Ambiamor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambiamorous Pride Flag.png

Ambiamor é a capacidade de vivenciar ou curtir ambos relacionamentos monogâmicos e poliamorosos.[1][2][3]

A ambiamoria pode ser considerada uma forma de não monogamia, pois não depende estritamente da monogamia. Ambiamor não pode ser confundida com a bigamia, pois essa é uma poligamia, os termos podem ser parecidos por usarem a raiz -bi-, mas note que ambi- vem de ambivalência e ambiguidade.[4]

Este não é um tipo de relacionamento, mas sim um sentimento específico que alguém pode ter em relação aos relacionamentos.  Uma pessoa ambiamorosa pode ter apenas um parceiro ou vários. No caso de ter vários parceiros, é necessário o consentimento de todos os indivíduos envolvidos. Todos têm que estar cientes de que seu parceiro tem outros parceiros, e eles também têm que expressar que estão bem com isso, caso contrário, é simplesmente traição.

Ambiamor pode se aplicar a parcerias sexuais, românticas, (quasi)platônicas, etc., não se restringindo somente a romanticidade.


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Reasons Why 5 Ambiamorous People Are Functionally Monogamous...At Least For Now». Poly.Land (em inglês). 10 de julho de 2018. Consultado em 3 de dezembro de 2020 
  2. Zane, Zachary. «Being in a Polyamorous Relationship Prepared Me for Monogamy». Allure (em inglês). Consultado em 3 de dezembro de 2020 
  3. «You've Heard of Polyamory, but What About Ambiamory?». Kinkly.com (em inglês). Consultado em 3 de dezembro de 2020 
  4. Rada, Sara. «Hemos oído hablar del Poliamor, pero ¿qué pasa con el Ambiamor?». MUNDIARIO (em espanhol). Consultado em 6 de dezembro de 2020