Amazon Game Studios

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Amazon Game Studios
Amazon Game Studios Logo.svg
Divisão
Fundação 7 de Agosto de 2012
Sede Seattle, Washington, EUA
Proprietário(s) Amazon
Pessoas-chave Christoph Hartman (vice-presidente)
Divisões Amazon Game Studios Seattle
Amazon Game Studios San Diego
Amazon Game Studios Orange County
Website oficial amazongames.com

Amazon Game Studios é um estúdio de desenvolvedor de jogos eletrônicos, pertencente à Amazon.com, possui escritórios em San Diego,[1] Seattle,[2] e Condado de Orange.[3]A Amazon anunciou que criaria jogos eletrônicos em 2014.[4] A Amazon recrutou Kim Swift (desenvolvedora do jogo Portal) e desenvolvedores que trabalharam anteriormente em Far Cry 2 e System Shock 2. Os planos da Amazon no mercado de jogos eletrônicos, seria fazer entre os padrões da indústria, com pequenas e grandes equipes, produzir jogos casuais e jogos de alta qualidade, respectivamente. A metodologia de produção seria por, equipes de cinco a trinta pessoas que iriam trabalhar em projetos entre um ano e 18 meses com foco em "criatividade" e "excelência", para qualquer estilo de jogo. O vice-presidente Mike Frazzini queria fazer projetos como Minecraft, The Walking Dead, e The Room. A Amazon também queria que os desenvolvedores trabalhassem com seus hardwares, serviços em nuvem e dispositivos da marca. Por exemplo, os desenvolvedores podem descarregar o processamento nos serviços em nuvem da Amazon e a Amazon Fire TV expandiu a memória como resultado do feedback dos desenvolvedores.[5] Alguns dos colaboradores da companhia deixaram a empresa dentro de um ano, após a fundação da mesma. O Amazon Game Studios passou a publicar uma série de títulos móveis, incluindo o jogo de terror Lost Within.[6]

Dois anos depois do anúncio inicial do estúdio, na TwitchCon de setembro de 2016, foi revelado seus primeiros jogos para PC: Breakaway, Crucible, e New World.[4][7] Breakaway é um jogo de equipe, estilo briga de rua, em que duas equipes de quatro lutam para levar uma bola à base de seus oponentes. Ele é projetado para integração com o Twitch, serviço de streaming adquirido pela Amazon em 2014.[4] Crucible é um jogo de 12 jogadores, baseado em classe, onde os jogadores formam alianças para se tornar o último vencedor, um jogador adicional comandará o jogo, permitindo que os espectadores interajam com os elementos e desencadeiem eventos no jogo.[7] New World é um jogo MMO em mundo aberto com um tema sobrenatural na América colonial. Os jogadores podem formar assentamentos, lutar uns contra os outros, ou lutar contra monstros do mundo.[7] Os três jogos não têm data de lançamento definida.[8]

Jogos[editar | editar código-fonte]

Ano Título Desenvolvedora Plataforma
2010 Airport Mania: First Flight Reflexive Entertainment
South Wind Games
Amazon Appstore
2011 Airport Mania 2: Wild Trips
2012 Air Patriots[9] Reflexive Entertainment
Simplz: Zoo
Lucky's Escape
Living Classics[10] Amazon Game Studios Facebook
2014 To-Fu Fury[11] Amazon Appstore, iOS App Store
Tales From Deep Space[12] Amazon Appstore
Sev Zero[13] Amazon Appstore, Google Play, iOS App Store[13]
2015 Lost Within[14] Amazon Appstore, iOS App Store[14]
Til Morning's Light[15] Amazon Game Studios
WayForward[15]
Amazon Appstore
2018 Dragon's Lair[16] Amazon Game Studios Seattle Twitch Extension
2019 The Grand Tour Game Amazon Game Studios Seattle[17] PlayStation 4, Xbox One
2021 New World Amazon Games Orange County, Relentless Studios, Cloud 9 Games[18] Windows
Cancelado
Cancelado Nova[19] Amazon Game Studios
Cancelado Intensity[19]
Cancelado Breakaway Amazon Game Studios Orange County, Cloud 9 Games[20]
Cancelado Crucible Relentless Studios, Cloud 9 Games[21] Windows
Cancelado Lord of the Rings MMO[22] Cloud 9 Games

