Amante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Madame de Pompadour, amante de Luís XV de França, cerca 1750

Amante é a denominação dada ao homem ou à mulher que mantém um relacionamento duradouro com uma pessoa casada com uma terceira. Tal relação é geralmente estável e semipermanente, entretanto, o casal não vive abertamente junto, pois o relacionamento é imoral. Ademais, o relacionamento é frequentemente, mas não sempre, secreto. E pode haver a implicação de o/a amante ser mantido/a (manteúdo/a) financeiramente pelo parceiro/a. Geralmente, a mulher vive numa casa sustentada pelo homem.

Definição[editar | editar código-fonte]

Historicamente, o termo denotado era "uma mulher mantida", que tinha a vida mantida por um homem rico para satisfazer o seu prazer sexual. Essa mulher podia ter vários papéis como uma amante ou uma cortesã, dependendo da situação e do ambiente. Hoje o termo "amante" é usado principalmente para referir-se ao amante do sexo feminino de um homem que é casado com outra mulher; no caso de um homem solteiro, é comum falar "namorada" ou "parceiro". Historicamente, um homem sustentava uma amante. Como o termo indica, ele era responsável por sidas e a tratava da mesma forma da esposa, apesar de que não era obrigatório.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre sexo ou sexualidade é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.