Amelia Voght

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Amelia Voght
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Uncanny X-Men #300
(Maio de 1993)
Criado por Scott Lobdell
John Romita, Jr.
Características do personagem
Alter ego Amelica C. Voght
Espécie Humano Mutante
Terra natal Estados Unidos
Afiliações =s 198
Acólitos
Ocupação Subversiva, enfermeira formada
Base de operações Instituto Xavier
Habilidades Sublimação;
Atmidokinesis;
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Amelia Voght é uma personagem do Universo Marvel, associada com os X-Men. Criada por Scott Lobdell e por John Romita Jr., apareceu primeiramente em Uncanny X-Men #300 (maio 1993). Amelia é uma dos 198 mutantes que não perderam seus poderes após o Dia-M.

História[editar | editar código-fonte]

Amelia era uma enfermeira e mutante que cuidava de Charles Xavier, depois que este perdeu o movimento de suas pernas.

Parada no Tibete, Amelia estava contente ao ver um outro americano. Com sua atitude positiva e amigável ela ajudou Charles a se curar de sua depressão resultada pela perda dos movimentos da perna. No início os dois tinham apenas um relacionamento profissional, mas logo foram desenvolvendo uma certa paixão. Eles deixaram o Tibete juntos e foram para os Estados Unidos.

Xavier, que também é mutante, já havia encontrado Magneto e o Rei das Sombras, ele estava desenvolvendo uma máquina chamada Cérebro para rastrear mutantes, na esperança de protege-los e educá-los, para que não se transformassem em uma ameaça. Amelia achou os planos de Xavier e pensou que Charles estava criando aquela "máquina" para caçar e exterminar os mutantes. Amelia mostrou os seus poderes e atacou Charles, mas ele conseguiu pará-la usando os seus próprios poderes. Este acontecimento tornou o seu relacionamento ainda mais forte, mas ao longo do tempo, ambos desenvolveram diferentes posições diante da interação entre humanos e mutantes. Charles queria a parceria entre humanos e mutantes enquanto Amelia achava melhor que os mutantes se escondessem no subsolo. Quando Charles trouxe Scott Summers para treinar na sua mansão, Amelia o deixou, dizendo que seus planos de criar o X-Men condenariam os mutantes. Xavier usou telepatia para convencê-la, mas parou quando notou que Amelia não voltaria. Sentindo-se traída, deixou Xavier.

Ela manteve-se escondida durante os próximos anos, até que as relações entre humanos e mutantes se deteriorassem ainda mais. Ela se uniu com os Acólitos, seguidores de Magneto. Por ser um dos mutantes mais velhos e mais experientes, foi lhe dado um cargo de superioridade no grupo, mesmo que ela não concordasse com alguma das políticas radicais dos Acólitos, como a matança de seres humanos. Ao longo dos anos, ela apoiou os Acólitos e Magneto, mas ela também tentou limitar as vítimas e deu uma ajuda limitada aos X-Men e outros super-heróis como o filho de Magneto, Mercúrio que se opuseram a eles.

Na verdade, ela tentou sair do Acólitos inúmeras vezes. Fabian Cortez tentou causar uma amnésia em Magneto. Com a ajuda de Amelia, Cortez foi derrotado e Magneto não voltou a ser mau. Com esse acontecimento Amelia cortou totalmente os seus laços com os Acólitos. Agora ela poderia decidir se continuava ou não nos Acólitos.

Ela estava presente em Genosha quando o ataque mortal dos Sentinelas foi liberado por Cassandra Nova.

Amelia foi um dos mutantes a continuar com seus poderes após o Dia-M.

Após Bishop acidentalmente atirar na cabeça de Charles Xavier enquanto tentava atirar em Cable. Amelia trabalhou firme com Exodus e o resto dos Acólitos para curar a seriamente danificada mente de Xavier.

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

Sublimação: Amelia Voght tem o poder de sublimação, permitindo-lhe converter matéria em vapor à vontade. Névoa também é uma das formas que Amelia pode tomar, após seus outros poderes se manifestarem, e ela é capaz de transformar a si mesma e qualquer objeto ou pessoa no seu campo de visão nesse estado. É praticamente impossível manter alguma coisa transformada em néova durante o tempo todo, ela usa a maioria das vezes esse poder para evitar lesões.

Atmidokinesis: Ela pode controlar o fluxo do vapor através do ar, permitindo que ela voe, esprema-se através de passagens apertadas, ou mova objetos sobre ela, poderia puxar uma pessoa no meio de uma multidão revoltada através da dispersão, ou roubar armas dos adversários vaporizando-as em suas mãos e trazendo-as a si própria. A névoa de Voght também pode ser transportada através do plano astral, permitindo-lhe empregar seus poderes de teletransporte de longo alcance. Ela é capaz de transportar a si e qualquer outra coisa que ela tenha sublimado através da superfície do globo em um instante, ou na órbita ao redor do planeta. Ela pode se teletransportar com carga, ou enviar objetos para uma nova localização dentro destes, pode se teletransportar para o locar desde que consiga visualizar o local em sua mente. Em certas ocasiões, Voght demonstra a capacidade de reunir pessoas distantes do teletransporte para perto de si, visualizando onde a pessoa está no momento, vê-las convertida em névoa e em seguida, trazer essa névoa em sua presença para ser reformada.

Nível de Força[editar | editar código-fonte]

Amelia tem a força de uma fêmea humana normal baseada em exercícios regulares.

Transporte[editar | editar código-fonte]

"Sublimação", e vários veículos dos Acólitos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]