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Amazon hires John Smedley to lead new San Diego studio». gamesindustry.biz (em inglês) 
  2. «Louis Castle joins Amazon to head Crucible team». Polygon (em inglês) 
  3. «Amazon opens new game studio led by EverQuest creator John Smedley». Polygon (em inglês) 
  4. a b c Furniss, Zack (2 de outubro de 2016). «Is Breakaway Appealing To More Than Streamers?». Rock, Paper, Shotgun (em inglês). Consultado em 17 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 17 de dezembro de 2016 
  5. Lien, Tracey (7 de abril de 2014). «How Amazon Game Studios convinced developers to join its team». Polygon (em inglês). Consultado em 17 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 17 de dezembro de 2016 
  6. Makuch, Eddie. «Amazon's Gaming Division Loses Three Key Figures». GameSpot (em inglês). Consultado em 18 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 18 de dezembro de 2016 
  7. a b c O'Connor, Alice (30 de setembro de 2016). «Amazon Game Studios Announce Three Games». Rock, Paper, Shotgun (em inglês). Consultado em 17 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 17 de dezembro de 2016 
  8. Williams, Mike. «Amazon Game Studios Bet on Twitch For First Three Games». USgamer (em inglês). Consultado em 18 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 18 de dezembro de 2016 
  9. «Amazon launches its first mobile game, 'Air Patriots,' for iOS and Android». The Verse (em inglês). 12 de novembro de 2012 
  10. «Amazon Takes On Zynga, Releases First Social Game Living Classics». TechCrunch (em inglês). 6 de agosto de 2012 
  11. «Amazon Game Studios' First Fire Phone Games, To-Fu Fury And Saber's Edge, Demonstrate Bad Cases Of Kinect Syndrome». Android Police (em inglês). 21 de julho de 2014 
  12. «Amazon Game Studios' 'Tales From Deep Space' Blasts Off Towards A Fire Device Near You». Android Police (em inglês). 19 de novembro de 2014 
  13. a b «Amazon Games Studios Launches Its First Gaming App On iTunes». TechCrunch (em inglês). 4 de setembro de 2014 
  14. a b «Amazon Game Studios launches new survival-horror game Lost Within on Fire and iOS devices». VentureBeat (em inglês). 16 de abril de 2015 
  15. a b «Amazon Game Studios Releases 'Til Morning's Light' An Adventure Game With Puzzles And Monsters Galore». Android Police (em inglês). 20 de maio de 2015 
  16. «New Extension Experiences Launching at TwitchCon». Twitch (em inglês). 26 de outubro de 2018 
  17. «Amazon Game Studios Announces The Grand Tour Game». Yahoo (em inglês). 22 de agosto de 2018 
  18. «Hands-on with Amazon's MMO New World, where hundreds of players war over a supernatural continent». PC Gamer (em inglês). 30 de agosto de 2018 
  19. a b «Amazon Can Make Just About Anything—Except a Good Video Game». Bloomberg.com (em inglês). 20 de janeiro de 2021. Consultado em 30 de janeiro de 2021 
  20. «Amazon reveals 'Breakaway,' a streamer-friendly MOBA built with Twitch integration». Yahoo (em inglês). 1 de outubro de 2016 
  21. «Louis Castle joins Amazon to head Crucible team». Polygon. 9 de março de 2017 
  22. Lyons, Kim (17 de abril de 2021). «Amazon has canceled its Lord of the Rings MMO game» (em inglês) 
Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.