Amburana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaAmburana
Amburana cearensis na Argentina

Amburana cearensis na Argentina
Estado de conservação
Status iucn3.1 EN pt.svg
Em perigo
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Fabales
Família: Fabaceae
Subfamília: Faboideae
Género: Amburana
Espécies
Ver texto

Amburana Schwacke & Taub. é um género de árvores brasileiras da família das fabáceas, sub-família Faboideae, conhecida popularmente como cumaru-do-ceará, cumaru-das-caatingas, imburana-de-cheiro (distinguindo-se da imburana-de-cambão), umburana e cerejeira. É conhecida por seu valor medicinal. A madeira dessas árvores é considerada nobre e é muito usada na produção de móveis finos. [1]

Entre as espécies mais conhecidas do gênero, contam-se:

A superexploração e a degradação dos ecossistemas fez com que não existam mais espécimes de grande porte desta árvore, que está classificada como em perigo pela União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais. [2]

Uso medicinal[editar | editar código-fonte]

Segundo a tradição popular do Norte e Nordeste do Brasil é uma planta aromática balsâmica com efeitos no aparelho respiratório (peitoral) similar a Imburana de Cambão (Commiphora leptophloeos). [3] [4] Em recente revisão bibliográfica Almeida (2010) registrou suas indicações como broncodilatador, analgésico, antiinflamatório e antireumático assinalando que este uso é referendado pela presença de compostos como cumarinas, flavonóides e glicosídeos fenólicos na sua constituição.[5]

Em recentes pesquisas constatou-se que o extrato aquoso das sementes de Amburana cearensis apresentou efeito antiedematogênico e potencial uso como anti-inflamatório, contudo, segundo esta mesma pesquisa, sua utilização requer cuidados por também apresentar efeitos tóxicos[6] Os referidos efeitos anti-inflamatórios podem ser explicados, pelo menos em parte segundo Leal et al (2009), pela ação de compostos específicos da planta capazes de induzir a inibição de mediadores inflamatórios (TNF-α, histamina, serotonina e prostaglandina E2) reduzindo a desgranulação de neutrófilos e a actividade de mieloperoxidase [7]

Referências

  1. Harri Lorenzi, Árvores Brasileiras, vol. 1, Instituto Plantarum
  2. IUCN Red List
  3. Menezes, A, Inácio, Flora da Bahia. RJ: Companhia Editora Nacional (Brasiliana v. 264), 1949 Brasilia on-line Ace. out. 2015
  4. Balbach, Alfons . A Flora Naciona na medicina doméstica, SP, Edições “A edificação do lar” 2 v VII 1967
  5. ALMEIDA, J. R. G. S. et al. Amburana cearensis – uma revisão química e farmacológica. Scientia Plena, v. 6, n. 11, 2010. [https://ri.ufs.br/bitstream/123456789/587/1/AmburanaCearensisRevisao.pdf PDF Aces. out. 2015
  6. LIMA, L.R. et al . Avaliação da atividade antiedematogênica, antimicrobiana e mutagênica das sementes de Amburana cearensis (A. C. Smith) (Imburana-de-cheiro). Rev. bras. plantas med., Botucatu , v. 15, n. 3, p. 415-422, 2013 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-05722013000300015&lng=en&nrm=iso>. access on 20 Oct. 2015. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-05722013000300015.
  7. Leal, L. K. A. M., Canuto, K. M., Da Silva Costa, K. C., Nobre-Júnior, H. V., Vasconcelos, S. M., Silveira, E. R., Ferreira, M. V. P., Fontenele, J. B., Andrade, G. M. and De Barros Viana, G. S. (2009), Effects of Amburoside A and Isokaempferide, Polyphenols from Amburana cearensis, on Rodent Inflammatory Processes and Myeloperoxidase Activity in Human Neutrophils. Basic & Clinical Pharmacology & Toxicology, 104: 198–205. doi: 10.1111/j.1742-7843.2008.00329.x Abstract Aces. out. 2015

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Amburana
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Amburana


Ícone de esboço Este artigo sobre leguminosas (família Fabaceae), integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.