento 10 de novembro de 1978 (42 anos)
Local de nascimento São Paulo, SP
Brasil
Nacionalidade brasileira
Gênero(s) infantil
ópera
musical
Ocupação(ões)
Instrumento(s) vocal
Período em atividade 1985–presente
Gravadora(s) RCA
Afiliação(ões) Trem da Alegria
Página oficial Sítio oficial

Amanda Netto Acosta (São Paulo, 10 de novembro de 1978) é uma cantora e atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sua carreira começou aos quatro anos de idade cantando no Programa Raul Gil a música Ursinho Pimpão, da banda Turma do Balão Mágico. Daí em diante ela fez muitos comerciais - inclusive posou para foto da caixa da boneca Guigui aos cinco anos e chegou a montar o grupo musical "Amanda e suas netinhas", grupo familiar composto por Amanda, suas irmãs (Paula e Patricia) e duas primas.[carece de fontes?]

Em 1987 fazia parte da turma Dó-Ré-Mi e em 1988 ingressou no grupo Trem da Alegria, criado em 1984 por Michael Sullivan e Paulo Massadas, substituindo Patrícia Marx. Com Amanda, o grupo conquistou cinco discos de ouro e três de platina. Ainda no grupo, fez uma homenagem especial a Xuxa, cantando a música Recado pra Xuxa, além de participar da canção Terra Prometida com Xuxa. No Trem da Alegria, fez sucesso com músicas como Iô-Iô, Pra Ver se Cola, Pula Corda, O Lobisomem, entre outras. Amanda ficou no grupo até sua dissolução em 1992.

Em 1993 atuou na novela O Mapa da Mina da Rede Globo e em 2013 atuou na novela Chiquititas no SBT.[carece de fontes?]

Em 2018, viveu a atriz e cantora Bibi Ferreira, na peça Bibi – Uma Vida em Musical, dirigido por Tadeu Aguiar - espetáculo que foi considerado pela crítica "o melhor musical dos últimos tempos no Rio de Janeiro"[1] e com o qual Amanda ganhou praticamente todos os prêmios de melhor atriz de teatro do ano.[carece de fontes?]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1993 O Mapa da Mina Eva Alcântara
1999–00 Ô... Coitado! Tábata 3ª temporada
2005–06 Clipearte Apresentadora
2009 Unidos do Livramento Conceição
2010–12 Inglês com Música Apresentadora
2013 Chiquititas Letícia 1ª temporada

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1989 A Princesa Xuxa e os Trapalhões Amanda
2008 Pelo Ouvido Keyt
2012 E a Vida Continua... Evelina

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1998 No Reino das Águas Claras Narizinho
2003–05 O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá
2007–08 My Fair Lady Eliza Doolittle
2009 Esta É a Nossa Canção Sonia Waslk[2]
2012 O Incrível Dr. Green
2015 O Primeiro Musical a Gente Nunca Esquece[3]
2016 4 Faces do Amor[4]
2018 Bibi - Uma Vida em Musical[1] Bibi Ferreira
Carmen, a Grande Pequena Notável Carmen Miranda
2019 As Cangaceiras, Guerreiras do Sertão[5]

Referências

  1. a b «Crítica: Bibi – Uma Vida em Musical». Teatro em Cena. 10 de janeiro de 2018 
  2. O Globo - Crítica de Barbara Heliodora e vídeo do espetáculo - Esta é a nossa canção visitado em 11 de abril de 2009.
  3. «Vem aí 'O Primeiro Musical a Gente Nunca Esquece' – Cena Musical». www.cenamusical.com.br. Consultado em 18 de fevereiro de 2018 
  4. Brasil, Ubiratan (20 de maio de 2016). «Em '4 Faces do Amor, o Musical', a paixão é revelada em todas suas variantes». O Estado de S. Paulo. Consultado em 10 de julho de 2016 
  5. «Centro Cultural Fiesp - As Cangaceiras, Guerreiras do Sertão». Centro Cultural Fiesp. Consultado em 31 de agosto de 2020 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Amanda Acosta

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.